O juiz Sóstenes Alex concedeu o “Pedido de Recuperação Judicial” ao grupo JL. A medida, prevista na lei 11101, de 2005, corresponde à antiga “concordata”. A decisão abrange todas as empresas do grupo, um dos mais importantes do Estado de Alagoas, incluindo as duas unidades industriais instaladas em Minas Gerais.  Formado por cinco indústrias do setor sucroalcooleiro, contando as três instaladas em Alagoas, além de empresas comerciais e de produção de adubo, o Grupo JL vinha enfrentando sérias dificuldades desde o ano passado, o que se agravou ainda mais em 2008.  Com a decisão do juiz Sóstenes Alex, as empresas da holding passam a ter uma administração compartilhada, com a supervisão, inclusive, da Justiça e dos representantes dos credores. Em compensação, o grupo ganha novos prazos de parcelamento das dívidas, além de condições especiais para a renegociação.  

O objetivo da medida, explicou ao blog um magistrado especialista na matéria, é a recuperação financeira das empresas, para que elas  possam quitar seus débitos com os credores e tocar – no futuro – seus negócios normalmente. Só em caso de se identificar a impossibilidade de repuperação, pode ser decretada a falência das empresas. O prazo limite da Recuperação Judicial é de seis meses.

 A decisão só pôde ser tomada pelo juiz da Comarca de Coruripe porque o Grupo JL possui uma usina – a Guaxuma – no município.

"Concordata" foi causada por pressão de banco inglês, explica assessoria do Grupo JL
Hollanda Ferreira é o relator do pedido de "suspeição" contra James Magalhães- julgamento foi ad
  • ALCIDES GUSMAO

    ESPERO QUE DEUS TENHA PENA DESSA ALMA PECADORA, QUE TANTAS MALDADES JA COMETEU, E AGORA E UM SER HUMANO SEM PAZ. QUE SIRVA PARA UMA REFLEXAO, E ATE POSSIVEIS REPARACOES. ACREDITO QUE AS VITIMAS DE JL ESTEJAM MAIS TRANQUILAS DO QUE ELE.

  • José M Filho

    Vejam o que o orgulho e vaidade e capaz de fazer. Um grupo como o JL chegar ao fundo do poço enganando a credores e fornecedores só para JL ter o prazer de ser bajulado como politico.O que seria do pobre Estado de Alagoas com João Lira Governador e o mal carater do Albuquerque Presidente da ALE.

  • Marcio Farias

    Estranha a falência do Grupo JL. Só o valor da área, cobiçada por diversos grupos imobiliários, situada na Av. Durval de Goes Monteiro, já cobriria parte da dívida…

  • Pedinte

    Socorrrrrrrooooo!!!!!!!!!!!!!

  • eu acho é tome!

    …Queria ser governador de Alagoas para salvar seu grupo de empresas e não para atender os interesses de nosso Estado. Quem planta o mal colhe isso, eu acho é tome!

  • josias teixeira santos

    Isso é uma noticia muito triste! nós que trabalhamos no comercio sabemos o quanto o grupo JL é importante para a economia de alagoas, torço para que ele consiga se recuperar e evitar um desastre maior na nossa economia e tambem e na vida de milhares de familias que dependem desse grupo

  • trabalhador aflito

    E como fica a situação dos empregado? Receberão seu salários em dia?

  • Junior Argôlo

    para que Dr. João consiga equilibrar esses infortúnios, haja vista que o Estado precisa de suas empresas. A sua competência aliado ao seu espírito guerreiro serão base de sustentação para o Grupo sair desse período turbulento que afeta mtas empresas.

  • Tarimbado

    Muitas vezes me perguntei o porque de um Homem plenamente realizado profissionalmente, empresário de sucesso querer ser Governador do Estado. Tá aí a resposta…

  • MSS

    É LAMENTÁVEL ESSA NOTÍCIA! POIS TIVE A HONRA DE TRABALHAR NESSE GRUPO, E ERA NA ÉPOCA UM DOS GRUPOS MAIS SÓLIDOS DO BRASIL. TRABALHEI NA “MAPEL” ONDE UM DOS INCENTIVOS POR PARTE DA DIRETORIA ERA O 14º SÁLARIO QUANDO ATÍNGIAMOS AS NOSSAS METAS… É UMA PENA!!!

