Rodada de castigo para o CRB e com CSA competindo mas apresentando os mesmos erros – Blog do Marlon
CSA empata, mas escapou de nova derrota
Vitória com total controle do CRB sobre o CSA

CRB ficou no empate com o Sampaio e desperdiçou a oportunidade de chegar ao G4 – Foto: Gustavo Henrique – ASCOM CRB

A 7ª rodada da Série B trouxe resultados ruins para o futebol de Alagoas. O CRB poderia ter vencido, garantido sua permanência no G4 e até mesmo ter chegado a liderança da competição, mas o Galo empatou com o Sampaio, proporcionando o primeiro ponto do time do Maranhão na competição. Já o CSA sofreu a quarta derrota consecutiva, apesar de ter competido, lutado contra uma equipe que é considerada uma das favoritas ao acesso, a equipe voltou a apresentar problemas já conhecidos, como ausência e um jogador que desequilibre do meio para frente e que segue cometendo erros técnicos em falhas individuais.
Enquanto o CRB põe em dúvida a força em brigar pelo G4, o CSA segue o calvário em buscar a recuperação dentro da competição e aliviar a pressão de já está na zona de rebaixamento.

América-MG x CSA: Azulão competiu mas esbarrou em erros já apresentados

CSA perde a 4ª partia seguida mas conseguiu competir na partida contra o América-MG – Foto: Flick América-MG

CSA veio para o jogo com Argel Fuchs espelhando a formação azulina com o América num 4-2-3-1 com dois volantes, tirou o Márcio Araújo e veio com Geovani e Richard Franco, retornando Alan Costa a condição de titular, no ataque trouxe Michel Douglas no lugar de Alecsandro e pelos lados com Pimpão e Rafael Bilú.
O jogo se desenhou como já era esperado com o CSA reduzindo o espaço efetivo de jogo, marcando dentro do seu campo e vendo o América tomar conta das ações ofensivas, ocupando o campo defensivo do CSA e empurrando o time azulino para próxima da sua área, sem permitir que o CSA conseguisse contra-atacar.
Até que Norberto recuou uma bola, Alan Costa deixou para Bruno Grassi que demorou a sair do gol, driblou o goleiro e Castán salvou em cima da linha. Depois disto, a equipe do América tinha volume, tinha posse, mas somente veio finalizar aos 25 minutos em uma batida do Matheuzinho que Bruno Grassi fez a defesa. Até que veio o lance que decidiu o primeiro tempo. Após uma bola rifada procurando o centroavante Rodolfo, a bola estava totalmente dominada, ai Castán vai recuar, o goleiro Bruno Grassi sai, não há comunicação entre os dois, a bola encobre o goleiro azulino e entra no gol; América 1 a 0.
O Igor Fernandes sentiu e entrou o Rafinha, que entrou bem no jogo. No segundo tempo, Argel fez uma leitura interessante e trouxe Márcio Araújo, que tinha uma qualidade melhor no passe, visto que o CSA errou muitos passes na etapa inicial e trouxe o Pedro Junior que não é um meia organizador, mas é um jogador que carrega a bola e quando tinha posse, o CSA poderia fazer um 4-2-4, fazendo dois atacantes pelos lados e dois por dentro. O Rafinha aos quatro minutos, atacou o corredor pelo lado esquerdo e cruzou, no meio da defesa, Pimpão testou e colocou números iguais na partida. Com isso, o América acordou e foi para cima mas com a diferença que neste novo momento, o América-MG finalizava. O Coelho já havia forçado Bruno Grassi a fazer um defesa e alguns movimentos do América respondiam de forma positiva troca feita por Lisca, com a saída de Marcelo Toscano e a entrada de Léo Passos, um jogador de 22 anos que pertence ao Palmeiras e que um dinâmica ofensiva.
No entanto, o lance que decidiu a partida foi mais um erro do sistema ofensivo, especificamente, do goleiro azulino. João Paulo cruza para área, sem tanta força, mas Bruno Grassi rebateu para dentro da área, Messias finaliza, a bola toca no chão , engana o goleiro, pois a bola o encobriu e o América faz 2 a 1.
CSA ainda tentou com Allano, foi um time que perdeu o jogo mas competiu, natural dos times comandados pelo Argel e que trás um ânimo novo, porém cometeu os mesmos erros, como por exemplo, gestos técnicos individuais dos jogadores, o time ainda não tem um jogador possa fazer a diferença do meio para frente, que possa ditar o ritmo ofensivo
Craque do Jogo: Messias – Zagueiro
Garçom – Rafinha
Melhor treinador: Lisca Doido

