Qual a diferença entre Guerrero e Olívio? – Blog do Marlon
2018 já chegou e acho que poderá ser tão bom, como foi 2017
Sem apostas

A semana trouxe uma informação que caiu como uma bomba em meio a alguns torcedores do CRB. Paolo Guerrero, atacante do Flamengo e da Seleção do Peru, teve sua pena reduzida de um ano para seis meses. Isto lhe possibilitará jogar a Copa do Mundo – Russia 2018. Mas a defesa do jogador ainda quer mais. Eles vão ao CAS (Court Arbitral du Sport) em busca de absolvição, ou seja, liberação imediata a partir do julgamento na última instância de julgamento possível.
Muitos torcedores do CRB falaram comigo diretamente ou nas redes sociais indicando uma ‘injustiça’ ou ainda ‘ força do dinheiro’ comparando que Guerrero teve a pena reduzida e Olívio teve sua pena aumentada. Não entendo a análise pura e simples vendo deste ponto de vista.
Olívio e Guerrero tem casos completamente distintos, a partir da substância detectada. Para efeitos de simples entendimento, Olívio testou positivo para testosterona, hormônio da força, da alteração de rendimento. Este é o hormônio mais defenestrado por todas as agências que trabalham com dopping, porque muda o rendimento do atleta. Guerrero testou positivo para cocaína, droga considerada até como ‘social’ e que não tem o poder de mudar o rendimento do atleta.
Além disto a qualidade e a estrutura ofertada pela defesa de Guerrero junta os melhores advogados do mundo esportivo, além de uma equipe de bioquimicos que teriam comprovado uma dosagem minima e por contaminação atráves de um chá.
O CAS/TAS já puniu outros atletas de peso no mundo, como a tenista Maria Sarapova ou o velocista Justin Gatellin, americano e um dos grande rivais de Usain Bolt. Para não dizer que a delegação russa foi simplesmente retirada da Olímpiada de Inverno por conta de dopping. Falar, comentar, escrever sobre dopping é muito mais complicado do que parece.
Existe uma contra-industria que trabalha em mecanismos para burlar os controles de dopping. São médicos, bioquimicos, treinador que buscam tecnicas e tecnologia para ‘driblar’ os exames. É duro mais levar o assunto apenas pelo aspecto humano ou como ‘pai de família’ também é complicado. Analisando este aspecto ninguém, absolutamente, atleta nenhum seria punido por dopping. Além disto houve um erro no processo, que ao que tudo indica, foi do jogador em ter se medicado sem a devida informação ou avaliação do risco que corria, pois nem todo médico tem a relação das substâncias que são consideradas dopantes.
Acho que a pena é severa, dura, que põe uma dúvida se o jogador voltaria a atuar profissionalmente, mas não avalio como injustiça ou ainda como ‘força do dinheiro’ para Olívio tenha recebido esta dura pancada em um jogador que já deveria estar na Série A, se não fosse o ano que passou parado pelo dopping.

  • Luciano

    Pena foi justa para Olívio, agora entendemos como o cara tava em todas as jogadas.

    • Jr

      Falou o azulino, invejoso como ele só…

  • um ALAGOANO

    Achei exagerada a ampliação da pena, um ano já foi um castigo pra um erro infantil pois se trata de um atleta profissional e como tal deveria saber que qualquer medicamento terá de passar pelo crivo do médico do clube, pagou muito caro por essa falha grotesca, uma pena pois era um excelente profissional.

  • Alagoano

    Mais claro que esse texto impossível, todos viram o ganho de rendimento que o mesmo teve e mesmo com todas as técnicas de burlar o dopping o mesmo foi pego. Nenhum atleta admite o dopping, sempre joga uma desculpa pra ver se cola, essa não colou. Lutamos pelo fim da desonestidade na política, temos que lutar pela honestidade, integridade e lealdade no esporte acima de tudo também, independente de ser no meu time ou no adversário.

  • Abrahão

    Caro Marlon, concordo com você, admiro o futebol do Olívio, profissional que joga com amor a camisa, mas, por um erro infantil e despretensioso, estar pagando um alto preço. Desejo que ele ainda retorne ao futebol, pois, o futebol é carente de profissionais como ele.

    Um forte abraço.

  • Francisco Roberto

    Pessoal,

    Sou CRB.

    Mas está na cara que o Clube está envolvido no caso. Acredito também pelas circunstâncias de um jogo importante, contra o Vasco.

    tanto que o próprio CRB está dando total apoio (mais que justo) ao Olívio. Caso contrário, não teria mais vínculo.

    Entendo que o fato é que o CRB correu o risco de, junto com o jogador, se submeter a essa situação.

    Situação muito triste para um grande jogador.

  • Esclarecimento

    Na verdade o Guerreiro foi flagrado com a substância benzoilecgonina, um metabólito da cocaína, e cocaína.

  • Jr

    Marlon, parabéns pelo post! Mostra que, mesmo sem a bola estar rolando para nossos clubes, você está antenado com o que torcedor alagoano anda comentando.
    E, posto isto, já te faço uma pergunta é um pedido…
    Pergunta: você acompanha futebol europeu? Não só a UCL como ligas nacionais. Se sim, aqui vai meu pedido: escreve sobre as equipes que estão jogando o fino da bola no velho continente. Aquelas análises táticas que só você sabe fazer. Gostaria que você destrinchasse pra gente esse surpreendente Manchester City do Guardiola. A equipe está voando!
    Que tal?
    Um forte abraço e um feliz 2018!!!

  • santos

    A diferença é que um joga no flamengo e o outro no CRB, simples assim.

  • Mota

    Saindo do assunto “doping”, gostaria da opinião do nobre blogueiro sobre os elencos anunciados por CSA e CRB para a temporada 2018.

    QUEM TEM MELHOR ELENCO, CSA OU CRB?

    Abraços e Feliz 2018!

  • Eduardo Sarmento

    Quando são pegos no antidoping todos são “mocinhos”… Tão inocente o bichinho, utilizando testosterona “despretensiosamente”. Assim até eu estaria jogando na Série A.

  • Carlos Alberto Figueiredo

    Existem vários mistérios nesse caso do Olivio.
    Existem outras coisas mais graves por traz de tudo isso.
    É um silêncio por parte da diretoria e principalmente do atleta.
    Sinceramente não acredito que a urina seja dela… o problema é outro e tem peixes grandes envolvidos.
    O que acontece é que tem muito gente querendo abafar o caso… por isso esse silêncio profundo.
    Será que alguma formalizou uma demunica para FIFA ou órgãos que regulamentam o esporte e os exames antidoping?
    Se fosse para penalizar alguém… não poderia ser apenas o jogador… tem mais gente envolvida.