O Estado de Alagoas, interior e capital, tem a cobertura de apenas 1500 policiais militares a cada dia. A afirmação é do subcomandante da PM, coronel Dário César. E como se chega a um número  tão insignificante, principalmente se levarmos em conta que o contingente da corporação supera os oito mil homens e mulheres no total?

O oficial explica: o grande problema é o baixo percentual de policiais militares na atividade fim da instituição. Apenas 50%  dos  quadros da PM trabalham no policiamento ostensivo. Os demais estão distribuídos no trabalho burocrático, nas oficinas, refeitórios, banda de música, no setor saúde (só neste último são cerca de 100 pessoas) – contabilizando aqueles que permanecem na Polícia Militar.

Nas diversas Assessorias Militares a PM disponibiliza mais de 450 homens. Os oficiais superiores – que não trabalham no policiamento das ruas, nem no interior nem na capital – formam um exército de mais de 170 fardados.

E há, ainda, os casos que o coronel aponta como insustentáveis. Cita a presença de 42 policiais militares no Fórum de Maceió; ou ainda, 12 outros que estão na Escola Superior da Magistratura.

Mudança de cultura

O sacrifício, afirma o subcomandante, fica mesmo para um contingente de cerca de quatro mil militares que se revezam no policiamento da capital e do interior. O número de pms em Maceió é tão inferior ao que se apresenta como necessário que o coronel Dário César, até por questão de segurança, prefere não revelar. Mas, do lado de cá – para o cidadão comum,  que sofre com a violência de cada dia – é visível a necessidade da presença das forças policiais nas ruas.

Concluindo: se há carência de quadros na Polícia Militar de Alagoas – o contingente previsto é de mais de 16 mil homens -, há, também uma necessidade urgente de mudança da cultura interna da corporação. A PM precisa ir às ruas. É lá, principalmente, que se encontram os inimigos da sociedade (quanto à política, a gente fala sobre isso depois).

Olho aberto 

A decisão do desembargador-presidente do Tribunal de Justiça, José Fernandes de Holanda Ferreira – liberando do seqüestro os bens dos deputados afastados do mandato pelo juiz Gustavo Lima  – mostra que não há espaço para "descanso" nessa batalha.

 Ao decidir suspender o seqüestro dos bens dos parlamentares – Albuquerque e companhia -, o desembargador mostrou que há, sim, sempre muitas brechas na lei, e é por elas que os advogados experientes buscam passar, e, às vezes, conseguem. Seja aqui, seja em Brasília, nos Tribunais Superiores.

Nova peleja
 
O Agravo de Instrumento apresentado pelos deputados, é verdade, ainda vai ser alvo de julgamento por uma das Câmaras Cíveis do próprio TJ (inicialmente, deve ser distribuído para um relator.) Mas a decisão do presidente do TJ já é uma sinalização importante: quanto maior a demora dos julgamentos das Ações Civis Públicas, maior a chance dos deputados irem, aos poucos, avançando na tentativa da reconquista do poder. E não há poder em Alagoas, bem sabemos, sem riqueza.

Chamado ao Chamariz 

E o futuro deputado federal Antônio Carlos Chamariz, do PTB, deve estrear amanhã, em Brasília. É bem verdade, ainda sem sentar na cadeira que Cristiano Matheus vai lhe presentear por lá. Mas já dá para sentir o gostinho do poder.

Chamariz foi convidado e vai se reunir com o ministro José Múcio, responsável pela articulação política do Palácio do Planalto. O encontro em Brasília, amanhã, terá como principal pauta a eleição do novo presidente da Câmara Federal. Michel Temer, do PMDB,  é o favorito – o que pouco pode importar se a bola dividir. Os governistas admitem o apoio ao peemedebistas desde que o PT fique com a presidência do Senado. É briga de gigantes, mais do que isto, de monstros nada sagrados.

Matheus denuncia

Já o deputado Cristiano Matheus, que prepara sua despedida do Planalto Central, deve fazer um pronunciamento no plenário da Câmar Federal denunciando o clima de violência e as ameaças que vem sofrendo – e até atentados- em Marechal Deodoro, cidade que vai administrar a partir de 1º de janeiro de 2009.

Matheus também deve pedir à direção nacional da Polícia Federal que lhe garanta segurança pelo menos até o final do ano. É preciso levar a sério o que acontece na belíssima- e abandonada – cidade histórica, antiga capital de Alagoas.

