Se a PF já sabia muito sobre os empréstimos, consignados ou não, feitos pela Asssembléia junto ao Bradesco, a partir de ontem já pode escrever um manual sobre o tema. A gerente que atendia à turma da Casa de Tavares Bastos, Daniela Dórea, prestou novo depoimento, ontem, aos delegados da Operação Carranca. Contou o caminho das pedras e onde ele chegava: era a uma mina de ouro. A partir desse novo depoimento, a PF vai ouvir os deputados João Beltrão e Marcos Ferreira. Ambos, confirma a Federal, serão também indiciados.

                             O incansável Val de Basílio

     Preso da Operação Carranca, o vereador Val de Basílio, de Palmeira dos Índios, também prestou depoimento, ontem: à Justiça Federal, em Arapiraca. Falou durante mais de cinco horas sobre o esquema que teria desviado cerca de R$ 20 milhões, em prefeituras do interior de Alagoas. Ele é apontado, pelo Ministério Público Federal, como chefe do grupo que atuava em cinco municípios.Dividindo, falou cerca de uma hora sobre cada um. Pergunta: lhe serviram água, chá, café, refrigerante…..?

Taturana: Bergosn Toledo vai depor
Sextafeira decide ser presidente; Isnaldinho abandona Albuquerque
  • Zé Ninguêm das Alagoas

    Este Val de Basilio é testa de ferro de alguns deputados que constituiram esta empresa de construção civil, para mais uma vez roubar o povo sofrído da minha querida alagoas, pois este cidadão vêm fazendo obras de construções públicas em varios mandatos de gorvernos anteriores.