CRB busca empate contra o Vasco e assegura permanência no G4 – Blog do Marlon
Esperança no modo ‘on’
CRB tem rodada perfeita mesmo podendo ficar na mesma posição

Bressan comemora gol , empate contra o Vasco e permanência no G4 – Foto> Francisco Cedrim

Um ponto importante nas circunstâncias do jogo e para o campeonato. Foi assim que pode ser resumido o empate em 1 a 1 do CRB com o Vaco na noite de quinta-feira, no Estádio Rei Pelé.
O jogo começou com o Vasco muito agressivo na marcação, marcando alto com o intuito de roubar a bola ainda no campo de ataque. O CRB teve dificuldades e não conseguiu ter a qualidade na organização para atacar e no atacar o adversário.
Com a equipe mais espaçada, o Galo apostou em ligação direta e em bolas paradas. Somente aos doze minutos, o CRB encaixou duas sequencias de lances eficientes. No minuto doze, Diego Torres recebeu no círculo central e lançou Nicolas Careca, o camisa 9, venceu a zaga do Vasco em velocidade, atacou o espaço e cara-a-cara com o goleiro, finalizou para uma grande defesa do goleiro Vanderlei. O Galo seguiu utilizando outra arma forte na temporada e após um lance de escanteio cobrando por Diego Torres, Caetano cabeceia e marca o gol. O lance foi revisto pelo VAR e na avaliação tecnológica da linha foi identificado um impedimento no lance, anulando a jogada.
O CRB seguiu tendo dificuldades em sair da marcação agressiva do Vasco, que inclusive com Léo Jabá e Morato sendo fundamentais na contenção dos laterais. Já estávamos nos acréscimos da primeira etapa, quando um cobrança de corner colocou o Vasco na frente do marcador. Nenê cobra, um primeiro desvio é efetuado e Cano desvia de letra para marcar o gol. Vasco 1 a 0.
O Galo voltou para o segundo tempo com mudanças e tentando competir melhor, mas seguiu sem que os seus extremos funcionassem na partida. Além disto, Diego Torres e os homens da referência também não funcionaram. Allan seguiu fazendo mudanças e com pouco mais de vinte minutos já havia feito as cinco mudanças.
O Vasco quase mata o jogo aos 35 minutos, quando Andrey roubou a bola e serviu a Gabriel Pec, que livre, bateu para fazer o gol e Digo Silva fez a defesa, recolocando o CRB no jogo.. Já nos minutos finais, após uma troca de bolas pelo corredor esquerdo, Bressan chapou dentro da área, venceu Vanderlei e assegurou o gol de empate e um ponto importante, fazendo com que o CRB se segurasse no G4

Atualmente não há comentários.