Kicks Surf Concept: Nissan apresenta versão especial do SUV
Relógio-chave passa a ser opcional na versão topo de linha do Hyundai Creta

Placas com padrão Mercosul já estão sendo usadas em 7 estados. Alagoas está esperando definições. Foto: Edson Moura

Parece mesmo que a novela das placas padrão Mercosul não tem data para acabar. Depois de muitos adiamentos, suspensões e liminares, o Denatran – Departamento Nacional de Trânsito está orientando os estados que não aderiram ainda ao novo sistema que aguardem novas análises que estão sendo feitas pelo órgão. Por enquanto o prazo final para implantação em todo o Brasil é 30 de junho de 2019.

Segundo reportagem do UOL Carros, o departamento só vai liberar as novas implantações após analisar os problemas que já estão sendo enfrentados nos estados que já adotaram o sistema.

O Pajuçara Auto confirmou a orientação com o Diretor-presidente do Detran-AL, Adrualdo Catão. Segundo ele a orientação foi dada na última reunião nacional com todos os Detrans do país após um questionamento feito pelo Detran-AL.

“Por causa desse nosso questionamento foi enviado um ofício circular para todos os Detrans suspendendo por 60 dias as mudanças. Pelo menos nesses 60 dias nós não faremos essa mudança em Alagoas.” – informou o diretor-presidente

Diretor-presidente do Detran-AL confirma que estado vai esperar definição do Denatran | Foto: Agência Alagoas

Hoje 7 estados já estão emplacando seus carros no novo padrão. O Rio de Janeiro foi o primeiro a adotar o sistema em setembro de 2018. Na sequência foi a vez de Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Paraná, Rio Grande do Sul e Rio Grande do Norte.

Segundo informou o Denatran à reportagem do UOL, mais de 959 mil veículos já rodam com o padrão Mercosul, destes 488.608 foram emplacados apenas no Rio de Janeiro.

Alagoas

Conforme o Pajuçara Auto informou no ano passado, Alagoas tinha a intenção de ser um dos primeiros estados a implementar o sistema, mas por conta das polêmicas e liminares a orientação do governador Renan Filho foi aguardar.

“A orientação do governador é que a gente não tome nenhuma medida que aumente o custo e complique a vida do cidadão, a não ser quando é uma determinação federal. Como nesse caso ainda existe essa indefinição então a gente está esperando. Mas uma coisa é certa, uma hora essa alteração vai acontecer, mas possivelmente isso ainda vai demorar um pouco.” – concluiu o diretor-presidente do Detran-AL, Adrualdo Catão.

O prazo de 60 dias dado pelo Denatran acaba no dia 15 de abril.

Placas antigas continuam sendo utilizadas em Alagoas e em mais 19 estados.

Problemas nas transferências

Enquanto 20 dos 27 estados continuam no sistema antigo, o principal problema está sendo a transferência de veículos entre estados com as placas novas para estado com as placas antigas.

Segundo o Denatran quem fizer essa transferência vai ter que pagar para colocar a placa antiga, acredite!

Mais letras, menos números

Existe até uma tabela para conversão das placas, onde o o segundo número da sequência é trocado por uma letra, exemplo:

Placa antiga:   MMM-1234            Placa Nova: MMM1C34

Veja que o número 2 foi substituido pela letra C conforme a tabela definida pelo Denatran:

0=A
1=B
2=C
3=D
4=E
5=F
6=G
7=H
8=I
9=J

No caso da transferência ao contrário, de um estado com a nova placa do padrão Mercosul para um Estado com a placa antiga, a tabela é usada para a conversão.

E aí o que achou dessa novela? Será que vai ter fim? Deixe sua opinião.

Reportagem: Edson Moura

Com informações UOL Carros

Leia também:

CNH com validade de 10 anos e fim da placa Mercosul: projetos do novo governo

A novela das placas Mercosul continua: Denatran decide tirar bandeira e brasão

 

 

  • Lucaa

    Sinceramente, não vejo necessidade de fazer implantação da nova placa no Brasil. No padrão antigo de 3 letras e 4 números ainda temos 9 letras que nem foram usadas como inicial. A letra inicial de cada placa, permite fazer mais de 5.200.000 combinações diferentes. Somando as letras que ainda não foram exploradas com as que já foram, mas que não foram preenchidas todas as combinações, temos ainda mais de 170 milhões de placas que ainda podem ser registradas no padrão de 3 letras e 4 números. É uma quantidade imensa de veículos 0km que precisam ser vendidos pra preencher toda a sequência de placas e leva muitos anos pra isso acontecer. Implantar o padrão Mercosul agora é só um meio de tirar dinheiro da população.

  • Lucas

    Fora que a qualidade dessa nova placa deixa muito a desejar. Teve vários casos em que o proprietário foi lavar seu veículo e saiu a tinta das letras e números da placa. As empresas de emplacamento alertam que é necessário remover as placas na hora de lavar o veículo, mas isso é ridículo. A gente sai com o veículo em dias de chuva ou vai até uma área rural e suja o carro todo, inclusive as placas, aí depois não pode lavar porque a tinta da placa sai? Ah, faça me um favor né.

  • Vanderson Lovatto

    Até quando vamos pensar com ignorância e desculpas pra não cumprirmos com o acordacordo do Mercosul e sempre colocando empecilhos numa coisa que tem que ser feita, ou seja, não querem colocar a placa Mercosul por que não vamos poder saber de onde é a placa, aí vem o assassino ou sequestrador e faz algo de mau e não vamos saber de onde é, pura hipocrisia, visto que todo ladrão, assassino, sequestrador quando faz alguma maldade todos nós sabemos que é com carro roubado, clonado ou adulterado, então isso não justifica outra existe App que verifica as placas atuais e as novas do Mercosul onde diz o modelo, ano, situação e local de emplacamento, então vamos fazer as pequenas coisas do Brasil dar certo sem complicações, para pensar em coisas que realmente precisam serem feitas em nosso país como economia, emprego, crime, direito penal e construção de mais presídios para prender quem faz coisas erradas, espero que minha opinião chegue aos ouvidos de quem realmente queira mudar o Brasil

  • Oliveira

    Só pra roubar o povo imagine quantas toneladas de alumínio e tinta e dinheiro que Vai ser gastos a poucos tempos todo mundo foi obrigado a trocar as placas pór prlacas refletiva e dias de trabalhos pedidos pra todo mundo ir ao detran, e papel pra borocracia

Deixe uma resposta Vanderson Lovatto
Cancelar reply