Nova derrota, mas com evolução, dá esperança do CRB acertar – Blog do Marlon
Após 3 derrotas, CRB precisa ‘estrear’ na Série B
CSA não foi mal, mas foi apresentado a Série B

Elias comemora um golaço no Rei Pelé: vitória do Vila Nova, mas com CRB mostrando evolução – Foto: PEi Fon – TNH1

 

A quarta derrota seguida do CRB foi a menos sentida. Isto porque o time evoluiu, mostrou uma postura diferente, tendo a bola nos pés, aumentando a posse e propondo o jogo na grande maioria do jogo. O desempenho da equipe oferta uma esperança que com mais tempo, mesmo que os resultados continuem sem acontecer – o CRB poderá transformar sua situação na Série B.

O time fez um primeiro tempo com um ‘modo segurança’ – com o claro objetivo de não perder, tomou um gol já nos acréscimos em um jogada de muita categoria e felicidade do meia Elias. No segundo tempo, o time mais leve, propôs o jogo, criou chances e parou na grande atuação do goleiro Mateus Pasinato.

Com dois jogos e duas derrotas – e, podendo sofrer uma terceira derrota seguida na Série B contra o Fortaleza, o CRB precisará essencialmente de tempo para desenvolver esta evolução que está desenhada.

Não estou afirmando que o Galo brigará por algo alto na Série B, ele precisa de peças, um camisa 10 é imprescindível, mas o time pode salvar a temporada com uma sequência de trabalho.

O Jogo tático

O CRB entrou em campo para enfrentar o Vila Nova com o ‘modo segurança’ ativado. O time veio modelado para não perder no tempo inicial. Tinha três volantes , como Willians sendo o primeiro, com Lucas Siqueira por um lado e Tinga no outro. Jr Rocha promoveu as mudanças que previ no post pós jogo contra o Campinense, tornou o time mais ativo.

Claramente o CRB mudou os chutões, as ligações diretas. A equipe passou a valorizar mais a posse de bola, ter mais a bola nos pés, mas enfrentou um time muito bem treinado, compacto, agressivo no sistema de marcação e com uma transição muito forte.

Já nos acréscimos, o CRB tomou um gol. Jogada individual de Elias e um golaço que colocou o Vila na frente.

Na volta para o segundo tempo, o CRB veio mais leve. Jr Rocha criou um posicionamento em busca de tornar a equipe mais ofensiva. Criou triangulações pelos dois lados do campo. Lucas Siqueira foi recuado para ser o primeiro volante, com um triangulo do meio, tendo Tinga de um lado e Diego Rosa pelo outro. Além disto, Willians Santana e Ratinho foram deslocados pelos lados, como extremos e tinha o apoio de Diego e Diogo Mateus. O time ficou mais leve, buscou o jogo, propôs as ações e conseguiu incomodar o Vila Nova. Mateus Pasinato fez a diferença e evitou o empate do CRB. Obvio que correu riscos de tomar o segundo pois o time mais leve ficou mais exposto. Como no futebol não há justiça, o CRB perdeu o jogo, mas merecia um empate.

Edson Ratinho é o jogador mais lúcido do CRB mas ainda falha muito no cruzamento. Gostei muito do Everton Sena, jogo perfeito, com recuperação muito forte, ganhou nos duelos de um para um. Tinga mostrou que consegue quebrar linhas pelo arrasto do marcador, na força utilizada. Mas Mateus Pasinato foi o destaque da partida.

Com uma arbitragem muito boa, o potiguar Pablo Ramon Goncalves Pinheiro deu dinâmica ao jogo e aplicou de maneira correta os cartões.

  • Regatiano

    Sei que é cedo, mas dá pra cravar o rebaixamento do CRB. Esse elenco não tem justificativa alguma para mostrar o que vem mostrando. Eles vão rebaixar o CRB. Quanto ao CSA, creio que escapa. Vai sofrer ali na luta contra o rebaixamento, mas este ano escapa.

    • makys silva

      parabéns pelo tetra…time de vazia.kkkk

      • Felipe Rodrigues

        Vá estudar fera, pra depois comentar !!!

      • Professor Pasquale

        O certo é várzea e não vazia!

        • makys silva

          time de pelada ficou melhor? intelectuais kkkkkkk
          toma o penta ai…torcedor modinha.

          • Professor Pasquale

            Pelada combina mais com o mangue. E podem comemorar, estavam levando lapada por 10 anos. Tem mais que se alegrar com as derrotas do CRB. Eu no seu lugar faria o mesmo. Curta seus poucos momentos de glória, porque o seu time tem história sim, mas duvido que você tenha visto mais de 2 títulos em vida.

