Fim de multas, exames e aumento de pontos na CNH: confira as mudanças propostas pelo governo
Primeiro caminhão elétrico do Brasil será da JAC Motors

Agora é pra valer. O presidente Jair Bolsonaro confirmou ontem que o projeto de lei que altera a validade da Carteira Nacional de Habilitação já está pronto e será enviado essa semana ao congresso.

A confirmação foi feita através das redes sociais do presidente:

 

O que muda?

Hoje o motorista que acumular 20 pontos em infrações por 12 meses tem a CNH suspensa. o Projeto de lei enviado pelo governo agora quer dobrar esse limite. Ou seja só teria a CNH suspensa quem atingisse 40 pontos.

Além disso o projeto também prevê o aumento da validade da Carteira Nacional de Habilitação de 5 para 10 anos.

“Nós vamos apresentar o projeto para atender não só os caminhoneiros, nós também. O número de pontos da carteira passa para 40. Validade da carteira de motorista passa de 5 para 10 anos. Eu sei que as clínicas de psciologia vão ficar chateadas comigo, mas tem que combater isso daí” – Afirmou o presidente em discurso no Rio de Janeiro

Ideia antiga

Quando era deputado, Jair Bolsonaro já havia apresentado um projeto de lei com a mesma ideia, que acabou não sendo analisada por nenhuma comissão da Câmara e acabou arquivada.

A ideia do então deputado é que a medida não prejudicaria os condutores que precisam da habilitação para o trabalho. Em discurso ele afirmou que “Em que pese a boa intenção do legislador, na prática, o que vale é arrecadar. Assim, fica combinado: eles multam à vontade, mas não tiram a CNH dos cidadãos de bem” 

Um outro projeto de 1999 que aumenta o limite para 30 pontos já foi aprovado pela Câmara dos Deputados e precisa passar ainda pelo Senado antes de ser sancionado pela presidência.

Atualmente não há comentários.