Estudo da Audi mostra que cidades do futuro podem não ter congestionamentos
Campanha “O barato sai caro” alerta para escolha certa da autoescola

Na Cúpula Mundial sobre Ações Globais pelo Clima (Global Climate Action Summit) realizada recentemente em São Francisco, EUA, o BMW Group e a PG&E apresentaram resultados do projeto ChargeForward, em prol da maximização do uso de eletricidade de recursos renováveis ​​para carregar carros elétricos.

Uma das principais conclusões do encontro foi a de que proprietários de carros eletrificados poderiam disponibilizar suas baterias de alta tensão para gerar energia. Ao mesmo tempo, também poderiam receber bônus por carregar seus veículos nos horários mais adequados do dia e, portanto, maximizar e racionalizar a proporção de energia solar que usam – se estão em casa ou fora de casa e usando uma instalação de recarga pública.

À medida em que a Califórnia avança rumo a uma economia livre de carbono, concessionárias e montadoras se associam para utilizar a rede de forma mais eficiente por meio de cobranças inteligentes e gerenciadas.

O projeto ChargeForward lançado pela BMW i e pelo fornecedor de energia Pacific Gas&Electric (PG&E), em São Francisco, na Califórnia, está em funcionamento desde 2015. Atualmente, 350 proprietários de veículos elétricos BMW que também têm contrato de fornecimento com a PG&E estão participando da fase de testes. Uma das grandes metas do projeto é oferecer energia gerada com as menores emissões de CO2 possíveis a preços mais atrativos para os motoristas de carros elétricos.

Atualmente não há comentários.