        • makys silva

          kkkk…vocês foram campeões em que mesmo??? fala com tanta propriedade que parece até que teu time nunca ficou na espera dos 10 anos.Esse ano não tem zoeira do alagoano né? o consolo de todos os anos kkkk. Nossa grande diferença:lutamos por coisas maiores e vocês usam o alagoano como referência nacional. já o CSA mostrou quem manda aqui. Somos maiores respeita! ah, antes que eu esqueça, está tudo normal em alagoas…se ficar puto é pior!

  • um ALAGOANO

    vamos dar um tempo pro Juniof Rocha treinar.

    • Almeida

      Realmente o Galo jogou muito bem. Fazia tempo que não via um CRB com vontade de vencer, jogando com garra, determinado. Claro que houve uma grande evolução, e para coroar essa evolução e firmar a equipe, devemos acreditar sim numa vitória contra o Fortaleza. Vamos juntos dar força ao treinador e a equipe. Tenho certeza que agora é só crescimento. Avante Galooooooo!

      • Arilsona

        Concordo com o amigo .Foi um time bem determinado em buscar da vitoria.As mudanças deram resultados pelo menos nesse jogo .Gostei da postura do time.

  • José A de Oliveira

    Realmente o CRB jogou um pouco melhor e acende um fio de esperança contra o Fortaleza o time consiga pelo menos o primeiro ponto, é preciso reagir logo, está no início mais foi as derrotas do início que rebaixou o Náutico ano passado, quando tentou reagir foi tarde. CRB todos sabem menos a diretoria que precisa de um camisa 10, se o ajudante do presidente não consegue encontrar então substitui esse sujeito, coloca outra pessoa. Desde o começo dessa temporada foi diagnosticado que o CRB não tinha criação pelo meio só jogava pelos lado do campo, a bola para chegar nos jogadores de “beirada” é através de chutões dos homens de trás, esses fazem o cruzamento para o centroavante que sempre está bem marcado, porque é a única jogada, não há infiltrações pelo meio porque não tem ninguém que cria, ano passado passamos por dificuldades mais ainda tinha o Chico que fazia umas criaçõesinha e fez alguns gols que ajudou, esse ano não tem ninguém, mesmo assim nada foi feito o problema continua e nada é feito ainda.

  • Gustavo

    Problema do CRB é tempo, precisa deletar dos jogadores os esquemas táticos errado que mazola júnior criou com os jogadores, os jogadores ainda estão com aqueles esquema de jogo covarde e errado do ex treinador mazola júnior, ninguém da imprensa teve a coragem de falar isso pro mazola júnior, faziam críticas leves , comentaristas que tinha medo de falar a verdade para não criticar o CRB, isso era notório, Não sei porque os comentaristas de rádio e TV tem tanto medo de criticar o CRB, ou é rabo preso com alguém da diretoria ou é falta de competência mesmo para comentar e apontar erros do treinador e de contratações errada por essa diretoria que erra mais que acerta trazendo um monte de jogador já saturado e cansado do futebol. Tem que fazer como o Santos, Bahia e outros clubes que contratam jovem valores desconhecidos e dão certos. Infelizmente, a imprensa Alagoas morre de medo do Marcos Barbosa por isso não aponta os erros do clube. Essa é a minha opinião doa a quem doer, mais é a verdade cristalina.

  • Joreane Santos

    Pois é ainda esta muito cedo para se decidir, vamos da tempo ao tempo pq todos os anos é assim o CRB começa mal mais depois se restabelece, vamos da mais credibilidade ao treinador e pedir a Diretoria que veja rápido o camisa 10, para fortalecer esse meio de campo. tenho FÉ que tudo vai muda.

  • ivo

    Acredito que a diretoria do CRB, tem a leitura do jogo. Tá bom, estão demorando para contratar um meia de qualidade, mais creio que logo chegará. Mais uma vez repito. são 38 rodadas, não dá pra ficar opinando na segunda rodada que o time vai cair, isso parece mais a previsão da mãe Diná, do futebol. Calma regatiano, o futebol vira, com um pouco mais de tempo o Junior Rocha, irá organizar o galo, a evolução foi evidente no jogo com o Vila, contra o Fortaleza, acredito que a confiança do time esteja maior e logo, logo as vitória chegarão.

