Com atuação ‘pobre’, CRB se aproxima de cota ‘rica’ – Blog do Marlon
Confira as novidades do CRB no mercado da bola
Duelo tático de alto nível onde só faltou o gol

Jogo pobre tecnicamente dificulta ações do CRB contra o Juazeirense – Foto: Carlos Humberto-Juazeirense

 

Não há muito o que falar ou analisar após o empate sem gols entre Juazeirense e CRB. Um campo ruim, duas equipes pobres tecnicamente e um jogo sonolento – ainda mais pelo horário – marcaram o 0 a 0 entre as duas equipes.

Apesar do jogo pobre, o CRB deu um passo importante para uma competição considerada rica. A Copa do Nordeste deverá ofertar ao time que se classificar no mínimo 700 mil para a participação na competição.

A decisão da vaga ficou para a próxima terça-feira, no Estádio Rei Pelé. Se vencer o jogo – por qualquer placar – o CRB estará na Copa do Nordeste 2020.

O futebol (?) apresentado pelo CRB contra o Juazeirense foi pobre, muito pobre. Apesar disto, o Galo teve mais possibilidades de vencer o jogo com pelo menos três boas oportunidades no jogo. Mas o CRB segue tendo muitas dificuldades no terço final, na construção da jogada ofensiva. Contra o Juazeirense, os melhores momentos do CRB agredindo o Juazeirense surgiram dos pés de Felipe Menezes e de Ferrugem.

Desconsiderando a péssima condição do campo, a linha de três do CRB não reluziu. Felipe Ferreira e Willian Barbio não foram bem e Felipe Menezes ainda apresentou lampejos de bons momentos dentro do jogo.

  • ivo

    Então, quem contratou tais jogadores deve estar feliz, foi desclassificado na copa do NE, Copa do Brasil e perdeu o titulo do alagoano e esta zerado na série B, empatar com o Juazeirense, é vitória, afinal somou 01 ponto, timizinho sem qualificação. Tem pavor em ganhar, estamos na serie C do próximo ano, esse é o tema! esperar o que? Tem que ter vergonha na cara, alguém, (presidente) tem que cobrar um bom jogo, com essa bola murcha a decadência é certa.

    • TONHÃO

      Boa noite Ivo, sou azulino mas não sou contra os clubes que representam Alagoas. O grande problema do CRB é a ultra dependência do senhor Marcos Barbosa e pior ainda a centralização de poder em suas mãos que a curto espaço de tempo levarar o clube ao desastroso patamar outrora alcançado pelo CSA quando de péssimas administrações. O futebol alagoano só cresce quando os dois gigantes estão fortes.

      • Ivo

        Tonhão, sou contra times de Alagoas, não, sou indiferente com jogador mufino, pode parar de criticar o MB,esse não faz gol.

  • José A de Oliveira

    Vocês já perceberam que o CRB é lento no toque de bola defesa, meio campo e ataque, porém, no ataque é onde existe maior número de defensores ou seja volantes e zagueiros sempre ganham o duelo, como os meias e ataque incluindo a subida dos laterais são lentos nos toques de bola, os zagueiros adversários sempre levam vantagens, não existe um drible consciente a mais não tem toques mais rápidos tudo é muito lento, para completar quando tem chance de gol chutam devagar demais como na chance que o Ferrugem teve no segundo tempo ou chute forte demais como uma tentativa voleio que o jogador do CRB fez no ´primeiro tempo, desse jeito nunca vão fazer gols, assim, fazer gol se torna uma loteria difícil de acertar, não existe o algo a mais do jogador que define.

    • José A de Oliveira

      Para completar o que escrevi acima, os jogadores do CRB absorve a energia do ambiente da torcida e campo adversrio, ou seja, quando a outra equipe faz pressão desaparece o pouco de raciocínio dos jogadores do CRB e passam errar passes, dar chutões e cometer mais erros que de costume. Absover energia, exemplo, se uma pessoa vai brigar com outra e essa absorve a energia do individuo tudo fica naquela energia inevitavelmente tem briga, mais se ignorar não tem briga, a mesma coisa é no futebol se o adversário absorve a energia da torcida, campo e cidade o adversário passa a mandar no jogo, se ele ignorar e colocar sua energia o time local fica perdido.

      • MOAB

        Se o problema é energia, chama a equatorial ( ex Eletrobras AL).

        • José A de Oliveira

          MOAB, se a Equatorial resolve-se seria necessário fazer ligação mesmo, CRB é um time sem eletricidade é tudo muito lento quase apagando ao contrário do CSA, quando o CSA é lento toma goleada mais quando os jogadores atuam todos ligados nem o campeão brasileiro consegue vence-lo. Essa é a realidade, por isso que acho que a culpa não é s´o do treinador, a diretoria é determinante para cobrar do atleta de forma individual e coletivo, chamar o cara e dizer, meu amigo o que está havendo está com algum problema pessoal? você está ganhando e não está produzindo no que podemos lhe ajudar? parece que os jogadores do CRB são atletas sem ambição de fazer melhores contrato no ano seguinte, seja continuando no CRB ou em outra equipe, ex. Didira ganhava aproximadamente 10 mil mensais no ASA, atualmente Didira ganha 80 mil se continuar nessa ambição vai ultrapassar os 100 mil reais por mês fácil, fácil, porque ele tem objetivo definido independente de quanto ganham seus colegas. Ambição e vontade é tudo no futebol, através dela você se melhora todo dia.
          Obs: Talvez CRB nem tenha um avaliador de desempenho para puder cobrar de cada atleta e do treinador.

  • Antônio R.

    O homem tenha paciência o crb não é um time ruim, os jogadores são da melhor qualidade e vocês torcedores do crb, devem ir a campo e incentivar o time, encher o trapichão e dá uma boa renda ao clube e quanto aquele time ruim, o
    ouazeirensee vai levar uma sorva tão grande que não vai achar o caminho de volta, no mínimo 5 a zero, naquele time de botão e digo mais, logo o crb tá lutando no G 4, tenho certeza o Time é bom.

  • Alencar.

    A crise do CRB passa por um conselho que não funciona, os conselheiro não participam em nada, um gerente de futebol que não tem experiência ao mesmo tempo é empresario e gerente. Um presidente que administra sozinho não compartilha com os outros. É o dono do time. Urgente precisa se modernizar trabalhar dividindo tarefas, mas tudo decide sozinho, está cansado de ao longo dos anos o mesmo discurso. Monta time meia boca, time sem jogadores em plena forma. Contrato jogadores fora de forma e outras situações. Não acreditamos mais nessa administração. Estamos cansados de discurso vazio. Cada dia pior, é tempo de mudança profunda em toda diretoria. Se tiver de ser rebaixado vamos enfrentar .

  • MARCIANO

    Esse Claudinei veio de onde só da passe errado

  • Ricardo Moura

    Caro José A. Oliveira,
    A culpa da atual situação do CRB é da torcida. Sim, a torcida ficou durante muitos anos iludida com a quase falência do CSA e a manutenção aos trancos e barrancos do Galo na Série B, permitindo que uma única pessoa mandasse e desmandasse no comando do clube. Até o nome do CT… Omissos foram os torcedores!
    Recomendo a leitura do Estatuto do CSA e verifiquem o qual democrático é em comparação ao do Regatas.
    A omissão também tem preço e a conta um dia chega!