A Procuradoria Geral do Estado aprovou parece que determina a abertura de Processo Administrativo para apurar a contratação de uma aeronave pelo Gabinete Militar, sem licitação. O avião, do modelo Xingu,  foi alugado junto à empresa Turim Táxi Aéreo para transportar o ministro do Turismo no trecho Natal-Maceió. Há a necessidade, diz o parecer da PGE, “de apurar a responsabilidade civil, penal e administrativa”  dos que fizeram a contratação.
 
Detalhe: a Procuradoria autoriza o pagamento à empresa, mas adverte para o dever de o Estado ser “indenizado” pela contratação ilegal.
 
Agora, cá pra nós, um ministro vir a Alagoas em avião pago pelos cofres públicos estaduais é, no mínimo, absurdo!
 
Quem vai pagar esta conta?
 
Os últimos serão indiciados
 
E caberá ao ex-deputado Francisco de Carvalho Beltrão, o Chicão,  fechar a fase de depoimentos da Operação Taturana, na Polícia Federal. Antes dele será ouvido o deputado Temóteo Correia – ambos deverão ser indiciados.
 
 
Nas contas  da PF – falta passar a régua – 16 deputados estaduais estarão indiciados por suposta participação no esquema que teria desviado R$ 300 milhões dos cofres públicos estaduais.
 
Este número ainda pode aumentar, mas pelo menos 106 pessoas estarão no relatório final do delegado Janderlyer Gomes na condição de indiciados – em situações, é verdade, variadas, porque há graus diferentes de responsabilidade.
 
Na próxima terça-feira, o documento final da Operação Taturana deverá estar pronto e será entregue à Justiça Federal. A intenção dos que trabalham na investigação é torná-lo público (o relatório) em entrevista coletiva na sede da Polícia Federal.
 
Um simpático detalhe: são praticamente nove meses desde a realização da Operação Taturana, no comecinho de dezembro (dia 6) do ano passado.
 
Mais polícia
 
Já está no Gabinete Civil o processo que visa a realização de concurso público para a Polícia Civil. No ofício encaminhado pelo delegado Marcílio Barenco – que já tem o  aval da Secretaria de Gestão Pública – os números são os seguintes:
-Delegado – 68 vagas;
-Escrivão – 140 vagas;
-Agente  -1769 vagas.
 
Mas tudo depende, como sempre, do impacto financeiro. Há, já um entendimento no Palácio da República de que as vagas para delegado, neste primeiro momento, devem ser reduzidas para catorze. Muito aquém, portanto, do que o diretor-geral da PC considera satisfatório para as necessidades da instituição- e da população.
 
MP novo
 
Quem levou mais “sorte” foi o Ministério Público Estadual, que teve o seu projeto de reestruturação já aprovado pela Assembléia – em fase “puro amor”.
 
Foram extintos 49 cargos comissionados, o que resultará numa economia de R$ 76 mil nas despesas com pessoal.
O dinheiro deverá ser repassado para o reajuste dos servidores efetivos do MP. Que podem até receber um aumento salarial maior: a Procuradoria Geral de Justiça espera um incremento de receita, ainda este ano, de mais de R$ 73 mil /mês.
 
Gaveta de Alameida

Já o Conselho Superior do Ministério Público mandou para a gaveta, de um só vez, quatro processos com denúncias de irregularidades administrativas na Prefeitura de Maceió. “Arquive-se!”, foi a palavra de ordem do relator, procurador Luciano Chagas, acatada pelos demais colegas.  Um problema a menos para Almeida e equipe.
 
Imprestável
 
Já para o Estado, de novo Alagoas vai ser mal na foto. O despacho contundente do  juiz da Vara de Execuções Penais, Marcelo Tadeu, que mandou fechar o São Leonardo – por imprestável-, foi enviado para o Conselho Nacional da Magistratura e para o Conselho Nacional do Ministério Público.
 
O antigo Presídio Feminino Santa Luzia – que virou o São Leonardo – abrigava os presos do semi-aberto que optassem por voltar ao local. Quem preferisse ficar pelo mundo, que ficasse. Ninguém notaria – eis a realidade detectada pelo magistrado.
 
Delegados cidadãos
 
E a Assembléia Legislativa pode homenagear dois ilustres defensores da lei com o título de Cidadão Honorário de Alagoas: os delegados José Pinto de Luna, superintendente  da Polícia Federal; e Paulo Rubim, Secretário de Defesa Social. Os projetos são de autoria do neodeputado Manoel Santana.
 
Os dois merecem – e até mais. Aliás, elers já são delegados-cidadãos.
…………………………………………..
A próxima semana , mesmo no olho do furacão eleitoral, promete ser agitada na Assembléia. O ruído está aumentando de volume. É esperar para ver.
 
