O salto que Feijó poderá dar ao futebol de Alagoas – Blog do Marlon
É preciso que as ações fora reflitam dentro de campo
Em Alagoas, mulheres conquistam espaços importantes no mundo machista do futebol

Gustavo Feijó poderá ser eleito em fevereiro presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). A escolha deverá acontecer entre os vice-presidentes e o alagoano está muito bem cotado.
O fato teria uma importância gigantesca para Alagoas em um ano de Copa do Mundo com um alagoano comandando a entidade de define os destinos do futebol brasileiro. Caso Feijó chegue ao posto de presidente da CBF seria o primeiro alagoano eleito diretamente para o cargo. O saudoso José Sebastião Bastos, Bastinhos, ocupou o cargo algumas vezes, mas na vacância do titular.
Entre acertos e polêmicas, Gustavo Feijó tem uma trajetória expressiva como dirigente, principalmente por sair de um Estado pequeno, com representatividade limitada, mas forte no caráter de articulação dentro da entidade máxima do futebol.
Se isso acontecer, a cartolagem alagoana chegaria ao ápice do poder no esporte mais popular do país. Seria hora de investimentos na qualificação de profissionais alagoanos com cursos na CBF Academy e a busca por transparência e mecanismos de gestão que viessem a fortalecer a imagem da entidade, além da força política do futebol alagoano perante o restante do Brasil.
Claro que Gustavo tem ‘inimigos’, claro que algumas atitudes serão questionadas, mas ele parece ter crescido o seu poder de gestão e de articulação em um momento importante para o futebol brasileiro.
Que venha fevereiro e que a CBF encontre o melhor caminho para indicar o seu novo gestor.

Atualmente não há comentários.