Onix volta a se isolar na liderança de vendas em Alagoas; Confira os modelos mais vendidos em setembro
Onix e Ka disputam a liderança das vendas em Alagoas: confira o ranking da quinzena

Comprar um carro novo é o sonho de muita gente, mas poucas pessoas se preocupam em saber o custo da manutenção do bem. E não são só os custos com combustível e peças não, mas também IPVA, depreciação, etc.

Uma pesquisa realizada pela Proteste – Associação Brasileira de Defesa do Consumidor, analisou o custo dos sete modelos mais vendidos do país nos últimos 3 anos.

O Ford Ka é o carro mais barato de manter entre os sete mais vendidos do mercado, apontou uma pesquisa da considerando os custos que incidem sobre o veículo no período de três anos de uso. O levantamento incluiu desde tributos, combustível e gastos de manutenção, como troca de óleo, pneus, lavagem e manutenção preventiva, até a depreciação na revenda.

A associação considerou um uso médio de 15.000 km rodados por ano com o veículo para o levantamento. No cálculo de impostos, foram incluídos IPVA, taxa de seguro contra roubo e colisão, licenciamento e também a taxa de emplacamento. No caso da lavagem, a Proteste considerou um custo médio de R$ 50 a cada 1.000 km rodados, sem levar em conta polimento, cera ou eventuais reparos em caso de colisão.

Tabela do estudo da proteste entre os modelos HB20 1.0 e KA 1.0

O modelo do Ford Ka avaliado foi o SE/SE Plus 1.0 Ti-VCT Flex, que tem garantia de fábrica de três anos, com revisões anuais. A marca também oferece ao cliente que adquire o Ka a opção de contratar um dos planos Ford Protect, com três, quatro ou cinco revisões, que nestes últimos casos ampliam a garantia original em mais um ou dois anos, respectivamente, e podem ser incluídas no financiamento.

Essa pesquisa confirma também recentes comparativos do Cesvi e das principais publicações especializadas, apontando que o Ford Ka tem a cesta básica de peças mais econômica entre os concorrentes da categoria.

Corolla e Gol tiveram os maiores valores de manutenção e depreciação segundo o estudo

Por outro lado o Toyota Corolla foi o modelo com o maior custo de manutenção mensal entre os sete avaliados. Importante lembrar que o sedã da Toyota é também o que teve o maior valor de compra entre os sete avaliados, R$ 77.838,00.

Confira o ranking dos sete modelos avaliados, do menor para ao maior custo.

RANKING MENOR CUSTO DE MANUTENÇÃO MENSAL

1°- Ford Ka 1.0 SE/SE Plus – custo mensal R$ 1.134,56

2º- Chevrolet Onix LT 1.0 manual – custo mensal R$ 1.182,99

3º- Fiat Strada Working 1.4 Fire 8V – custo mensal 1,190,72

4° – Hyundai HB20 1.0 Comfort Style – custo mensal R$ 1,194,46

5º – Chevrolet Prisma 1.4 LT manual – custo mensal R$ 1.288,05

 – VW Gol Trendline 1.6 Flex – custo mensal R$ 1.395,53

7º – Toyota Corolla GLi 1.8 Flex Aut. – custo mensal R$ 1.613,30

Fonte: Proteste

Tabela comparativa entre o Onix e o Prisma da GM na pesquisa da Proteste

Depreciação

O estudo do Proteste ainda analisou a depreciação dos sete modelos. O Corolla sofreu depreciação de R$ 20.490 em apenas três anos, seguido pelo VW Gol Trendline 1.6, com R$ 17.425. O Chevrolet Prisma tem a terceira maior depreciação, com R$ 15.175. O grande destaque positivo foi a picape Fiat Strada Working, com apenas R$ 11.470 de depreciação em três anos.

Fiat Strada Working teve a menor desvalorização entre os sete modelos analisados pela Proteste

 

Atualmente não há comentários.