Deficiências físicas tiram rendimento uniforme do CSA – Blog do Marlon
CRB lento e previsível, testa três volantes para encarar o São Paulo e vence CSE apertado
Derrota importante para baixar o salto

CSA empata com Salgueiro: difícil situação na Copa do Nordeste – Foto: Pei Fon – TNH1

Visivelmente o CSA apresenta uma enorme deficiência no aspecto físico. Com o maior período de preparação entre os grandes de Alagoas, o CSA apresenta um rendimento muito abaixo do esperado.
No atual momento do futebol, onde a parte física é determinante para um time realizar partidas constantes e organizadas, o time azulino consegue ser competitivo apenas em parte do jogo. Foi assim contra São Paulo e Salgueiro, onde o nível de competitividade acaba exigindo um pouco mais do time.
A equipe não responde as valências físicas do futebol: força, velocidade e intensidade. Até acho que tecnicamente, o time do CSA pode apresentar, no momento, limitações, mas um time com excelência física, consegue ser organizado e, portanto, tornando-se mais competitivo.
Marcelo Cabo e sua comissão técnica terão como desafio corrigir esta deficiência em meio as competições pois desperdicar a chance de vitória, como foi neste empate com o Salgueiro em 1 a 1, por uma ‘falta de perna’, beira o absurdo para o patamar atingido pelo CSA. É sempre bom lembrar que diferente do ano passado quando o time azulino tinha uma semana para recuperar entre um jogo e outro da Série C, para o novo patamar desta temporada, a parte física será vital para a disputa de uma Série B sem riscos.
O Jogo
Dois tempos distintos em um jogo de baixo nível técnico. CSA e Salgueiro fizeram um jogo morno. Conhecedor do momento vivido pelo time pernambucano, o técnico do time Sub20 do Carcará optou por um time mais jovem, com alguns jogadores – titulares ou opcionais – vindos do time Sub20.
O CSA conseguiu realizar no primeiro tempo algumas boas jogadas. O lateral Jonh Lennon deu amplitude, trocou de posicionamento com Didira e o CSA fluiu. Poderia até ter feito mais de um gol, mas o gol marcado acabou dando uma vantagem merecida.
No segundo tempo, o Salgueiro travou o CSA. Sem força física, sem intensidade, o time azulino foi um alvo fácil. O CSA ainda cometeu um erro na troca de Kível por Josimar. Leandro Kível saiu chateado, deixou o campo pela linha de fundo e desgarneceu o posicionamento defensivo do CSA. Justamente ali, no primeiro pau, André Victor surgiu sem marcação e empatou o jogo.
Quando o CSA precisou de intensidade não conseguiu. O time perde a força e as trocas feitas por Cabo não surtiram efeito. O time chegava mas não era efetivo na criação e na finalização das jogadas. O resultado foi ver o Salgueiro catimbar, retardar e cozinhar o jogo, gaantindo o empate em 1 a 1.
O resultado deixa o CSA em situação extremamente delicada na competição. Mesmo ainda tendo chances matématicas, as possibilidades de classificação são minimas. André Victor, originalmente meia do time Sub20 do Salgueiro, foi o craque do jogo. O árbitro sergipano Michel Vinicius Santos Freitas não fez um bom jogo. Ele permitiu que o Salgueiro comandasse o jogo e praticasse o anti-jogo. Na hora de punir, puniu apenas o goleiro Mondragon.

  • azulino sim senhor

    Time sem futuro vergonha total

  • Hugo

    kkkkkkkkkkkkkk, vai ser a vergonha do nordeste na serie B! vão voltar a ser motivo de piada! estrelinha sem brilho!

  • fernando Leão

    vi a entrevista do Marcelo Cabo falando que teve saida com os zagueiros.onde ele viu isso?Eu vi um Roger limitadissimo que sai dando chutão pra frente ou se livrando da bola se conduzir ao menos ate a linha que divide o meio campo.Precisamos URGENTE de um zagueiro estilo Xerife e um meia esquerda pra revesar com o Daniel que anda no segundo tempo.

  • Sampaio

    Não entendo essa situação,o time começou bem antes de todos, renovou com a maioria do elenco que ganhou a série c e tá jogando feito time sem série, time sem alma, sem coração sem comando.

    • Indignado

      Boa tarde, concordo em gênero, numero e grau com o SAMPAIO, a gente não ver raça, amor pela camisa. Os jogadores estão como se fossem uma parada rápida, sem compromisso com o time e os torcedores. AMO meu CSA, mas está jogando como um time sem série. Lamentável….

    • Hugo

      está jogando feito csa, simples assim! não sei por que essa frustração, os estrelinhas sem brilho, já deveriam está acostumado com isso!

      • Sampaio

        Vcs são tão competentes que ainda não superaram o glorioso campeão brasileiro em numero de titulos estaduais, se preocupa com teu time.