Quer trocar de carro? Corre para o Encontro das concessionárias
Veja as fotos dos novos modelos da Citroën

Considerado o grande lançamento da Fiat no ano, o Fiat Argo já está sendo comercializado em Alagoas. Com o modelo, lançado na última terça-feira, a montadora espera reconquistar a liderança de vendas no Brasil, perdida nos últimos anos para a GM,

O Argo é a resposta da Fiat a uma nova tendência: a de hatches compactos por fora, mas muito espaçosos por dentro, equipados e com estilo diferenciado. Para que o Fiat Argo seja um sucesso, a Fiat apostou em seis qualidades: Estilo, Tecnologia, Conforto, Performance, Esportividade e Segurança.

O Fiat Argo é fruto de um grande investimento da Fiat Chrysler Automobiles (FCA) na modernização do Polo Automotivo de Betim (Minas Gerais), com foco na excelência construtiva. Ele representa um novo ciclo de renovação na gama Fiat, depois de um período onde a marca investiu em segmentos onde ainda não estava presente, como o de picapes maiores (Toro) e hatches subcompactos (Mobi).

 

DESIGN

Com design de alma italiana, ele traz o equilíbrio nas proporções, a elegância nos detalhes e a esportividade tão desejada em um hatch. Na parte frontal, o capô longo e volumoso demonstra sua imponência e presença. Os faróis que invadem a lateral com dinamismo são bi-parábola, com guias de LEDS que deixam uma assinatura marcante e um olhar tecnológico. A grade deixa de ser um simples elemento de cobertura de partes internas do cofre do motor para se tornar um objeto tridimensional, rico em detalhes.

A parte inferior reforça visualmente a largura do carro com as tomadas de ar esculpidas nas extremidades do para-choque. O efeito visual é imediato, com o aumento do “size-impression” e a percepção de equilíbrio nas formas.

Destacam-se no desenho volumoso as caixas de roda, com músculos sob a linha de cintura que contorna todo o hatch. O amplo entre-eixos permitiu explorar a forma como a luz se movimenta ao redor do carro, criando um efeito de luz e sombra que acentua a tensão e o espirito arrojado. O resultado é uma escultura dinâmica, sensual e atraente. O Argo, mesmo parado, transpira movimento e esportividade.

Na traseira, as lanternas têm desenho fragmentado e moderno, com formato em “C” apontando para o centro do logotipo FIAT e dando suporte para as laterais esculpidas da tampa traseira. O para-choque esportivo, com seu desenho extrator, enfatiza o caráter jovial do carro, ao mesmo tempo em que garante leveza ao conjunto.

INTERIOR

O painel inspira amplitude e beleza através de sua composição em três níveis, com elementos envolventes. A adoção de um sistema multimídia de 7 polegadas, de aspecto flutuante, chama a atenção de imediato, assim como o layout das áreas funcionais (botões, climatização e saídas de ar).

O aspecto esguio e leve do painel é complementado pelos detalhes: na camada superior, as saídas de ar laterais direcionadas para os ocupantes, a integração entre painel e portas e a cobertura vazada do quadro de instrumentos.

Na camada intermediária, a faixa pintada incorpora as três saídas de ar centrais, inspiradas nos ícones esportivos da FCA. Na parte inferior, o controle central no conceito “tecla de piano” é mais um item que confere modernidade e ineditismo em seu segmento. Este conceito mantém a leveza do painel com ergonomia digna de segmentos superiores.

O console central teve o layout trabalhado de maneira específica para cada tipo de câmbio. Além do fácil acesso à porta USB e entrada auxiliar. Aos passageiros do banco de trás estão disponíveis porta-objetos, porta-copo e mais uma entrada USB completa, que inclui transferência de dados.

O painel de portas possui apoia braço recoberto em tecido integrado ao puxador. Os bancos elevaram o conforto e qualidade do acabamento, com volumes e contenções maiores.

Por fim, o volante, que traduz a esportividade do Fiat Argo, trazendo elementos do universo das corridas, como empunhadura levemente mais espessa, apoio para os polegares, base achatada e faixa central na parte superior.

SEGURANÇA

O Fiat Argo se destaca nesse quesito, introduzindo equipamentos antes presentes apenas no segmento dos hatches de médio porte. Entre os itens que ampliam a segurança a bordo estão os airbags laterais dianteiros e a câmera de ré com linhas dinâmicas e sensores de estacionamento. Bancos com ISOFIX, que permitem a melhor fixação de cadeiras infantis à carroceria, são de série em todas as versões do Fiat Argo, assim como os repetidores de pisca laterais nos retrovisores. Mas o que o diferencia dos concorrentes está na lista a seguir.