  • Abrahão

    VAMOS DAR UM VOTO DE CONFIANÇA AO JÚNIOR ROCHA E SEUS COMANDADOS, O TIME EVOLUIU SIM E PRECISA DE TEMPO PARA SE ADAPTAR A FILOSOFIA DO NOVO TREINADOR. O MAIOR DE ALAGOAS VAI DAR A VOLTA POR CIMA.

  • CARLOS FRANCISCO DE FARIAS

    Vi o CRB jogando um primeiro tempo de um futebol burocrático,sem evolução,com muito toque de bola defensivo,até sofrer o gol pelo lado esquerdo da zaga numa falha de marcação.No segundo tempo,com as mudanças promovidas pelo treinador,o time teve uma crescente,não um domínio do jogo,pelo fato do Vila Nova ter recuado para jogar no conta-ataque.Mesmo assim,o time mostrou um pouco de confiança no toque de bola,não rifando.mais a afobação para conseguir o empate prejudicou o time.

  • ADEILDO SANTOS

    a verdade é que os dois precisam melhorar ,jogar pra se manter .

  • Sérgio Braga

    Marlon,

    Por favor, vc sabe por onde anda um jogador pretendido pelo CRB, e contratado em março, do nome Mazola, atacante, que consta do elenco, mas jamais foi relacionado para qualquer jogo?

  • makys silva

    O TIME EVOLUIU E NÃO CONSEGUIU SAIR COM O EMPATE??? QUE EVOLUÇÃO…
    AVANTE AVANTE CSA. MAIOR DE ALAGOAS.

  • Alagoano

    Evoluiu 4 derrotas ?????

    Ê cada comentarista que tem aqui.

    Parabéns pela sua visão de jogo pra não dizer o contrário.

  • José A de Oliveira

    E aí mais uma derrota do CRB, agora para o Fortaleza, os jogadores em sua maioria até se esforçaram mais o sistema defensivo falhou demais, enquanto o treinador mantiver esse Anderson Conceição jogando todo esforços serão em vão, ele simplesmente anda em campo enquanto os demais estão correndo, no primeiro gol do Fortaleza ele ficou atrás da linha da bola enquanto o lance de desenrolava ficou com e cara pra cima sem correr para recompor e fechar o único espaço que a bola poderia ser cruzada e foi, os demais gols todos falhas absurdas de marcação inclusive dele, esse indivíduo prejudica os demais jogadores que estão dando suor. Goleiro está na hora de ir para o banco para puder descansar, Edson Madden tem qualidades para assumir a titularidade. Juiz a diretoria precisa fazer uma representação para afastar esse árbitro dos jogos do CRB, além das partidas ruins o time tem sido prejudicado nos jogos por árbitros ruins e sem qualidades, contra o Oeste invalidaram um gol legítimo. Sem meio de campo, sistema defensivo falhando e juiz prejudicando, onde o CRB vai parar? Nem precisa responder.

  • Rogerio Barboza da Silva

    É necessário se fazer uma análise serena da atual situação do CRB, levando-se em consideração os fatos recentes, no que concerne as contratações efetuadas. O CRB caiu no canto da sereia de um orçamento mais generoso para 2018. Se na temporada passada se cometeu equívocos no atacado, nesta, o Galo abusou de fazer bobagens. São jogadores tecnicamente fracos com contratos extensos, muitos outros com uma deficiência física crônica e também com contratos generosos, além de outros que se enquadram nas duas situações. Hoje o diagnóstico é o seguinte: NÃO SE PODE DISPENSAR OS “COME E DORME” PORQUE É CARO HAJA VISTA QUE OS VÍNCULOS VÃO ATÉ O FIM DO ANO, E, NÃO SE PODE CONTRATAR PORQUE A FOLHA TÁ NO LIMITE. VEJAM A SINUCA DE BICO. Lembro o exemplo do Santa Cruz que cometeu esses mesmo erros e hoje amarga uma situação digna de pena, sob o aspecto gerencial, financeiro e econômico. REPUTO A CULPA AO SR. ALARCON PACHECO, ESSE SUJEITO É O CÂNCER QUE ESTÁ CORRENDO O CRB. TEM MUITA COISA QUE PRECISA SER ESCLARECIDA POR ESSE CIDADÃO, INCLUSIVE E PRINCIPALMENTE, SUAS RELAÇÕES PERIGOSAS COM DETERMINADO EMPRESÁRIO, QUE DESOVOU SUA “XEPA” NA BARRA DE SÃO MIGUEL. É muita tranqueira para ser mera coincidência. O Sr. Marcos Barboza também é responsável pela derrocada do clube. Ano que vem vai embora, deixando a terra arrasada e a série C de braços abertos .