Absoluto CSA vence performando alto e CRB sofre terceira derrota seguida sem competir – Blog do Marlon
CSA compete com o Vasco mas perde o jogo em erros de tomada de decisão
Inofensivo e com visíveis sinais de desgaste físico, CSA sofre derrota merecida

Osvaldo foi peça importante no 1º tempo: CSA absoluto contra o Sport – Foto: Morgana Oliveira – ASCOM CSA

A quinta rodada da Série B trouxe a primeira vitória do CSA com alta performance e a terceira derrota consecutiva do CRB sem conseguir competir.
O que o CSA jogou poderia ter aplicado uma goleada histórica sobre o Sport. Mas com Mailson inspirado, o time azulino venceu por um magro 1 a 0, com Lourenço marcando o gol da vitória já aos 43 minutos da etapa final.
Já o CRB escapou de levar uma goleada histórica graças ao baixo aproveitamento nas finalizações do Grêmio. O time regatiano perdeu por 2 a 0, mas somente Diego Souza desperdiçou três oportunidades claríssimas de marcar.

CRB não conseguiu competir contra o Grêmio: poderia ter tomado goleada histórica – Foto: lucasbubols


O time azulino deu uma resposta rápida as críticas sofridas após a partida ruim contra o Brusque. Por sua vez, o time regatiano fez crescer o volume dos questionamentos em virtude de não ter reagido e mais uma vez ter feito uma partida apática contra o Grêmio.
No meio de semana, CSA e CRB irão ‘pagar’ o jogo adiado da primeira rodada. Em caso de vitória contra o Criciúma, o CSA poderá até chegar ao G4. Já o CRB disputará contra o Novohorizontino a possibilidade de ultrapassar o adversário e empurra-lo diretamente para a lanterna da Série B, lugar este, momentaneamente ocupado pelo Galo.

CSA 1 x 0 Sport

Aposta de intensidade no corredor direito – Lucas Marques de Lateral , Igor de meia por dentro fazendo diagonais do centro para o corredor direto com apoio do Didira , afogando o desgastado setor esquerdo de defesa do Sport . Resultado foi Lucas Marques fazendo cruzamento e Mailson cortando parcialmente ( única falha no jogo) e Lourenço fazendo o gol da vitória – Imagem: Tatical Pad – Marlon Araújo

CSA foi absoluto. Desde o primeiro até o último minuto do jogo, ele foi propositor do jogo. O time que mais finalizou, o time que mais teve escanteio, o resultado não diz o que foi a superioridade do CSA. Encontrou um paredão chamado Mailson e no momento que ele não faz um corte total, fez apenas um corte parcial, o Lourenço faz um gol do jeito, pois na força, o Mailson tinha pego todas as finalizações.
Foi um jogo do elenco e do Mozart dar a resposta aos críticos traduzindo a superioridade no fato que o CSA criou e finalizou para aplicar uma goleada histórica. O time azulino conquistou sua primeira vitória e não resta dúvida que fez sua melhor partida na temporada.
O time foi muito consciente daquilo que o jogo pedia, do que era necessário para envolver o adversário, sem ofertar perigo ao adversário, o Sport teve apenas uma chance com o Jaderson cabeceando e Marco Carné fazendo a defesa. Enquanto isso, o camisa 1 do Sport foi o dono do jogo. A performance do CSA tem o dedo do Mozart pois traduziu a mudança, trazer o Yan Rollim e ele performa uma parte do jogo, ele não performa os 90 minutos, ele guardou o Lourenço para um momento de definição do jogo quando o Gabriel já estava cansado. Muito criticaram, mas o Mozart tira o Gabriel, que estava exausto, fez mais uma vez um grande jogo e ai ele faz um trio pelo corredor direito, Lucas Marques, o Igor jogando mais centralizado, por dentro e Didira e foi neste lado, nesta configuração que o CSA chegou ao gol. Foi com estas jogadas com trocas de passes e ultrapassagens que surge o gol após o cruzamento do Lucas Marques, Mailson fez o corte parcial e Lourenço bate chapado no fundo da rede para conseguir a primeira vitória do CSA na competição.

Atualmente não há comentários.