Demorou, mas chegou. Lançado em 2009, o Waze Carpool, serviço de caronas do aplicativo de navegação, finalmente foi liberado no Brasil nesta quarta (22). E o melhor: funciona em todas as cidades do país! Então vamos lá descobrir como funciona o sistema.

Waze Carpool pode diminuir número de carros circulando nas ruas (Foto: rawpixel.com/Pexels)

Primeiro de tudo: o Carpool não obriga ninguém a pegar ou oferecer a carona: só vai quem quer. O aplicativo mostra um perfil dos usuários, e você pode inclusive limitar com quem vai pegar ou a quem vai oferecer a carona: somente pessoas do mesmo sexo que você, ou apenas quem trabalha na mesma empresa. Também vale destacar que há um processo de verificação de cadastro para poder usar o serviço.

Segundo, é bom lembrar que são dois apps diferentes. O Waze “tradicional” é para quem pretende oferecer caronas, ou simplesmente quer usufruir do sistema de GPS e acompanhamento de trânsito. Já o Waze Carpool é só para quem deseja pedir caronas aos motoristas. Se você quiser baixar qualquer um dos dois, é só rolar até o fim do post.

Se você vai dirigir e quer oferecer a carona, é só clicar no bonequinho da imagem abaixo:

Para oferecer carona, é só clicar no bonequinho localizado no canto inferior direito (Foto: Planeta Tera)

Para quem vai solicitar a carona, é só clicar na áreas circuladas em vermelho, como mostra a imagem abaixo:

Escolha o horário, o motorista, confira os detalhes e confirme a carona (Foto: Planeta Tera)

Também é possível ver o mapa do trajeto que o motorista vai fazer, e saber o preço sugerido pelo aplicativo:

Assim como outros apps, o Waze detalha o valor a ser cobrado/sugerido (Foto: Planeta Tera)

O aplicativo sugere a divisão de custos entre o caroneiro e o caronista (caronário? caronador?), ou seja, o objetivo não é lucrar com isso, e sim diminuir os gastos, mas a decisão final é do motorista. O limite é R$ 25, e a única forma de pagamento no momento é cartão de crédito (nada de chegar com a mão cheia de moeda). Ah, e só é possível dar carona duas vezes no dia – o que faz até sentido, já que seria indo e voltando do trabalho.

Será que em cidades cada vez mais lotadas de veículos, um serviço como esse pode dar certo? Ou será que o medo de assaltos e sequestros pode inibir a procura? Quero saber sua resposta nos comentários!

BAIXE OS APLICATIVOS

Waze (para motoristas): iOS e Android

Waze Carpool: iOS e Android

Atualmente não há comentários.