Controle Eletrônico de Estabilidade (ESC)  Através de uma série de sensores, o sistema garante a dirigibilidade e estabilidade do carro nas situações de perda de aderência dos eixos dianteiro ou traseiro. Para tanto, automaticamente as rodas são freadas de forma seletiva, e a potência do motor pode ser momentaneamente diminuída, permitindo que o veículo tome a direção correta apontada pelo volante.

Controle de Tração (TC)  Item especialmente útil em rampas íngremes e escorregadias. Nessa situação, a baixa aderência faz com que as rodas patinem e o veículo tenha seu movimento e dirigibilidade comprometidos. Ao perceber isso, o sistema diminui o torque de forma seletiva nas rodas dianteiras, podendo diminuir a potência do motor, para aumentar a aderência das rodas ao piso e garantir uma partida segura e sem sustos.

Hill Holder  O assistente para partida em rampas impede que o carro se desloque nas saídas em trechos íngremes, evitando colisões. E também atua em manobras de estacionamento em subidas ou descidas.

Carroceria reforçada com aços de alto resistência – Quase toda a carroceria do Fiat Argo usa aços de alta resistência. Em especial, as áreas que formam a célula de sobrevivência aos ocupantes contam com aços ultra resistentes ou até hot stamping em áreas planejadas. Na comparação com o Fiat Punto, o Fiat Argo teve aumento de 7% na rigidez torcional e de 8% na rigidez flexional, o que resulta em maior resistência, segurança e durabilidade.

 

MOTORIZAÇÃO

A performance do Fiat Argo vai muito além dos motores – Firefly com versões 1.0 três cilindros e 1.3 quatro cilindros, além do E.torQ 1.8 Evo VIS de 139 cv. Ela passa por um ajuste entre transmissão, direção e suspensão, além de uma carroceria sólida, bem construída e com excelente isolamento acústico.

A família Firefly foi pensada com base em dois pilares: eficiência e confiabilidade. Estas duas bases são as mais importantes para o cliente, pois conciliam o difícil binômio consumo/força.  Com cabeçote de duas válvulas por cilindro e comando de válvulas único no cabeçote com variador de fase, tanto o motor 1.0 de três cilindros quanto o 1.3 de quatro cilindros apresentam o menor consumo de energia interna para o acionamento do valvetrain, comparado a qualquer cabeçote de quatro válvulas.

Além disso, oferecerem ao cliente o melhor torque e o baixo consumo de combustível que, na prática, é o que todo mundo deseja. Sem perder o prazer ao dirigir, muito pelo contrário, Argo Drive 1.0 e 1.3 trazem notam A no Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular e também estão entre os mais fortes do segmento. Com 3 cilindros e 1.0 litro, Argo Drive tem 77 cv e 10,9 kgmf de torque com etanol. Quando 1.3, ele traz 4 cilindros, 109 cv e 14,2 kgmf de torque (etanol).

Agora, se o assunto for desempenho, o Argo pode contar com o E.torQ Evo VIS e se torna o mais potente do segmento. Com 139 cv a 5.750 rpm e torque máximo de 19,3 kgfm a 3.750 rpm (ambos com etanol), as versões Precision e HGT do Argo são as mais potentes e velozes do segmento.

Sem perder a vivacidade no trânsito, graças ao coletor de admissão variável, também chamado de VIS (sigla inglesa para Variable Intake System – sistema de admissão variável), que garante mais força em baixos regimes de rotação. Na prática, são dois coletores em um só: até 4.000 giros, o ar que vai para os cilindros passa por um caminho mais longo, favorecendo o torque. Acima dessa rotação, uma aleta é acionada e faz o ar percorrer um trajeto mais curto, gerando mais potência. A esportiva HGT, por exemplo, pode levar o Argo aos 192 km/h de velocidade máxima, com uma aceleração de zero a 100 km/h em apenas 9s2 segundos, os melhores números do segmento.

Ampliando o leque de opções para o cliente, são três tipos de transmissão disponíveis: manual de cinco marchas, GSR Comfort por botões (também com cinco velocidades) e automática de seis marchas. Comum a todos os tipos, o escalonamento preciso extrai a maior potência e maior torque nas mais variadas rotações. Todas também contam com a última marcha na função Overdrive, que prioriza a diminuição de consumo e ruído.

Câmbio automático de seis marchas  Pela primeira vez, um carro de passeio compacto da Fiat produzido no Brasil vem equipado com caixa automática de seis marchas – a mesma do Fiat Toro. Essa moderna transmissão faz um casamento muito equilibrado com o propulsor E.torQ 1.8 Evo VIS de 139 cv, proporcionando trocas quase imperceptíveis e reduzindo a rotação em velocidade de cruzeiro. Esse moderno câmbio é um aliado não só para extrair o melhor desempenho do motor, mas também para reduzir o consumo de combustível e baixar sensivelmente o nível de ruído que chega até a cabine. Um dos destaques dessa transmissão é o Neutral Function, recurso que desacopla o motor da transmissão em paradas rápidas de trânsito, evitando aquela sensação de que o sistema está forçando os freios – medida que também ajuda a reduzir o consumo.

