Os dois novos prefeitos de Alagoas são candidatos à reeleição: Sania Tereza, de Anadia, e  Areski Freitas, em União, estão em plena campanha, só que agora para um segundo mandato. O primeiro terá uma duração curtíssima: de seis meses, e inviabiliza uma nova disputa pelo cargo daqui a quatro anos. Sania Teresa assume por conta da cassação do mandato de José Edmundo Dâmaso, pelo TRE – mas a decisão ainda possibilita recurso. Se Dâmaso retornar, no entanto, ainda assim a nova prefeita- que toma posse hoje- considerada candidata à reeleição. O caso de Areski Freitas, que era de vice de José Pedrosa (que morreu na madrugada de hoje), é semelhante. Claro, não corre o risco de perder o posto até 31 de dezembro. Há pelo menos um outro caso de neoprefeito que disputa a reeleição: Marcus Vasconcelos, de Rio Largo. Ele era vice de Vânia Paiva, afastada pela Justiça comum, mas que ainda não desistiu de retomar a prefeitura.  

Rubim vai a Associação do MP para reunião com promotor Alfredo Mendonça
Defesa Social vai construir nova ala no Baldomero para rebecer pessoas com direito à prisão especi
  • JADIELSON

    Pesquisei no site do TSE e constatei que 90% dos candidatos a prefeitos, no interior, não possuem um bem sequer na referida cidade onde concorrem ao pleito, mas possuem mansões no Aldebaran, na Ponta Verde, Jatiúca e Farol. Como também não trabalham nessas cidades. Continua

  • JADIELSON

    A piada é que o Candidato tem casa, ou apartamento, avaliadas em 500.000,00 mil em Maceió, mas alugou uma casa, na cidade que concorre, por 120,00 para justificar que nora nessa cidade.

  • Adelino Angelo da Silva

    O municipio de União perde um grande líder político, sem dúvida, o maior prefeito já conhecido na região da mata, apesar de todas as dificuldades enfrentadas, Zé Pedrosa deixa uma outra União dos Palmares.

  • paulo

    ANADIA TEM ESPERANÇA DE MELHORAR COM ESSA NOVA PREFEITA,MAIS A POLICIA FEDERAL DEVERIA VIZITAR ESSA CIDADE ~SAO MUITOS ROUBOS DE AUTOMOVEL E MOTOS NA CIDADE. ESEPERO Q DIVULGUE ESSE COMENTARIO RICARDO MOTA