Grande trabalho de Cabo e uma vitória ‘quente’ e com autoridade do CSA – Blog do Marlon
Mobilidade é a característica chave para o ‘novo’ camisa 9. E gol?
Agressivo e intenso, CRB foi premiado por buscar a vitória. E Série A? É jogar para torcida

O CSA foi absoluto e garantiu uma vitória com autoridade sobre o Brasil de Pelotas – Foto: Brasil de Pelotas

 

O CSA voltou a vencer na Série B. Mas não foi uma vitória qualquer. Enfrentando o frio de Pelotas e imposição física de um time desesperado, o CSA foi o ‘senhor do jogo’. Soube sofrer nos minutos iniciais, mostrou força e qualidade para virar o momento de ser pressionado para pressionar e garantiu mais três pontos fora de casa com autoridade do vice líder da Série B.
Observando o CSA em campo é claro, perceptível ver que o técnico Marcelo Cabo, apesar de não ter feito gol, é o grande responsável pelo triunfo no interior gaúcho. Digo isso como ‘modo de falar’, Cabo não puxa para si os acertos, ele divide com toda a sua comissão técnica. O mapeamento feito para o jogo, a estratégia adotada para encarar o Xavante e a execução de tudo que foi trabalhado, esteve muito próximo da perfeição.
Entendo que não foi perfeito porque o CSA segue pecando muito no último passe, já no terço final para transformar a transição, o contra ataque em gol. Se este fundamento tivesse sido melhor realizado, o CSA teria matado o jogo no começo do tempo final e deixaria em Pelotas um saco de gols para o Xavante.
Mas nada que tire o brilho da vitória ou que diminua a autoridade com que o CSA jogou contra o Brasil de Pelotas. Uma bela apresentação tática e contundente no aspecto técnico.
O Jogo
Mal começou a partida e o Brasil partiu para o abafa. A pressão inicial era esperada e o CSA soube sofrer, não levou muitos sustos e deu a demonstração de como controlaria o jogo.
Aos poucos, o time azulino iniciou o ‘seu jeito’ de jogar mas mesmo saindo, agredindo um pouco mais, o CSA pecava no passe, na última bola. Quando encaixou os primeiros momentos de precisão nas jogadas deixou claro o quanto era superior do Brasil.
Após ‘sofrer’ e baixar o ímpeto do time Xavante, o CSA mostrou a sua cara de forma objetiva e mortal. Marcou dois gols, utilizando o jogo lateralizado, posicionando de quatro a cinco jogadores na área adversária e chegando para finalizar em transições rápidas e objetivas.
Com desvantagem no marcador, o Brasil veio para o abafa, o CSA se posicionou com linhas mais baixas e sentiu o desgaste de alguns jogadores, mas o que marcou o segundo tempo foi a pouca efetividade azulina no último passe no terço final do campo. Se isto tivesse acontecido, o Azulão teria matado o jogo e poderia aplicar em pleno Bento de Freitas uma goleada humilhante ao Brasil.
O craque do jogo foi Rafinha. O garçom foi Daniel Costa. Marcelo Cabo foi o melhor treinador. O árbitro Jailson Macedo (BA) teve uma atuação segura e sem interferência na partida.

  • Azulino

    Parabéns aos jogadores e todos que fazem o CSA.
    Foi um belo jogo!

  • sebastiao bastos

    Boa noite nação azulina.Nada é por acaso,tudo foi planejado e estamos no caminho certo.Estamos com 25 pontos e esperamos,primeiro atingirmos o número de pontos suficientes para a permanência na série B, haja vista que temos vários times acima de 20 pontos.Muita humildade e determinação daqui prá frente.Simbora azulão…

  • Azulino

    Do jeito que o CSA vai uma das vagas da série “A” vai ser do CSA explico:

    1 – tem um time compacto e entrosado, dois goleadores Walter e Michel Douglas e um meio campo pegador, uma defesa segura entrosada e um técnico que tem o time na mão e sabe substituir o jogador por outro quando necessário.

    Não vejo na série “B” nenhum outro clube melhor que o CSA,por isso, acredito que uma dessas quatro vagas será do CSA.
    Felipe e Lucas dois grandes goleiros, ambos trabalharam com o cabo e foram campeões da série B pelo atlético Goiás, o Felipe era o titular e o Lucas foi contratado para o lugar do Felipe que foi jogar na Ásia, por ironia do destino ambos estão no CSA. com certeza indicação do técnico do CSA.

  • Leandro

    Bastião deixe de pensar pequeno. Como disse o azulino o CSA pode sim conseguir uma das 4 vagas porque vem jogando e ganhando fora de casa e não vejo na série B nenhum outro clube para tirar essa vaga do CSA. deixe de ser apequenado BASTIÃO.

  • José A de Oliveira

    A diferença de um grande treinador se ver nos resultados, desde quando o Brasil de Pelotas passou a fazer parte da série B, CRB nunca venceu essa equipe perdeu todas em Maceió e em Pelotas salvo o empate esse ano no Rei Pelé, CRB sempre teve treinadores fracos sem visão como único objetivo se manter na série B, vendo o resultado do treinador do CSA agora investiu em um grande treinador Doriva. Treinador não entra em campo, mais é na visão quando é correta que a equipe conquista as vitórias. Não gosto de ver o CSA na frente do CRB, mais a equipe do CSA mesmo não tendo estrutura de treinamento que o CRB tem, dar uma demonstração de qualidade da sua diretoria, treinador e equipe que jogam com raça e tranquilidade, outra coisa, eles tem ambição e sabedoria que o CRB em mais de vinte anos nunca teve, traçar um caminho para fazer parte da série A e estão no caminho certo. Mais o CRB sairá da situação difícil, logo, logo estaremos na cola do CSA.

