Os juízes da 17ª Vara Criminal da Capital se reunem agora pela manhã para discutir a situação dos presos da Delegacia de Repressão ao Narcotráfico. Segundo o juiz Braga Neto, o colegiado vai exigir que eles sejam submetidos ao regime displinar previstgo em lei – sem qualquer privilégio. Ele explicou que os presos só estão recolhidos à DRN atendendo a pedido do secretário de Defesa Social, delegado Paulo Rubim. Na maioria são policiais ou ex-policiais acusados de terem cometido algum tipo de crime. Entre eles está o candidato a vereador Cabo Luis Pedro, cuja tranferência para o Baldomero Cavalcante já foi solicitida por duas vezes pelo diretor-geral da Polícia Civil, Marcílio Barenco. "Ou transferimo todos, ou nenhum. Vamos solicitar da polícia uma posição: se não há condições de controle sobre estes presos – que usariam celulares e teriam outras regalias – então nós vamos tranferir todos eles para o Baldomero Cavalcante", garantiu o magistrado agora há pouco. Recentemente, em uma ação de surpresa, a polícia apreendeu um celular em posse do candidato a vereador. "O regime de disciplina – disse o juiz Braga Neto – serve para todos os presos, indistintamente."

PGE manda Gabinete Militar abrir processo sobre contratação ilegal de avião
Gravações incendeiam eleições em Penedo e União
  • kanibal

    Todos sabemos que essa história de indistintamente é pura conversa fiada, sempre haverá regalias nos sistemas prisionais de Alagoas,O que vale infelizmente não só em Alagoas mais em todo Brasil e´a velha máxima de que manda quem pode, obedece quem tem juíso!

  • max farias

    quem deveria estar prezo era bandidos e não um homem de bem feito o Luiz Pedro soltem o homem e deixem o homem trabalhar… ele sim trabalha de verdade por maceio.

  • justo

    lugar de preso é no baldomero, aonde estar o vereador de coruripe. só porque é de coruripe.

  • galo

    eles são policiais por que ñ ficão prezo no quartel que é o lugar deles ñ hem, delegacias.

  • Gabriel

    Ricardo, em que pese as boas intenções dessa vara. Ela pode ser em breve declarada inconstitucional e anular todos os processos. Visto que ela pratica o “juiz sem rosto” onde alguns juristas consideram que é uma violacao ao princípio do juiz natural e a identidade física do Juiz.

  • jose luciano

    porque não fazem uma revistinha básica no baldomero,eu arrumo um saco e faço uma doação para colocar os celulares.talvez não caiba todossssssssssssss

  • Marcelo

    Isso é um falso moralismo! O magistrado fala em regime disciplinar porque não conhece o interior do Baldomero ou de qualquer outro presídio, que seja ele de segurança “máxima” ou não. Lá acontece o mesmo fenômeno que ocorre aqui fora: Os mais ricos são os mais privilegiados!

  • naize

    Ah Gabriel,Você falou bem:” ALGUNS JURISTAS consideram violação ao princípio do juiz natural”.Qual o problema,você é contra a atuação em conjunto dos juízes da 17a vara neste Estado onde os marginais imperam? Em que pese a sua opinião,VAI PROCURAR UM SERVIÇO!!!

  • matuto doido

    IMÚNIDADE NUNCA MAIS, É SONHO. A LEI É IGUAL PRÁ TODOS,AGORA TEJA! A APLICAÇÃO DAS LEIS PARA DELÍTOS, NÃO DEVERIA TER DIFERÊNCIAÇÃO,PARA DOUTORES,POLÍTICOS OU RAPA MÉ, FAÇA UM LEVANTAMENTO, SÓ TEM PRESO PPP NOS PRESÍDIOS, OS DOUTORES QUANDO CONDENADOS É PRISÃO DOMICILIAR.

  • JEFF SILVA

    ALGUNS JUÍZES SÃO MAIS QUE NATURAIS NAIZE. SÃO HEREDITÁRIOS.NASCERAM COM O GENE DO DIREITO E O CROMOSSOMO DA MAGISTRATURA.TEMOS SIM, QUE APOIAR O TRABALHO DOS JUÍZES.O QUE NÃO QUER DIZER QUE POSSAMOS QUESTIONAR.A DITADURA,EM TESE,ACABOU.EMBORA, ESTEJAMOS EM ALAGOAS.

  • CRISTIANO

    cARO COMENTARISTAS, GOSTARIA DE DEIXAR CLARO QUE AS PESSOAS QUE ELI ESTAO SAO ACUSADOS, LI QUE HOJE UM RAPAZ FOI PRESO POR DANO, E HAVIA SIDO SOLTO AUMA SEMAN ACUSADO DE 25 HOMICIDIOS EM RIACHO DOCE, ALI TEM POLICIAIS QUEM NUNCA FORAM CONDENADOS EM NADA, TEM SIM QUE TER TRATAMENTO DIFERENCIADO…