Gente, estamos chegando no verão e as temperaturas estão cada vez mais altas! Se a gente fica desesperado com o calor, imagina os bichinhos, como cães e gatos, por exemplo.

Mas os cuidados com a exposição do pet ao sol não devem se restringir ao período do verão, porque aqui no Nordeste o calor é quase que o ano inteiro.

Bom, falando em calor…

Você sabia que manter o cãozinho preso, na coleira, no sol é tortura e configura maus-tratos? Assim, como uma casinha de plástico no sol é um forno para eles.

Sem contar, pessoal, que passear com os pets depois das 10h e antes das 16h vai machucar as patinhas (coxins) deles. Queima mesmo, machuca! Imagina a gente caminhar descalço nesse chão quente! Importante fazer o teste para ver se aguenta.

Sabia que manter a água deles exposta ao sol NÃO é legal e faz mal? Pois é, ela fica beeeeem quente. Uma dica é colocar pedras de gelo e retirar o comedouro e o bebedouro do local onde o sol está batendo.

Lembra daquela corrente que você usa para manter o cão preso? É prejudicial em dois pontos, por ela esquentar exposta ao sol e queimar o pet, como deixar o bichinho preso e exposto ao sol também configura maus-tratos, é crime!

Importante manter tudo na sombra e sempre com água fresca e limpa.

Lembre-se:

Maus-tratos é crime previsto pelo artigo 32 da lei nº 9.605, com alteração da lei nº 14.064/2020, prevendo pena de reclusão de 2 a 5 anos, multa e proibição da guarda. Em caso de morte do animal, a pena pode ser aumentada em de ⅓ a ⅙.

Água de coco para os cães e gatos. Pode ou não pode?
Alimentos que podem ocasionar problemas de saúde aos pets e necessitam de maiores cuidados
Atualmente não há comentários.