O deputado Marcelo Victor vai ser ouvido pela Polícia Federal, no próximo dia 9 de maio. Ele terá de apresentar os registros de todas as armas encontradas na casa do pai dele, ex-deputado Gervásio Raimundo, em Palmeira dos Índios, quando da Operação Taturana. No "arsenal", assim considerado pela PF, cinco armas de uso registro, entre as quais, pistolas .45 e espingarda calibre 12 ( capaz de matar um elefante.) Segundo o delegado Janderlyer Gomes, caso não consiga confirmar a regularidade das armas apreendidas, o parlamentar deverá ser indiciado.

 Em março deste ano, o mesmo deputado Marcelo Victor se envolveu em um outro caso policial, chegando, inclusive, a ter a prisão em flagrante deflagrada pelos juízes da 17ª Vara Criminal da Capital. Além de ser acusado de furto de energia elétrica, pela Ceal, ele teria agredido, com um revólver, os funcionários da companhia que detectaram o "gato" na residência do parlamentar.

Procurador Geral da República recomenda que STF "desconheça" recursos dos taturânicos
João Belrão presta depoimento à justiça e nega participação na morte de Dimas Holanda
  • Dominício Souto

    Um “cidadão de bem” que tem seu “gato” descoberto e desfeito por “bandidos” da CEAL precisa de proteção, ou não??? Coitado do deputado…

  • igor

    so dois tipos de pesssoas andam armados em alagoas! os policias e os bandidos… esse sr se enquadra em qual das situaçoes?

  • Emanuela Soares

    Como boa arapiraquense que sou, não tenho memória curta e lembro da Micaraca onde o Marcelo Vitor matou um “colega” e infelizmente não deu em nada, ao contrário, ele foi “eleito” deputado!

  • jjsantos

    Parabéns mas uma vez a PF,todos sabén pra quer o ilustricimo dep.quer essas armas;espancar eletricista,matar colegas,como aconteceu em Arapiraca,etc,etc e tal!

  • H junior

    Quero só ver se o secretário de defesa social(Rubim) vai cumprir o que disse q p quem for pego com arma sem registro vai pro xilindró, quero só ver!!! E se caso seja indiciado, até onde isso vai… Vou fiscalizar!

  • artur

    Esse deputado esta em uma escola de fora da lei, comprovando que são intocáveis,estimulando a praticar os mesmos atos dos outros imúnes. Quando são presos,os pares votam pela soltura,ou abeas corpos,ou juiz,ou superiror de justiça solta. Assim fica difícil moralizar esse estado.

  • Roberto Morais

    Esse deputado já foi preso pela Polícia Rodoviaria Federal que fica no município de Palmeira dos Índios, no anos de 2001 com uma arma de uso restrito e o processo tramita na 4ª Vara Criminal da Comarca de Palmeira dos Índios, ele já é acostumado fazer uso ilegal de arma de fogo.

  • brunno

    Esses delinquentes da assembléia, envergonham qualquer quadrilha de narcotraficante e mafiosos da COSA NOSTRA.

  • JORGE H DE O SANTOS

    MAIS UMA VEZ, RICARDO, PARABENIZO-LHE PELO BLOG, DO QUAL SOU LEITOR ASSÍDUO. QUERO REGISTRAR, APENAS, POR OPORTUNO, QUE A ESPINGARDA CALIBRE 12 NÃO SE PRESTA À CAÇA DE ELEFANTES. É CAPAZ, SIM, DE MATAR UMA PESSOA, A DISTÂNCIAS DE ATÉ 25 OU 30 METROS. ACIMA DISSO, NEM SEQUER MATA UM HOMEM!

  • Fernando Amorim

    Perguntem a TADEU FIGUEIREDO como foi que MARCELO VITOR ganhou a eleição. ELE SABE. Tadeu Figueiredo, foi secretário de Estado no gov. Geraldo Bulhões. Atualmente, reside no JARDIM DO HORTO.

  • João julio da Silva

    Ricardo Mota, eu passei a adimirar esse deputado, sabe por que? por que ele é um verdadeiro colecionador de armas e também está com um projeto para 2010, em abrir um zoológico, pois o mesmo já têm um tigre, por que o que a CEAL constatou não foi um gato e sim um TIGRE.

  • Célio

    Ué, eram armas de um deputado de Araque, para colaborar com a guerra no Iraque. Ou seriam para melhorar o barulho dos fogos no São João???

  • Sandrinha

    Foi Deus que livrou o funcionário da CEAL de ter sua vida ceifada por uma das armas do deputado.O moço é “esquentado” viu?

  • Sandrinha

    Ricardo fui a um casamento em Ipueira, município de Estrela de Alagoas, vc não imagina o que estava escrito nos vários bancos da igreja? Ofertado por MARCELO VICTOR. Quase caio do banco.MISERICORDIA SENHOR!

  • Cláudio

    Que pena que o eleitor,ainda não tenha “olhos que vêem” , porque se isso acontecesse, esse “legítimo representante do povo”não estaria na Casa de Tavares Bastos, mas na casa do raio-que-o parta.

  • Bernardino Souto Maior Neto

    Mota,a cada dia uma estória dos personagens da Assembleia vai atona. A secretária que delatou o prefeito Ciço. E agora, o pai delata o filho – Marcelo Victor. Qual será a próxima estória.Cada uma que é convocado para a PF, conta o enredo interessante. E o bobo é o povo.

  • tacito fontes

    RICARDO MOTA SOU ADMIRADOR DE SUAS CRITICAS, MANDEI MINHA OPINIÃO MAS NÃO VINGOU, GOSTARIA DE SABER PORQUE, FOI MUITO PESADA, EU ACHO QUE NÃO. REALISTA DE MAIS,VALEU, PARABENS PELO BELISSIMO TRABALHO, AGUARDO RESPOSTA, PARA TACITO FONTES CONS TUTELAR DO MUNICIPIO DE MACEIO [email protected]