    • José A de Oliveira

      Mesmo assistindo jogos nos estadios ou pela TV eu gosto de acompanhar a partida através das narrações de rádio para saber os detalhes que só a narração do radio divulga, ouvindo o jogo do CSA por uma rádio de Pelotas, narrador chegou a dizer que os zagueiros do CSA iriam ficar com dor de cabeça porque não perdiam uma bola nos cruzamentos, outra pérola “esse Daniel Costa não errou um passe no jogo”. Daniel Costa na minha opinião é o jogador mais inteligente atuando em Alagoas, técnico outro inteligente que soube saca-lo do time em momento que ele bem marcado tinha caído de rendimento, ele ficou de fora recuperou energias, assimilou novas técnicas voltou a fazer diferença, único que aprendeu jogadas da copa do mundo, exemplo o pênalti que ele bateu contra o Coritiba e o gol feito no Brasil de Pelotas é de quem assimilou o que tem feito os maiores jogadores da copa do mundo, joga leve e bate na bola com qualidade e colocando onde quer, só os grandes jogadores presta atenção nos detalhes é nos detalhes que está a diferença. Minha torcida é que Cleiton Xavier tenha assimilado alguma tecnica nova durante esse tempo que está parado e ajude o CRB numa nova fase.

  • sebastiao bastos

    Leandro especialista,sou Sebastião Bastos,não me chamo Bastião.Sou realista e acredito muito no glorioso azulão.Pequeno é que não tem humildade e não aceita comentários e opiniões divergentes.O CSA está acima,muito acima de tudo isso,ok…

    • AGNALDO RODRIGUES

      Concordo plenamente Sebastião Bastos, o que falta em vc Leandro é humildade, pra mim a maior virtude do ser humano; O nosso objetivo principal é se manter na Série B, como toda diretoria, comissão técnica e jogadores falam com frequência”!!! Após isso é que devemos pensar em acesso…..

  • Maior Campeão de Alagoas

    Vale ressaltar 3 fatos:
    1) a volta por cima do Rafinha, que não vinha bem, falhou e foi vaiado no último jogo, fez uma assistência e um gol contra o Xavante.
    2) a boa estreia do goleiro Frigeri.
    3) fim da má fase do CSA que não vencia a 5 jogos, sendo 2 desses disputados em menos de 68h, um clássico com a reestreia do Mota e muitas contusões nesse período, mesmo assim continuamos vice-líder, contra o Sampaio vamos com o time completo em busca de mais uma vitoria. Muita felicidade em ser azulino e ver o time no caminho certo dentro e fora de campo !

  • Azulão “Campeão brasileiro e alagoano”

    Está no caminho certo, mas tem que voltar a ganhar em casa para continuar entre os quatros melhores da série B. Tenho dito!

  • BELGÍCA

    tem que jogar assim em casa também .

  • Emerson

    Lucas Frigeri tem tudo pra voltar a dar confiança à torcida. Estreou bem, apesar de algumas pequenas falhas.

    • Luiz R S Filho

      Essa profissão de goleiro é difícil…..o Cara defende umas 10 ou mais bolas evitando gols…1 ou 2 que passa crucifica o sujeito… Ontem o goleiro da Bélgica falhou em uma bola (que era defensável) que resultou no gol do Brasil..tirou umas 4 ou 5 que tinham endereço certo e teve sorte também com a nossa má pontaria em outros lances.

      Mas voltando ao AZULÃO…Estamos indo muitíssimo bem o que não significa dizer que já estamos garantidos…. De jeito nenhum. Mas Série B é isso…ponto à ponto…aproveitando as oportunidades…as falhas dos adversários….porque os adversários não perdoam quando falhamos. VAMOS QUE VAMOS….PÉS NO CHÃO

      • Emerson

        Goleiro é igaul a médico. Pode fazer 200 cirurgias perfeitas. No dia que errar e alguem morrer, ninguem vai querer saber quantas vezes ele acertou.

  • Azulino

    QUE FALHA DOIDO O LUCAS FRIGELI FOI UM HERÓI. SEGURO . LUCAS FRIGELI E FELIPE FORAM GOLEIROS CAMPEÃO DA SÉRIE B COM O MARCELO CABO NO ATLÉTICO DE GOIÁS. O WALTER PRECISA JOGAR É UM DOS MELHORES ATACANTES DO BRASIL MESMO ACIMA DO PESO. IMCLUSE,O MILTON NEVES FALOU EM SEU BLOG ONTEM QUE O WALTER ACIMA DO PESOQUE JOGA DO CSA É MUITO MAIS JOGADOR QUE O GABRIEL JESUS.

    • Emerson

      Como eu disse: algumas pequenas falhas. Saiu errado em algumas bolas. Fez uma ótima partida e fiquei muito mais tranquilo com ele no gol, em relação ao Mota. Cajuru também dava alguns sustos. Tomara que o Frigeri continue evoluindo.

  • AZULINO DO NORDESTE

    O Walter jogou e foi artilheiro no Goiás com 108 kikos.
    O Walter foi artilheiro no fluminense e pesava 106 kikos.
    No CSA com menos kilos e não bota o cara pra jogar.

    Entenda essa.

    O Walter pra sair do paisandu e vir para o CSA teve que pagar uma multa contratual.sabe quem pagou??? Quem pagou não foi O CSA, quem pagou a multa tirou no seu próprio bolso foi o Walter, o CSA não ajudou em nada o próprio Walter pagou a multa e ainda deixa o cara no banco.

  • carlos ferro

    Boa leitura do jogo,parabéns!

  • Thiago Gama Lins

    Perfeito! Análise acurada e técnica da partida. O Marlon voltou!