Acaba exatamente numa sexta-feira, 13 de fevereiro, o prazo para o governador Téo Vilela definir quem será o novo desembargador do TJ. O governador está usando o prazo constitucional que lhe é garantido para exercitar sua paciência e, principalmente, a alheia. Não deixa de ser uma atitude política inteligente: neste ínterim, motivado pela angústia, cada candidato tende a revelar com mais nitidez suas companhias e caminhos que pretende trilhar. Até porque a escolha do futuro integrante do Tribunal de Justiça é política, não se analisando no caso a formação técnica de cada um dos postulantes ao cargo. Quem está com quem? Se dependesse do “coração”, o governador escolheria Eloína Braz e ponto final. Ela ainda conta com o apoio público da presidenta do TJ, desembargadora Elizabeth Carvalho – que já ligou pessoalmente para Vilela dizendo o que todos já sabiam. Somam-se a ela Solange Jurema e grupos organizados de mulheres de carreira jurídica. Tutmés Ayran, por sua vez, o escolhido de alguns secretários estaduais, continua tendo como principal cacife a magnífica votação que obteve entre os advogados nas urnas, as manifestações dos setores mais progressistas, organizados ou não, e só. Aqui cabe uma observação: o Palácio do Planalto, apesar das informações insistentes dos bastidores, não pediu a vaga para o combativo advogado. Se pedir, leva – mas não será o disse-me-disse, ou a fantasia, que vai fazer o governador optar por Tutmés. Nada de pedido de Gilberto Carvalho (secretário de Lula); nada de telefonema da ministra Dilma Roussef; nem tampouco apelo de Lula. Tudo isso, informação corrente, foi obra de ficção de quem, querendo ajudar o ex-secretário de Justiça, terminou por prejudicá-lo, levando-o à inação numa área essencial. E quanto a Adelmo Cabral? Bem, eu aprendi a não a confundir advogado com seus clientes, mas, neste instante, Cabral tem sobre ele a sombra dos Taturanas. Tem sido o defensor profissional mais evidente dos deputados estaduais mais odiados da história de Alagoas. É o preço, inevitavelmente, que ele sabe ter de pagar pela sua atuação voluntária como operador do Direito. Mesmo o apoio de Renan Calheiros, da bancada federal de Alagoas e de boa parte da Assembléia; mesmo toda essa força política não o transforma em favorito. Mas não nos esqueçamos: a escolha é da atual “esfinge” que habita o Palácio República dos Palmares. Mais: ela pode ser feita numa sexta-feira 13. A superstição, se para tantos (e eu me incluo) nada representa, para Vilela é prenúncio de calafrios. Acredito que até o final desta semana teremos a “novidade”.

TJ já recebeu recurso contra segunda liminar de Gustavo Lima
Em férias
  • Ricardo

    E ele voltou, agora pra fica, pois aqui é o teu lugar. Parabéns pela excelente matéria.

  • Mauricio

    Caro Ricardo, Seja bem vindo das merecidas ferias, quero fazer uma denúncia, e gostaria que se possível colocasse no seu blog, moro em Boca da Mata, e estamos sem promotor, so temos um substituto que vem um dia por semana, soube por colegas que nao há concurso fazem 15 anos.

  • Mauricio

    Continuando o email anterior, sabemos que uma comarca sem promotor, é a mesma coisa que deixar a raposa(prefeito) tomar conta do galinheiro, tinhamos um promotor atuante, so que o mesmo pediu remoçao, e ficamos a toa, acho que tem no minimo 30 comarcas sem promotor, é o apelo te faço. Denuncie.

  • croom

    Que as férias merecidas e tiradas tenham dado a você descanso necessário para no decorrer desse ano, nos deixe informados dos bastidores de Alagoas.

  • Sylvio De Bonis Almeida Simões

    Desejo-lhe um feliz regresso. Bom para nós! Quanto à escolha, que a “esfinge” se ilumine pelo melhor voto para Alagoas e para o povo alagoano.

