O juiz Nélson Tenório, que preside o Funjuris – Fundo Especial de Modernização do Poder Judiciário – discutiu hoje com os procuradores de Estado Eduardo Valença e Roberto Mendes a necessidade de se apurar responsabilidades pela situação do Fórum de Maceió, fechado desde o ano passado. O magistrado afirmou que esta “é uma medida necessária para que se possa tomar providências cabíveis, pois só entregaremos o prédio em perfeitas condições de funcionamento”. Na avaliação técnica, foram identificados problemas “até na estrutura de sustentação do prédio”, o que inviabiliza o seu funcionamento. O engenheiro do Tribunal de Justiça, André Malta, deve entregar o laudo final sobre a situação da obra, no dia 3 de abril. O Fórum de Maceió foi inaugurado na gestão do desembargador Jairon Maia Fernandes, já aposentado. 

Só na carne dos outros
Setor imobiliário reduziu mais da metade dos lançamentos de 2009
  • eduardo

    Desde quando o TJ vai fundo nessas sindicâncias, principalmente quando pode atingir sua própria “carne”? E mesmo que chegue a um resultado, pelo tempo da construção, pelo tempo médio de um processo penal ou cível, essa estória de apuração é para inglês ver.

  • A Brandão

    A construção saiu errada porque tem muita “FANTA” nas fundações !!!!

  • PEDRO

    Meu caro, “ISSO É UMA VERGONHA” faz-se obras de terceira categoria com dinheiro público e fica por isso mesmo. Garanhuns é uma cidade do interior de Pernambuco e tem um Fôrum de meter inveja a Justiça de Maceió!!!!

  • ESTUDANTE DE DIREITO

    DEVERIA AOURA TUDO INCLUSIVE SE OCORREU DESVIO DE DINHEIRO NA CONSTRUÇÃO, COM PAGAMENTO SUPERFATURADO, AS CONVERSAS DE “PÉ DE OUVIDO” SÃO DE ARREPIAR

  • Antonio

    E por que não divulga o resultado do inquérito e/ou apuração administrativa que investigou o sumiço de 1 milhão do TJ ??? lembra não??? pois eu lembro…tinha até desembargador envolvido…E um projeto de pastor… Cadê o dinheiro????

  • Fernando Amorim

    … digo DEZEMBARGADOR. Se as envestigações forem realmente SÉRIAS, fatalmente, chegarão ao nome do RATO.

  • João

    Basta ver se houve mudança no padrão de vida de quem do TJ “cuidava” ou tinha influência na obra.Em Alagoas tudo se sabe…

  • Atento

    Mas como é que vai ter apuração ou denúncia se todos tem o rabo preso. O Des. Sapucaia já se aposentou. Era o único q teria coragem. è só investigar a fortuna q esses senhores acumulam. Bota a PF no bolo pra ver s não resolve.

  • SOLON LEVI

    Esta noticia é uma PIADA de mal gosto para os alagoanos, se bem que quem elege os senadores que tem não pode reclamar muito não!!!!!

  • Juiz invocado

    Procurem saber quem era o presidente do tribunal na época e responsabilizem-no junto com a construtora. Só isso será suficiente.

  • Abimael

    Desde a sua inauguração o fórum de Maceió não presta. Todos – incluindo juízes e desembargadores – já sabiam disso, mas foram coniventes. Deveria sair do bolso deles a reforma, pois é nosso dinheiro que está lá sendo desperdiçado.

  • Angelica

    Esse FUNJURIS tem q ser investigado a fundo.Muito dinheiro q deveria esta na conta unica do estado sendo investido na area de segurança,saude,etc.alem desta obra tem o sumisso de 1000.000 q foi abafado.A turma do T.J e seus agregados(juizes)tem bens q nao comativeis com seus rendimentos.Q ESTADO?

  • Eduardo

    O Dr. Nelson investigar? Gostei da piada.

  • Servidor Municipal

    Ricardo, Com a extinção da SOMURB, E A CRIAÇÃO DA seminfra,aconteceu algo que passou desapercebido da maioria. Foram criados 10 cargos equivalentes ao de Superintendente. Esses têm salários de Superintendente. Foi uma grande economia para o erário, trocou-se um, por dez, uma vergonha.

  • zé do caixão

    ” E se gritar pega ladrão não fica um meu irmão, se gritar pega ladrão não fica um…

  • José Carlos Remígio

    RICARDO MOTA!!!!! ISSO É OBRA DO MANSO, NÃO FOSSE ELE ESTAVA TUDO PARADÃO VICE. ESSE RICHARD MANSO É “CALO” NOS PÉS DE MUITOS. É PENTELHO. SE EU FOSSE Ele ia cuIDAR DA VIDA Dele e dEIxava isso pra lá. alagoas não muda.

  • jose heliton vasconcelos

    Não precisa nem comentar o absurdo da roubalheira que foi a construção do Forum de Maceió. Um assalto desde a compra do terreno, a construtora que “venceu” a licitação, materiais de qualidade inferior e muita gente com dinheiro do povo no bolso. Mais uma vez !

  • j carlos

    pra que investigar se no final não dá em nada, é lamentavel.

  • carlos

    Duvido,a assembleia e o poder judicíário abrir mão de um centavo de seus orçamentos pelo contrário vão querer é mais.Aassembleia vai alegar 2009 é mesmo de 2008 e o judiciário nen que a vaca torça o rabo dez vezes p/ o planeta vermelho.

  • Cidadão Indignado

    QUEM INVESTIGAR, QUEM? A BRAVURA E A PROBIDADE DE ALGUNS HOJE É SÓ POR CAUSA DA ONDA TATURÂNICA, PQ SE FOR MESMO INVESTIGAR, MUITOS NÃO RESISTEM, INCLUSIVE QUEM PARECE MAIS INDIGNADO OU INDIGNADA, QUEM SABE?