CRB x Sampaio: novo castigo e um trauma de se consolidar no G4

Bill comemora o 1º gol com a camisa do CRB mas desperdiça mais dois pontos em casa – Foto: Gustavo Henrique – ASCOM CRB

Primeiro tempo, o CRB fez os dois volantes, sem a presença do Washington e com Thiaguinho e apresentando a mesma mecânica de jogo em organizar para atacar. O jogo começou muito animado, com os times abertos e procurando ações ofensivas. Com um time em crescimento e sem problemas – o Sampaio enfrenta uma Série de problemas com a perda de jogadores em função da COVID-19 – o CRB tinha mais posse de bola, chegou a ter 80% contra 20% – criava situações de jogo que levavam a um maior perigo, mas foi o Sampaio que abriu o marcador.
O gol da Bolívia Querida foi um gol atípico do que vemos o CRB tomar. Após perder o duelo pela primeira bola, o time estava todo desprotegido, a bola sobrou para Caio Dantas que preparou a jogada, ia sofrer o pênalti, mas a bola sobrou para Marcinho que somente empurrou para o fundo do gol.
O CRB veio para o segundo tempo com mudanças e a principal delas foi a troca de dois para apenas um volante e com dois meias, fazendo um corredor central com dois meias, qualificando mais a posse de bola e tendo Igor Cariús jogando muita bola, fez o gol de empate e além disto é sempre uma peça ofensiva pelo ado esquerdo.
Quando fez o segundo gol, com Bill na insistência de uma jogada de um contra um, o Alisison Safira já estava mal no jogo, Léo Condé já havia mudado peças com meias e atacantes, dando inclusive superioridade numérica no setor mais importante do campo, o técnico Marcelo Cabo recompôs o meio trazendo Washington e buscando dar o equilíbrio que o CRB precisa – e mantendo o projeto inicial com dois volantes, um meia e três atacantes – para o momento. Entendo que foi feito exatamente o que o jogo pedia.
Mais ai veio o gol de empate do Sampaio em uma bola alçada na área, Léo Gamalho quase marcou contra, Victor Souza fez a primeira defesa mas o zagueiro Joécio empurrou para o fundo do gol. Com o novo empate no marcador, Marcelo Cabo desfez a estrutura e optou por um 4-2-4, tendo dois centroavante e foi para cima novamente, foi para o abafa mas não conseguiu ser efetivo.
O CRB passa uma clara impressão que ainda não está com ‘sangue no olho’, os gols que o CRB vem tomando no final da partida fazem a equipe desperdiçar pelo menos quatro pontos que o CRB poderia ter a mais dentro da Série B.

  • Miral

    O CRB nunca teve gana, raça, nem vontade de subir pra Série A. Sempre foi assim ao longo de toda a história da Série B, e nesse ano não será diferente.
    Não adianta criar a expectativa de subir pra primeira divisão se todo ano forma elenco limitado de série B. Nesse time, não tem nenhum jogador diferenciado, ou que desequilibre uma partida. Na hora do “vamo ver “ todos se apequenam. Como sempre.

  • Glorioso

    Em Alagoas série A só o glorioso CSA.

    • Luiz R S Filho

      Que esse ano está flertando com a Série C….Não cuidem da vida não !!!!! Sou AZULINO, mas esse elenco é pífio. Jogadores não comprometidos com eles mesmos e muito menos com o Clube. Diretoria esperando um milagre.