  • Ricardo

    Feliz com vosso retorno!

  • Meu nome é ninguém

    voltou deixando aroma até em seus espinhos, e ao longe, o vento continua falando dele..rsrs..abraço!!

  • Hagá

    O Professor Tutmés Airan seria uma escolha apta a demonstrar capacidade de GESTÃO ADMINISTRATIVA em Alagoas, um estado tão parco de recursos. Sinalizaria muito bem diante dos demais Estados e do Governo Federal. Professor Universitário, como era Dr. Tourinho, no cargo em questão.

  • Moraes Júnior

    Bem-vindo, Ricardo! Para quem escolheu Cícero Amélio para o TCE e Sapucaia (noutro extremo) para o Detran, cada eleição que dependa da decisão final do governador será sempre uma incógnita e um sobressalto para nós alagoanos.

  • Frederico Farias

    Bem vindo ao batente….mais uma vez.

  • lucas calheiros

    Ricardo, o povo alagoano estava com saudades de você. Quanto à escolha do novo Desembargador devo dizer, realmente será uma escolha política. Mas a pergunta é: que tipo de política? Se democrática e/ou horizontal Tutmés é o nome; se escusa e inconfessável Adelmo; se ilegítima, Eloína.

  • Poeta

    Eu acho que na escolha do novo(a) Desembargador(a), o Governador deveria decidir com o coração, já que é com ele, (com o coração) que fazemos as melhores escolhas!!!

  • marcelo

    Que bom sua volta! Quantos aos três, qualquer um dos dois, menos o Adelmo Cabral.

  • AAraujosilva

    Voltaste em grande estilo, meu caro Ricardo; isso é muito bom, temos voz e vez … Quanto a “esfinge”, nada tem a perguntar: ou tira na porrinha ou escolhe à moda da casa (tucanamente, pra servir a deus e ao diabo …)

  • Ronaldo Amorim

    Não sou advogado nem trabalho em atividade jurídica, mas rezo para que o Governador escolha o professor Tutmés para assumir a vaga de Desembargador. Ele sim, é o único legitimado para tanto. Democracia, esse é o tom!!!

  • coxinha

    Oi moço, seja bem-vindo das ferias … Estava muito ansioso pela sua voltar e seu blog agora atualizado..!

  • Arísia Barros

    Caro Ricardo, Seus escritos revestidos da costumaz inteligência eivados da crítica contundente e socialmente mobilizadora fizeram falta.Seja bem vindo a este lugar que realmente te pertence.Abraços,

  • Luiz

    Votei em Tutmés e espero que o Governador o escolha. Alagoas precisa de magistrados defensores do bom direito e comprometidos com as causas sociais.

  • FERNANDO

    EM 1º LUGAR HÀ DE SE ESCLARECER QUE A VAGA DE DESEMBARGADOR É DO QUINTO CONSTITUCIONAL OU SEJA: DOS ADVOGADOS, E ELES JÁ ESCOLHERAM POR ESMAGADORA MAIORIA, O MELHOR DE TODOS: TUTMÉS AYRAN. ELE TEM O MELHOR CURRÍCULO,E É INCONTESTÁVELMENTE O MAIS PREPARADO PARA O CARGO.

  • ESCOLHA INFELIZ

    A escolha dos advogados deve ser respeitada (Tutmés)ou a 2a.opção (Eloína). O Governador não deve premiar quem defende as falcatruas dos deputados parasitas, evitando que ele tenha a mesma conduta ao trocar a beca pela toga.(Adelmo).

  • Antonio Batista

    Olá Ricardo, Tomara que a decisão não se prolongue tanto e que a escolha do governador seja a mesma dos 1335 advogados que confiaram em Tutmés Airan.