Uma comenda para Mercedes  

Mercedes Sosa recebe amanhã, no Palácio República dos Palmares, a Comenda Nise da Silveira. A homenagem é prestada todos os anos a mulheres que se destacam nas suas atividades profissionais- sempre concedida em 8 de março, dia internacional da mulher.

A antecipação, é óbvio, se dá por conta da impossibilidade da fantástica artista argentina estar aqui na data oficial.

Barenco no Cursilho

Hoje, às 8h da noite, o delegado Marcílio Barenco vai fazer palestra para os integrantes do Movimento de Cursilhos da Igreja Católica. O convite foi feito – e aceito -pelo médico Aliomar Lins, um personagem que não cansa de ser solidário e de tentar tranformar o que está podre. A palestra, na sede dos Cursilhos (Farol) é aberta ao público.

Dura lex

Está marcada para  o dia 15 de dezembro a diplomação dos candidatos eleitos em Palmeira dos Índios. Até lá, a juyíza Sônia Beltrão, que teve uma elogiadíssima atuação durante o pleito, pretende decidir o destino de três candidatos a vereador – eleitos- que estão "pendurados": Arnaldo do Detrna, Elaine Balbino e Maxuel Feitos. As acusaçãos que pesam contra eles vão desde a suposta compra de votos, abuso do poder político, até uso de carro ilegal.

 Entre dois amores

Tem tudo para ser quentíssima a reunião do Diretório Regional do PSB, em dezembro. De um lado, o grupo de Born, Sextafeira, Geraldo Magela e outros que defendem  a manutenção da atuação posição do partido: compondo no governo do Estado, e mantendo-se na oposição ao prefeito Cícero Almeida. Nada mudou, dizem os integrantes do grupo.

Não é o que acham Tereza Nelma, Renato Soares e o deputado Carimbão. Eles preferem migrar oficialmente para o grupo do prefeito Cícero Almeida. Se repetir o clima da reunião da executiva, na semana passada, é bom deixar uma ambuância do SAMU de plantão. Só por prevenção.

Faça-se a luz

Em fase de "professor de Deus", o prefeito Cícero Almeida não admite que dele se fale a não ser para elogiá-lo (pode ser até uma troca de elogios, como ontem, com o vereador eleito Cabo Luiz Pedro). No ritmo em que vai, de intolerãncia a quem considera desafeto – ninguém com grande poder de estruição -,  corre o risco de virar um novo Torquemada. 

 

Hollanda Ferreira é o relator do pedido de "suspeição" contra James Magalhães- julgamento foi ad
Presidente do TJ libera bens dos deputados taturânicos
  • TÔ DE OLHO

    Esse deputado,devia para com essas mentiras, já ganhou, sabe muito bem como ganhou a eleição, agora tá com medo. Agora é tarde, voce bem que podia esta no seu cantinho quieto. EU ACHO É TOME. FEDERAL NELES. URGENTE. A ELEIÇÃO DE MAL DEODORO FOI UMA VERGONHA.

  • luiz

    Cel. Dario Cesar passou mais de 10 anos, recebendo da pm e fazendo outros tipos de trabalhos, agora que persegui, quem como ele ja fez, esta em outra finalidade pm

  • PMAL=Reino das Injustiças

    Durante mtos anos o Cel Dário César fez parte deste grupo de policiais q não trabalham na atividade fim da policia e sim, carregando pastas de politicos e outros servicinhos de bajuladores. Pq ele não diminui o efetivo de Policiais dentro do Quartel Geral.

  • MARQUINHO

    + como sempre o só pensam no proveito proprio e o interior fica esquecido, 2 pm numa cidade é um crime

  • ricardo

    aqui em penedo ta todo mundo comentando que o marcius beltrao mesmo perdido a eleiçao vai assumir a prefeitura, tais sabendo de algo??ele anda falando para todo mundo que vai assumir, que a eleiçao foi roubada!!!abraços!!

  • É MOLE?

    SE A GRANDE MAIORIA DOS PMS NÃO TRABALHAM,PORQUE AS AUTORIDADES NÃO FAZEM NADA? E O POVO É QUEM SOFRE.AQUI EM ARAPIRACA,EM MENOS DE 20 DIAS MATARAM 2 MOTOTAXISTAS…E ELES DE FOLGA,É MOLE?

