CRB apresenta repertório tático, vence com poucos gols e vitória maior poderia dar vice-liderança – Blog do Marlon
Elenco decepciona mais uma vez e CRB é eliminado
A diferença entre a coragem e a falta dela, fez o CSA apenas empatar com o Bahia

Marcelo Cabo apresenta repertório tático e vence retranca montada pelo GLOBO. O CRB venceu o Globo por 2 x 0, mas o resultado não traduziu o amplo domínio imposto pela equipe alagoana .
Marcelo Cabo em poucas sessões de treinamentos tem conseguido uma boa assimilação dos atletas naquilo que visualizamos ontem no Rei Pelé .
O time do CRB trouxe novidades táticas impostas para vencer o bloco baixo do Globo. A cobertura ofensiva foi uma delas. O objetivo era oferecer apoio próximo da bola, criando superioridade numérica no setor, ou ainda construindo a oportunidade de uma tabela ou de uma triangulação.
Outra forma é oferecendo a chance de uma saída de pressão adversária, gerando uma dúvida no marcador e facilitando o 1×1 do jogador que está com a posse.
Chamava atenção o projetar de Raul Prata e Romão em amplitude e por dentro Marcinho , Maycon , Anselmo R e Diego Torres fazendo 6 no terço final do gramado .
A cobertura ofensiva é um princípio tático fundamental para que o jogador possa progredir dentro do campo, conservando a posse de bola. Além disso, serve para: diminuir a pressão do adversário sobre o portador da bola; Criar superioridade numérica; Equilíbrio Ofensivo, em caso de perda de posse, já está pronto para o perde pressiona .
Maykon Douglas apresentou a característica de um extremo , rápido , vertical , porém errando demais nas tomadas de decisões entre passar e finalizar, se estivesse numa noite melhor nos quesitos citados o placar seria mais dilatado.
Ainda tem muita coisa para evoluir , porém já visualiza o trabalho do técnico Regateano .
Craque do jogo – GUM

Atualmente não há comentários.