  • SUSANA

    COMO DIZ NA MATÉRIA, TUTMÉS AYRAN TEVE MAGNÍFICA VOTAÇÃO. OS OUTROS DOIS POSTULANTES AO CARGO, SOMADOS SEUS VOTOS, NÃO ALCANÇAM TUTMÉS. PARTINDO DO PRINCÍPIO QUE A VAGA À DESEMBARGADOR É DOS ADVOGADOS FICA CLARO PERCEBER QUE ELES JÁ ESCOLHERAM E CABE AO SR. TEO SÓMENTE RATIFICAR.

  • ana

    Ouuuuuuu Ricardo, que bom que voce voltou, nao so pra esta coluna como para o jornal da noite na TV, já nao suportava mais assisti-lo sem voce e seus comentarios. Outra coisa, voce sabia que o tal censo e sua praticidade e eficiencia é só uma balela ?só propaganda.

  • francisco amorim

    Todos os três candidatos a desembargador são bons, mas por sua experiência jurídica e vivência na lide, o Adelmo “Socó” é o melhor!

  • ana

    Cont. Cada atendente da Central da Segesp sob o numero 08002842223, que responda a mesma dúvida de forma diferente, faltou preparar as pessoas para o inicio da operacao, e agora surge a versao de que nós pobres mortais só poderemos nos recadastrar após sua Excia.o Governador.

  • Raphael

    O que deveria valer para a escolha não deveria ser o cacife político do candidato, mas a qualidade e a moralidade dele. Não tenhos dúvida que Tutmés preenche esses requisitos.

  • advogado

    ALÉM DE TER O MELHOR CURRÍCULO E SER O MAIS VOTADO PELA ESMAGADORA MAIORIA DA CATEGORIA DOS ADVOGADOS, TUTMÉS AYRAN É O MAIS PREPARADO PARA O CARGO DE DESEMBARGADOR, NÃO DEVERIA HAVER JOGO POLÍTICO E SIM RESPEITAR A VONTADE DOS ADVOGADOS

  • Marcos Parreco

    Ufa, até que enfim. Estavas fazendo falta.

  • FERNANDO

    TUTMÉS AYRAN= ÉTICA, CARÁTER , MORAL, DIGNIDADE, RESPEITO PELAS PESSOAS, POR TUDO ISSO ESPERAMOS QUE O GOVERNADOR PENSE IGUAL A MAIORIA DA CATEGORIA QUE O ELEGEU COM 1335 VOTOS. É O ÚNICO DOS TRÊS QUE TEM LEGITIMIDADE. DESMBARGADOR NÃO É PARA DESCONHECIDA NEM TATURANA.

  • NELMA BARROS

    Ricardo, bem vindo de sua férias, como mais uma fâ do seu blog, senti demais a falta dos seus comentários. Hoje nada tenho a comentar. Abraços.

  • Marlova

    o governador,deveria nomear o advogado tutmés airan,como agradecimento ao governo federal pelo tratamento recebido de brasilia para com onosso estado,mesmo sendo o governo estadual do PSDB,além de ter o melhor curriculo foi o mais votado na eleição da OAB.o presidente lula agradeceria.

  • PRATES

    Tutmés foi o mais votado, é o mais ético sempre foi empenhado em defender causas sociais e o que tem mais moral. Desembargador é um cargo sério, não é para presentear amigas muito menos indicar representante de TATURANAS.

  • Eva Maria

    Dr. Tutmés Airan é o melhor nome, que vai valorizar o Governador diante da Opinião Pública. É correto, sério, tem credibilidade, Professor da UFAL e não tem perfil de “alpinista social”.

  • Sandro

    Téo essa é a hora de vc confirmar os 1335 votos dos advogados, que confiaram na capacidade, dignidade, e competencia do Tutmes Ayran; e ainda é de observar-se q o Adelmo teve 744 votos e a Eloina 544, somados nao chegam ao total de votos recebidos por Tutmés.Respeite a democracia!!

  • Guilherme

    Governador em respeito a memoria do grande menestrel das Alagoas,Teotonio Vilela q tanto lutou pela democracia e pelo fim da ditadura militar, nomei Tutmes desembargador acatando a vontade democratica dos advogados q depositaram 1335 votos no Tutmes; os adversarios juntos só obtiveram 1288!