Câmbio GSR (Gear Smart Ride) Comfort – Essa moderna transmissão automatizada equipa a versão Drive 1.3 GSR, combinando performance, conforto e economia de forma invejável. As passagens de marchas suaves, somadas ao inteligente sistema Auto-Up Shift Abort, que entrega retomadas mais vigorosas, fazem da transmissão GSR uma referência no mercado. E ela vem sempre com paddle shifts no volante, para momentos em que o motorista quer impor seu estilo de trocas de marcha, além do conforto do sistema Hill Holder que evita o desconforto do veículo se movimentar sem intenção nas subidas.

Sistema Start&Stop  Item de série em todas as versões do Fiat Argo, ele desliga o motor automaticamente quando o carro está parado. Os benefícios são economia de combustível e menor emissão de poluentes. E tudo isso sem abrir mão da segurança: sensores só permitem que o motor seja desligado se não houver qualquer tipo de comprometimento, seja do veículo ou dos ocupantes. Para ligar novamente o motor após a parada, basta soltar o pedal do freio nas versões com transmissão GSR ou automática; já nas versões equipadas com câmbio manual, um leve toque no pedal da embreagem coloca novamente o propulsor em funcionamento.

Direção elétrica progressiva Sem roubar diretamente a potência e o torque do motor, a direção com assistência elétrica proporciona total precisão e leveza na condução do Fiat Argo. Com respostas rápidas aos comandos do motorista e facilidade superior nas manobras, a direção elétrica é sinônimo da tecnologia a serviço do conforto e conveniência a bordo, e também traz sua contribuição para a economia de combustível.

Alto torque em baixa  Comum aos três motores, vale destacar o alto torque em baixas rotações, que resulta em um carro ágil e gostoso de dirigir. É aquela pitada extra de esportividade, quando o motor fica cheio com pouco acelerador, tornando as arrancadas e retomadas mais ágeis, prazerosas e seguras. De quebra, isso ajuda a reduzir o consumo de combustível.

Transmissão por corrente  No lugar da tradicional correia dentada para o acionamento da distribuição, o Fiat Argo usa corrente metálica em seus três propulsores. Essa solução proporciona maior robustez e isenção de troca, garantindo manutenção mais tranquila e barata para os clientes.

Nada de tanquinho  Os três motores dispensam o uso do tanque auxiliar, aquele que é abastecido com gasolina para partida nos dias mais frios. Um sistema eletrônico aquece o combustível automaticamente quando a temperatura externa está abaixo dos 16 graus e há mais de 70% de etanol no tanque.

Calibração da suspensão  Combinação imbatível de conforto e esportividade, sem abrir mão da segurança. O conforto chega na forma do isolamento competente frente às imperfeições do piso, que minimiza as vibrações e solavancos transmitidos à cabine. A mistura de esportividade com segurança entrega um carro de respostas rápidas, prazeroso de dirigir, mas de comportamento previsível mesmo nas situações mais severas.

Conforto acústico – Os engenheiros acústicos da Fiat fizeram um trabalho primoroso de isolamento a bordo do Argo, que tem os mais baixos níveis de ruído da categoria em qualquer condição de uso e qualquer medição que se faça (rolamento dos pneus, ruído de vento e índice de articulação). A sensação de silêncio a bordo é próxima de um hatch médio de categoria premium.

PREÇOS E VERSÕES

Argo 1.0 Drive (manual) – R$ 46.800
Argo 1.3 Drive (manual) – R$ 53.900
Argo 1.3 GSR (automatizado) – R$ 58.900
Argo 1.8 Precision (manual) – R$ 61.800
Argo 1.8 Precision AT6 (automático) – R$ 67.800
Argo 1.8 HGT (manual) – R$ 64.600
Argo 1.8 HGT AT6 (automático) – R$ 70.600

AÇÃO DE LANÇAMENTO

Neste sábado o Pajuçara Auto participa da ação de lançamento do Fiat Argo na Blumare. A partir das 8 da manhã a concessionária oferece um café da manhã para os clientes, que poderão ainda testar o modelo e conferir todas as versões. A blitz Pajuçara e o programa Pajuçara Auto FM serão transmitidos ao vivo da loja.

A Fiat Blumare fica na Av. Com. Gustavo Paiva, 2161, Mangabeiras. Fone: 3311-5500

Atualmente não há comentários.