HR-V é o vencedor da guerra dos SUVs em abril; Veja ranking
Ford lança grife de luxo na europa

imagem (7)

Durante a inauguração oficial da Fábrica de Goiana em Pernambuco, o CEO da Fiat Chrysler Automobiles, Sergio Marchionne, revelou que além do Jeep Renegade que já está em produção, em breve a fábrica irá produzir mais dois modelos, sendo um para Fiat e outro para a Jeep. O da Fiat deve ser uma picape compacta e o da Jeep um SUV ainda menor, se comparado com o Renegade.

imagem (2) imagem

A fábrica de Pernambuco é o primeiro grande investimento da Fiat Chrysler Automobiles (FCA), um dos maiores grupos mundiais do setor automotivo, constituído em 13 de outubro de 2014 a partir da fusão global entre Fiat e Chrysler. Também é a mais moderna fábrica do grupo no mundo.

Com capacidade para fabricar 250 mil carros por ano, a planta deve gerar 11 mil empregos, hoje já são 5 mil funcionários.

imagem (5) imagem (1)

Além da fábrica em si, o pólo fabril conta com 12 edifícios, que abrigarão 16 empresas, fabricantes de 17 conjuntos estratégicos de componentes.

imagem (4)  imagem (3)

O presidente mundial da Fiat Chrysler Automobiles, Sergio Marchionne, definiu como revolução a implantação do Polo Automotivo Jeep, em Goiana (PE).

“Em todas as minhas experiências pelo mundo, é aqui em Pernambuco que vi acontecer a maior revolução. Ela começou há cinco anos, quando acreditamos que no meio de uma plantação de cana-de-açúcar fosse possível criar uma das fábricas mais competitivas do mundo. Esta revolução foi escrita, passo a passo, pelo povo daqui, por quem em Pernambuco nasceu e cresceu, e agora está mudando em profundidade este Estado”, destacou o executivo em seu discurso na cerimônia inauguração do complexo industrial, realizada hoje, com a presença da presidente da República, Dilma Rousseff, e do governador do Estado, Paulo Câmara.