  • Judas

    Caro Ricardo, a próxima Pérola do Prefeito será o anúncio de “Cabo Everaldo” como seu secretário…Aguardem

  • eureca

    puxa vida, dário cesar acabou de descobrir a pólvora!!!!

  • E os Oficiais sem trabalhar

    Engraçado faltam policiais, no entanto, existem 08(oito) oficiais sem tabalhar, e dizem que o efetivo é pouco, é mole meu? CEL Dário Cesar e seu auxiliar CEL SENA tivram 01 (um) anos para se prepararem pra o comando, e não poossuem plano de nada, asim não, peçam pra sair 01 e 02

  • Jorge de Mello

    A nossa assembléia aqui merece um Guy Fawkes senhor Ricardo Mota.Quem não sabe quem foi Guy Fawkes procure saber na wikipedia,voces verão que eu tenho razão.Eu queria ser esse homem aí.Aí se eu fosse rico e pudesse bancar algo como oque ele quis fazer.

  • PM REVOLTADO

    É LAMENTAVEL QUE AQUI EM ALAGOAS OS OFICIAIS SUPERIORES NÃO TIREM SERVIÇOS NA RUA, E O QUE É PIOR E MAIS VERGONHOSO, NÃO FAZEM NADA DURANTE O EXPEDIENTE, SÃO NA MAIORIA FURÕES,ENRROLÕES, A PM-2 SABE DE TUDO. E AGORA CEL SENA CADÊ SUA AUTORIDADE? QUEREMOS O COMANDABTE DO EXERCITO.

  • marcio

    ei ei.. alguem viu a esperança por ae ?!?! Perdi a minha. Procurei procurei procurei… Cansei !!! Acho que perdi ela =/ Falta de Fé nos políticos, falta de fé na PM.. Até o bispo perdeu a fé neles.. imagine eu ^^ M.

  • nazaré

    eu acho que em vez de aperta a escala, acabando com a folga do pm , porque ñ se paga hora extra aos mesmos, a si acabaria ate com os bicos.

  • Bem

    o dario tem uma moral lorde para falar em assessoria …. e brincadeira

  • incredulo

    Porque na fernandes Lima quando é de dia há vários carros de policia, fazendo segurança de loterias,postos de combustiveis e estabelecimentos comerciais?, engraçado é que a noite voce não encontra um fazendo a segurança da população, virou segurança particular foi?

  • Carlos

    Ricardo e caros leitores Cicero não é mais um menino pobre de dinheiro é sim pobre de espirito elogiar cabo Luiz Pedro é jogar no lixo a sua história e a mascara caiu ele quer poder a todo custo.Menino maionese sai dessa enquanto cedo.

  • Jonilson Falcão

    Descobriu e inventou a “roda” que brilhante dedução e só viu isso depois de passar mais de 16 anos, dos 30 que tem, fora dela, bingo! Eureka! Que sabedoria do neófito. Botaram 2 caras que não entendem nada de policiamento porque nunca policiaram, mas babar e bajular os 2 são mestres.

  • tô de olho

    É muito engraçada essa vida, esse Cel. Dario, passou toda sua vida como (seguança) de Fernando Collor, carregando suas bagagens, para onde o mesmo mandassem, agora acha q a policia tem muita gente nos trbunais, é ilário isso.

  • tô de olho

    É facil, não sei como uma pessoa pq é juiz,deputado,desembagador, ou qualq mazela, acha q já tem direito a um leão de chacara ao seu dispor, e resto do povo q se vire.lindo isso.

  • josé carlos da silva

    e aoutra metade está do lado do bandido,fora a preguiça que assolou a policia militar e civil como uma virose

  • Jose Antonio da Silva

    Um quarto do efetivo da PM esta fazendo a seguranca particular de Cicero da cachorra.

  • Sylvio De Bonis Almeida Simões

    Mudança de cultura com este Comandante Geral e este Subcomandante Geral? Só pode ser brincadeira, e bem sem graça!

  • jobson

    Fácil resolver caso da P.M.: I- reduzir duodécimo da assembléia e do tribunal do faz de conta.II-solicitar devolução dos p.m. que estão na assembleia,T.F. de contas,Judiciário, Detran e do Palácio F.Peixoto. III- Realisar concurso para P.M.