  • Luiz Gustavo

    Parabéns Miral pela bela leitura em seu comentário. Realmente sempre acontece isso, todo ano a mesma coisa.

  • ivo

    Essa turma sofre e as previsões são muito engraçadas, meninos ou meninas fiquem tranquilos,os resultados estão aí, copa do Brasil, pra vocês é um sonho, haja vista que ultimamente a incompetência
    tem sido uma constante, se não vejamos, copa do Brasil, eliminado na primeira fase isso nos dois últimos ano e olhe que os adversário eram, podemos dizer, a nível amador, eliminado numa serie que tanto se orgulham, e agora no z4 da serie b, portanto, se gabar de que? É melhor ficar secando o representante alagoano o CRB, esse sim, é merecidamente o melhor de Alagoas, já apanharam as duas últimas partidas, vão contestar o que? Home, aceite que dói menos

    • Luiz R S Filho

      IVO….ressuscitou o repertório de piadas????? kkkk Em que o Roteirense é “mercediamente melhor”????

      Em Títulos Estaduais???? Em Títulos Nacionais???? Em Torcida presente aos jogos no Esta´dio????

      Estão a duas décadas e meia na 2a. divisão, já chegaram na 1a. ?????

      Ah sim….tem mais vitória nos confrontos com o AZULÃO CAMPEÃO BRASILEIRO
      Ah…nunca foram rebaixados à 2a divisão do Estadual !!!!!

      Nem assim conseguiram superar o AZULÃO MAIOR CAMPEÃO DE ALAGOAS!!!!!

      Mas logo logo vão ter o reconhecimento de mais um TÍTULO…. A COPA VEADO!!!!! kkkkkkkkk

      Aceite que o AZULÃO, tromba nas pernas, cai, se levanta….como diz nosso poeta Maior…..volta só pra infernizar a vida de ROTEIRO.

      Mas esse ANO VAI…..vocês chegam na ELITE… fique tranquilo!!!!!!!

  • ivo

    Luiz, respeite o papai,kkkkkkkk vocês estão vivendo em outra dimensão. Tudo passou,o momento de fama de vocês já se foi, agora a realidade é outra. Estão igual aquela música, ” lá vem o caranguejo descendo a ladeira”. O campeão tá aí, se vocês quiserem é ele e se não quiserem é ele mesmo kkkkkkk fazer o que????? Quem não gosta da fruta dá pros outros kkkkkkkkk

  • Farias

    Não adianta tá fazendo comparações entre CRB e CSA porque a diferença é grande.CRB nos últimos 10 estaduais venceu 7, CT do CRB são mais de 300 mil metros quadrados , CSA 140 e que não é todo dele porque Boa parte é da família Paiva. E digo mais; CSA subiu 3 séries consecutivas e vai desser 3 séries consecutivas

    • Luiz R S Filho

      Chegou outro piadista pra se juntar ao IVO……kkkkkkk

      O AZULÃO MAIOR DE ALAGOAS….em TÍTULOS ESTADUAIS e BRASILEIRO (que Roteiro tenta e não consegue)…..Não tem ainda CT, vive em crise, trombando pra lá e pra cá…. e pode ser que caia mesmo para Série C e para Série D.

      Futebol é assim…. Tem Clube que passa 10, 20, 30 anos e não sai do canto…nem desce nem sobe….batendo prego com martelo, e o torcedor chora, reclama, e procura defeito no rival, transferindo sua frustração…..NORMAL.

  • Azul $ branco

    FORA RAFAEL TENÓRIO e aproveite e faça a prestaçao de contas do dinheiro que o CSA ganhou em 2019 na série A

  • ivo

    Isso é apenas o começo, uma pequena amostra do que está por vir. Vamos esperar mais umas três rodadas para o circo pegar fogo. Esse ano promete, mais vergonha para os caranguejos, perdão desculpem vocês empataram em casa com um timão, o Confiança é forte o resultado foi o bastante para continuarem na rabeta da classificação, Luiz, a coisa tá feia, essa tara por lanterna precisa ser estudada kkkkkkkkkkkk