Olá, gente!

Chegou o mês mais esperado pela maioria dos nordestinos! O mês de junho é de muita festa e comidas típicas, principalmente o MILHO e seus derivados.

E nessa época de Festas Juninas muitos tutores acabam oferecendo milho e outros alimentos típicos para seus cães e gatos, mas será que isso é correto?

Eu conversei com a Larissa Alves, zootecnista com especialização em Alimentação Natural para Cães e Gatos e ela disse que o milho não deve ser oferecido aos gatos porque o organismo do felino não consegue digerí-lo, assim como outros cereais, desregulando todo seu sistema digestivo.

Já os cães digerem melhor o milho, mas isso não quer dizer que deva fazer parte da alimentação diária do pet. “Como petisco pode até ser ofertado em tempo de festa, mas os tutores devem ter cuidado com a quantidade a ser fornecida e a forma também. Recomendo que os tutores não deem a espiga inteira, pois o animal pode machucar a gengiva ou até mesmo engolir a espiga. Também não se deve misturar os grãos com a ração”, explicou.

ATENÇÃO! A especialista disse que se o tutor deseja oferecer milho ao cão que seja cozido apenas em água e retirado do sabugo.

Outras comidas típicas como canjica, pamonha, munguzá, arroz doce e pé de moleque não devem ser ofertados, pois nas suas receitas há outros ingredientes que fazem mal à saúde do pet como, por exemplo: leite condensado, manteigas e grandes quantidades de açúcares.

Quer saber mais? Acompanhe o trabalho da Larissa Alves nas redes sociais! O IG dela é @larimirelanutripet

Quais as estratégias para lidar com o cãozinho diante do barulho dos fogos de artifício?
Quais os cuidados com o pet no período do inverno?
  • Neymar

    Informação muito útil. As vezes queremos agradar aos pets e exageramos. Parabéns pela matéria.

  • Fernanda

    Muito bom!!!

  • Ismael

    Uauu, informação muito necessária. Parabéns pela matéria.

  • Marcio

    Han??? As rações nacionais tem 60% de milho, em média, na sua composição… Precisa dizer algo mais??