Jogo pesado em nova oportunidade de evoluir – Blog do Marlon
Classificados, CSA e CRB expõe os opostos de um time pronto com outro que não se encontrou
Classificação antecipada mostra força do futebol alagoano

O CSA entra em campo na noite desta quarta-feira em busca de mais um passo evolutivo na temporada. Após algumas participações decepcionantes, sendo eliminado na fase inicial da competição, o CSA ultrapassou a barreira da ‘temida’ primeira fase.
Agora a equipe chega a segunda fase e sonha com um passo mais largo na Copa do Brasil. O time enfrenta o Paysandu em jogo único que poderá levar o time alagoano ao melhor desempenho neste últimos anos e a colocar nos cofres mais R$ 1,9 milhão como cota de premiação.
Ano passado, o CSA avançou da primeira fase. Decidiu a classificação para a terceira fase em casa, também contra um time paraense e foi eliminado nos pênaltis. Hoje vai enfrentar o Paysandu, um gigante do Norte e que tem feitos relevantes no cenário nacional. Nos últimos anos, o Papão decaiu , deixou a Série B e está na Série C, mas não significa que o CSA terá um adversário de menor expressão ou que pode pensar no confronto como ‘favas contadas’.
O jogo é pesado, será difícil e o CSA precisará construir sua classificação com eficiência e competitividade.
Mozart tem conseguido extrair algo muito positivo do grupo e o time tem respondido bem em alguns momentos do jogo. Nos testes maiores, o CSA conseguiu competir, mas não teve eficiência, por isso, juntar estas duas situações de competitividade e eficiência será fundamental para alcançar o objetivo.
É mais uma etapa para o CSA evoluir na temporada e nos seus objetivos na Copa do Brasil.

Atualmente não há comentários.