  • Marca

    Como vai sobrar policial para trabalhar nas ruas se cada oficial tem um motorista. É, oficial não pega ônibus nem dirige não, tem motorista e muita mordomia. É mole!!

  • MAGNO SANTOS

    O GOVERNO AFIRMA QUE A PM CONTA COM UM EFETIVO DE OITO MIL HOMENS,EU PARTICULARMENTE ACHO QUE É UM NÚMERO MENOR, POIS TENHO ACESSO AO DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO,E QUASE TODOS OS MESES, TÉM SIDO PUBLICADO VÁRIAS PORTARIAS COM REFORMAS DE PMs DE VÁRIAS PATENTES, A PM TINHA QUE TER 16.000 HOMENS.

  • critico

    PORQUE A DUPLA TICO E TECO Ñ COBRA NO Sr.GOVERNADOR DO ESTADO A RESERVA TÉCNICA DO ULTIMO CONCURSO,BLÁ,BLÁ Ñ VAI RESOLVER NADA,CLARO MUITOS PMS AO COMPLETAR SEU TEMPO VÃO EMBORA,ELES VIVE MAMANDO Ñ TÁ NEM AI…FALA SÉRIO.

  • critico

    É MUITO BLÁ,BLÁ,AÇÃO QUE É BOM NADA,COBRE DO Sr.GOVERNADOR Á RESERVA TÉCNICA,PROCURE RESOLVER NOSSAS PROMOÇÕES,ESCALA DE SERVIÇO UM ABSURDO,EXTRA SEM BÔNUS,POLICIAL MAL DORMI EM CASA,STRESS TOTAL, KD AS ASSOCIAÇÕES QUE Ñ ACIONA O MINISTÉRIO DO TRABALHO,FALA SÉRIO.

  • EVALDO DE MORAES ARAUJO

    por favor comente isso no seu programa no jornal . um amigo que mora na pitanguinha foi assalto na esquina da delegacia da mesma tres caras no uno prata , foi roubado ele mulher e amigos isso na esquina da delegacia da pitaguinha as 20:00 de segunda feira …

  • João Gabriel Fernandes

    Estima-se 3 milhões de habitantes em AL, pelo último Censo do IBGE, e o efetivo da PMAL sendo o de 16200 PMs, se teria 1/185,18 (1 PM/186 habitantes, aproximadamente), mas a população não chega aos 3 milhões e nem o efetivo é de 16.200 PM, dizem que é de mais de 8 mil PM, dividindo-se

  • João Gbariel Fernandes

    dividindo-se o estimado hab/PM, tem-se: 1:375 (1 PM/375 habitantes) e a ONU considera normal e aceitável o índice de 1:350 ou 1:450 povo/policial, e não só PM. Tem-se PC, PRF, PF, bombeiros, GCM e etc. Somados os efetivos das forças policias o índice da ONU cai mais ainda.O que falta…

  • João Gabriel Fernandes

    … é atitude (ação ostensiva integração interativa), estratégia, tática, operacional e organizacional, parece haver ignorância e descontrole do entrevistado sobre sua PM-AL e das outras forças também, o que é normal ou natural para quem passou mais de 16 anos fora dela, como denunciam.

  • xuxubeleza

    Esse Chamariz ganhou um grande presente do Cristiano hein??? Cristiano… quem quer muito… termina sem nada… vai ficar qtos anos na prefeitura de M. Deodoro? A próxima candidatura é pra senado é???

  • Jonilson Falcão

    Caramba! Esse João Gabriel disse tudo e calou a boca dos incompetentes que prestam um deserviço ao Estado. A coisa é séria, se é como ele disse. E a Cúpula fica caladinha, nem contesta e nem atesta. É o fim da picada! Ou ele sabe o que diz ou a cúpula da SEDS não sabe de nada.

  • Carol

    Muito técnico e pertinente o comentario do internauta João Gabriel Fernandes sobre o folgado efetivo policial no Estado de Alagoas em confronto com as exigencias técnicas da ONU. Parabens pela Aula. E o entrevistado castrense o que nos diz sobre o tal comentario?!!!

  • João Gabriel Fernandes

    Carol, o entrevistado não dirá nada porque de nada sabe, e muito menos seu chefinho, pois ambos têm mais de 16 anos fora do serviço da PM-AL, eles sabem, e muito, é como abrir portas prá políticos e chefes nas assessorias por onde passaram.Rubin os queria, mas não têm plano algum.