Indefinições refletem a dificuldade para o futebol neste momento – Blog do Marlon
Sinalização grave
Na pressa, FAF foi na ‘contra mão’ e Governo recolocou o futebol na ‘mão’

Passados os primeiros oito dias de paralisação do Campeonato Alagoano em função da pandemia de coronavírus o momento ainda é muito delicado.

Inicialmente a paralisação foi determinada por 15 dias para ao final deste prazo aconteça uma nova avaliação. Nestes oito primeiros dias, não existe um encaminhamento de diminuição deste prazo, pelo contrário, o encaminhamento é que este cenário tenha suas dificuldades ampliadas. Estamos vivendo a cada dia uma nova medida governamental, uma nova estratégia a ser implementada.

No futebol, todos os clubes estão parados e sem previsão de retorno. Até que as equipes haviam agendado retorno antes de 31 de março também ampliaram o prazo de paralisação.  O CSA voltaria na última quinta-feira, mas suspendeu sem previsão de retorno. Murici também já adiou o prazo inicial de retorno que era para esta segunda-feira. CRB e ASA que voltariam amanhã também não deverão retomar atividade.

É praticamente um consenso entre    todos os clubes que se não tivermos um retorno da competição no prazo máximo de 45 dias, os clubes não conseguiriam retomar atividades e como consequência, o campeonato não teria sua finalização. É aguardar a avaliação do dia 31 e ver o cenário a partir deste momento.

Atualmente não há comentários.