  • ALDO LUIZ

    MEU DEUS DO CEU, QUANTA HUMILHACAO PARA O IM PERADOR DE ROMA, O CESAR JOAO LIRA. E A QUEDA DO IMPERIO ROMANO. A HISTORIA SE REPETE., INCLUSIVE,OS CASTIGOS. QUEM FAZ AQUI……..

  • sérgio

    Se o João Lyra fosse governador, com certeza o 13º salário do servidor não tinha saído um mês antes do Natal, ou talvez nunca. A verdade é que a “tentativa de ser” já era premeditada. Trocar uns poucos milhões, pela cadeira de governador e em seguida saquear o cofre. O povo acertou!

  • Tom

    Agora tá explicado o porquê de Cícero Almeida garantir a Collor que não será candidato a governador. JL não vai poder esbanjar dinheiro na campanha. Que falta faz o Produban aos usineiros!

  • Sônia

    Gente,que coisa,não tenho intimidade com o sr.J.Lyra,mais não vamos julgar nem condenar uma pessoa que mal algum lhes fez,prezumo eu,algum de voces que opinaram aqui já tiveram alguma dívida não paga por este homem,ou algum mal o mesmo já lhes fez?gente..

  • Cláudio

    Todos nós sabemos importancia para economica do estado que tem essas empresas, que esse grupo consiga se recuperar e ser uma empresa lucrativa. Agora o que me deixa chateado é ver alguns comentários acima,como se estivessem torcendo contra. É lamentável.

  • breno

    O Sr. Sérgio foi muito feliz no seu comentário, é exatamente isso que ouço em todos os lugares que esse assunto é comentado.

  • joão

    Algumas pessoas que defendem o JL não sabem o quanto ele enricou na época da inflação, conprando cana dos plantadores e pagando quando bem entendesse, isso sem correção monetária e sem juros. E os prestadores de serviço na colheita que são obrigados a trabalhar na safra por medo do calote.

  • Claudionor Machado

    Muito estranho essa recuperação judicial concedida tão rápido. Agora tá explicado a pressa e o interesse do Dr. Sosténes Alex em ir para a Comarca de Coruripe. Vige Santissima,

  • Marcos Paredes

    Dr. Alcides Gusmão, o senhor bem sabe da lei de causa e efeito. A soberba, a intimidação, o Poder é o Retrato de JL. A máxima de São Paulo cai muito bem:” e que adianta o homem ganhar o mundo e perder sua própria alma. Jesus sofreu, padeceu, morreu por nossas transgressões e…nada.

  • carmelita sonia valões

    amnhã qro ouvir o sincero frança moura . ñ me venha dizer q isso foi a crise internacional , pois ela chegou agora e os calotes sõa anteriores . Tenho amigos com as mãos na cabeça por causa desse senhor . CUIDADO , pq agora maceio vai pagar caro . CARMINHA

  • Jose Valter Tenorio

    É impossivel sanar as empresas do Grupo JL, o passivo é tão alto que, mesmo vendendo as 5(cinco) Usinas não quitará todo passivo.

  • SErvílio Marques

    Não conheço JL,mais ele até onde eu sei é o maior empregador do estado e não sei o porque de tanto ódio que alguns disparam sobre ele.

  • aranda

    AQUELE Q NÃO TEM PECADO Q ATIRE A 1ª PEDRA, todos sabemos o q se noticiou sobre o Sr João Lira, mas niguem realmente sabe a verdade sobre o seu passado só imprensa. mas deixando estas picuinha dela lado temos q olhar a situação do estado.

  • aranda

    …..nesta hora sofre o comercio, hospitais, casas de show, restaurante, bares, e butecos, são milhõe de reais q se acontecer o pior vão deixar de circular em nosso estado, a costureira, o vendedor de macaxeira, todos sofrem use a mente pra raciocinar, não o intestino, par escrever.