  • UM DEMOCRATA

    Solicito encarecidamente ao Sr. Governador que como grande democrata que é, e respeitanto a tradição do seu Grande Pai, NOMEIE para Desembargador aquele que é unanimidade: PROFESSOR TUTMÉS AYRAM, sómente assim ele faria VERDADEIRA JUSTIÇA.

  • Sambueza

    SOCÓ NELES, EU ACHO TOMA.

  • sidney wanderley

    Com o coração elegemos o cardiologista. Com a razão, e a democracia é consequência do exercício da razão, os advogados elegeram Tutmés. O resto é taturanice e conversa de comadres.

  • MARIA

    Ora, se a vaga do quinto constitucional é dos advogados, e acreditando na sensatez do nosso ilustre governador Téo Vilela,representante do nosso povo, acredito que fará uma escolha inteligente indicando, aquele que REALMENTE É O MAIS DIGNO, SÉRIO E PREPARADO PARA O CARGO: TUTMÉS AYRAN

  • adriana

    Por favor faça alguma crítica a esse “censo” pois tem sido uma palhaçada! ninguém consegue entrar no link oferecido.Está sempre fora do ar! não existe estrutura é tudo só marketing! e ninguém sabe informar nada! é uma esculhambação!

  • MIQUELITA

    Mas um recadastramento, dessa vez há inovação (kkk), todos os cargos em comissão tem que fazer,até os cargos em COMISSÃO DE RESERVA.De quem terá sido a idéia dos reservas? relamente nunca se mamou tanto nas tetas do governo. Eita governador parabéns vc th bem assessorado.

  • Fernando

    Após ler as postagens da reportagem acima, acho que não resta dúvida de quem é que tem que ser indicado para desembargador. Por favor Sr. Governador aceite a aclamação do POVO, pois a voz do povo é a voz de DEUS. TUTMÉS DESEMBARGADOR!!!

  • Carlos

    Adelmo Cabral,é o escolhido dos políticos para segurar as sujeiras do presente que provavelmente vai estorar la na frente é assim no tribunal de contas é triste mais é a verdade Thèo tenha coragem escolha o melhor p/Al.Cuidado com o castigo divino Théo.

  • guila

    Nosso Estado vem se recuperando e saindo do caos em que se encontrava, fruto de uma atuação competente de um governo que soube escolher seus auxiliares. A escolha do desembargador para o TJ não pode, nem deve fugir a regra, e por falar em competencia, não pode dar outra senão o adelmo.

  • Pe no chao

    Se fosse para os advogados escolherem o Desembargador, nao precisaria passar pelo TJ e nem pelo Governador! Já que a lei rege, quem escolhe é o Governador! Vamos deixar de fazer campanha no Blog do Jornalista mais sério e competente de Alagoas.

  • ex; funcionario

    exelenticimo governador para acaba com qualquer secretaria não precisa extingui der um remedio mais lento entregue a jota cavalcante, ele e sua equipe deixa agonizante como a soprobem hoje sofre com a doença do descaso

  • PAULO QUINTANA

    Ricardo estpero que suas ferias tenhasido otima, mas durma com este barulho, o diretor da PF disse que na assembleia existe uma quadrilha, a presidente do TJ/AL disse que lá dentro eles são semi Deuses, e nos mortais somos a praga do mundo, é muito barulho para os meus ouvidos.

  • OLIVEIRA

    SE ISSO NÃO FOR NEPOTISMO: PAI:ADRIANO AUGUSTO DE ARAÚJO JORGE-DIRETOR PRESIDENTE DO IMA. MÂE:CRISTINA BENAMOR DE ARAÚJO JORGE-PRESIDENTE DO SERVEAL. FILHO:PABLO BENAMOR DE ARAÚJO JORGE-CORREG.DE CORREIÇÃO DO DETRAN/AL