Mortes em Traipu 3
 
 Dois guardas municipais de Traipu foram presos hoje pela manhã, sob a acusação de assassinato. A situação por lá é grave: cinco mortos em duas semanas, um recorde histórico(nem na época de Lampião).
Fortes empurra Almeida no Reginaldo
 ………………………………………………………………………..
O ministro Márcio Fortes, licenciado, vem a Maceió na próxima semana. Deve ir ao vale do Reginaldo fazer contraponto a aparição de Vilela na obra realizada em parceria entre prefeitura e governo do Estado. O empurrão – se é que é preciso –  é no prefeito  Almeida.
 
A dança da solidão
 
Em Palmeira dos Índios, James Ribeiro, candidato do PSDB à prefeitura, vai receber o ex-governador Ronaldo Lessa no seu palanque. Como não se bica com os tucanos, Lessa fez uma exigência: quer participar de ato sem a presença de Vilela e aliados.
 
Efeito Mazé
 
E correndo feito atleta de maratona, a ex-senadora Heloísa Helena arranjou um tempinho para ajudar ao irmão dela, Hélio Moraes, que também disputa a prefeitura de Palmeira dos Índios. Ele quer  reeditar o fenômeno “Mazé",  a ex-prefeita que surpreendeu na reta de chegada da campanha – nos anos 90- e derrotou os caciques da política local.
 
Vereador Renan

É o ex-menino de Murici quem mais aparece no horário eleitoral do PMDB, em Maceió – destinado aos candidatos a vereador. Ele vem fazendo sua prestação de contas ao eleitorado alagoano. É 2010 em 2008. Bobinho, esse menino!
 

 

Taturanas apostam em ministro alagoano no STJ
17ª Vara Criminal se reúne para discutir situação de presos da DRN - Cabo Luis Pedro está entre
  • ESTUDANTE DE DIREITO

    CARO RICARDO,SERIA BOM A PF INVESTIGAR A COMPRA DE VOTOS ORGANIZADA NA RIRECAO GERAL DA ASSEMBLEIA PELO DIRETOR E SEU IMEDIATO. QUE OBRIGAM SERVIDORES INSTAVEIS A CADASTRAR 30 ELEITORES E OFERECEM DINHEIRO E COMBUSTIVEL PELOS VOTOS. QUEM SAO OS FAVORECIDOS A PF SABERA RAPIDAMENTE.

  • Paulo Barros

    Ricardo, no seu programa doze e dez noticias, a captação do som não está boa, pois algumas noticias não se consegue escutar, principalmente se estiver ouvindo no carro.

  • Mário Alberto Paiva

    Ricardo, com relação ao que falou o Paulo Barros, eu já havia notado e as vezes, além de falha a transmissão parece que é realizada apenas por um canal de áudio

  • Hamilton

    E o Coronel Antônio Teixeira, assessor do Ex Deputado Celso Luiz, não foi indiciado porquê? Ele também participou,segundo notícias,das movimentações financeiras taturânicas do seu chefe.Não admitiremos privilégios.A sua punição foi a nomeação para a SMTT.É sujeira p/ o Ciço Almeida.

  • ARTUR

    PGE MANDA APURAR! É PIADA? OU BRINCADEIRA DE MAU GOSTO? ANTES DEVERIA IMPUGNAR A NOMEAÇÃO DO CIÇO AMÉLIO PARA TFC. DEPOIS DESSA NÃO ACREDITO EM MAIS NADA DA PGE.

  • mateus

    Ricardo a apuração é no mínimo ilária, pois os diversos pareceres com pontas de ilegalidade são aprovados pela douta dignissima PGE inclusive contra os principios da adm publica. De sorte desta vez será tb da mesma forma.

  • mateus

    E por falar em PC, cadê os milhões que o governador do azul Téo economizou, será que ainda temos impacto nas folhas? E porquê não param as nomeações de assessores tecnicos do quadro reserva de cargos em comissão?Tá dificil de parar hein!

  • José de Traipu

    Enquanto a midia e a pf só visam os TATURANAS, os CARANCAS estão soltos, livres para se eleigerem em 2008 com o apoio do STF e, de novo sugar o dinheiro do povo. isso é uma vergonha.

  • Cidadão Indignado

    EM RELAÇÃO AO ARQUIVAMENTO DOS PROCESSOS CONTRA A GESTÃO DO CIÇO, NÃO PODERIAMOS ESPERAR OUTRA COISA DO MP, POIS SE FOSSE MESMO PRA VALER A ATUAÇAO DO RESPEITÁVEL ÓRGÃO, MUITA COISA NÃO ESTARIA COMO ESTÁ. POBRE MACEIÓ E POBRES MACEIOENSES!

  • BENEDITO RAMOS

    Entre tantos outros, sempre bem urdidos, este seu texto “De como nos tornamos (i)mortais” está ótimo. Você é brilhante. um grande abraço