CSE 1 x 1 CSA: duelo interessante dos técnicos Jaelson x Bruno Pivetii – Blog do Marlon
Aliança 0 x 1 CRB: estratégico e eficiente, Galo amplia vantagem.
Semifinais definidas, CRB lider, CSA sem invencibilidade e Murici e ASA morrem abraçados

Iury Castilho comemora gol de empate do CSA: 1º com a camisa azulina – Foto: Augusto Oliveira – ASCOM CSA

O Jogo começou com muita disposição das equipes , porém pobre tecnicamente e taticamente. Csa trouxe um volante ( Marquinhos ) ao lado do Geovanne e não um meia ( Gabriel ou Aylon) manteve Bruno Mota como meia centralizado ( 10) com Marco Túlio na extrema esquerda e Aylon na direita, Dellatorre na referência.

Mecânica ofensiva discreta, quem ainda tentava algo M.Túlio e o apoio de Patrick Brey – Imagem: Marlon Araújo – Tatical Pad

O CSE tinha ausência do volante Jair e do lateral Renato , Cristiano voltou atuar de volante e Ailton não comprometeu substituindo o lateral titular e um dos destaques da equipe tricolor. Jaelson simplifica mantendo os dois zagueiros Bahia e Jean Piter e visualiza sua equipe não ter a liberdade que teve no jogo anterior , CSA melhor posicionado no corredor central. Apenas no final do 1º tempo o CSA consegue executar grande jogada. Marco Túlio encaixa grande passe para Patric .Brey fazer o cruzamento com Marquinhos finalizando e Alexandre fazendo a defesa , o CSE respondeu com eficiência quando chegou. Na batida perfeita de Dakson na bola parada, e Jean Pieter testando sem chance para o goleiro azulino , abrindo o placar nos acréscimos do 1º tempo.

O trabalho de Bruno Pivete mostra o CSA depois dos 33 minutos tinha Italo e Nadson nas extremidades e Bruno Mota / Iury Castilho por dentro – Imagem: Marlon Araújo – Tatical Pad

A segunda etapa o tricolorido foi melhor nos 20 iniciais e obrigou Darley trabalhar e evitar o segundo gol . Jaelson perde por desgaste Cristiano e Dackson e seus substitutos não mantém o mesmo nível de competitividade e técnica .

Bruno Pivete diferente de Adriano Rodrigues seu auxiliar, não manteve Dellatorre, optou por Iury atuando na área e o camisa 99 fez tudo que Dellatorre não fez , 3 finalizações 1 gol 1 no travessão e 1 defesa de Alexandre . O resultado acabou sendo justo pelo que foi apresentado e igualou um duelo muito bom dos treinadores.

  • Interiorano

    O CSA teve sorte, pois, o CSE merecia ganhar o jogo! Sinceramente, esse ano, eu tava e ainda tô torcendo que a final fosse/seja entre Aliança x CSE, pra acabar com essa hegemonia de que o Campeão Alagoano quando não é o CRB é o CSA! Isso, não é bom para o futebol! Fica uma coisa sem graça! Já pensou todos os anos, o Campeão ser só um time!

  • Ivo

    Ah!Eu já sabia, segure a casola no trapichao.Time medíocre!!!!!! um timeco. Né bb azulim assustado o caldo quase entorna, tiraram do c.. com um gancho kkkkkkkkkkko

  • AZULINO BENEDITO BENTES

    Foi um jogo morno e sem sal. Os donos da casa tirando proveito do fator casa e o CSA tendo dificuldades em um gramado que mais parece um pasto. A FAF deve resolver essa situação visando o Alagoano 2022, que é bancar com o próprio bolso a implantação de gramados artificiais no estádios do interior. De resto foi uma partida pobre, digno do fraco nível de um campeonato falido e que não desperta interesse de ninguém, mas como dizem “é o que temos para hoje”!