CSA tropeça novamente e expõe necessidade de encontrar um caminho – Blog do Marlon
O desempenho infeliz não destrói o trabalho feliz
Resultado justo em 1ª noite infeliz de Dado Cavalcanti

CSA e Sampaio empataram no Rei Pelé: Azulão engata terceiro empate seguido – Foto: Pein Fon – TNH1

O empate em 1 a 1 na partida entre CSA e Sampaio Correa foi o terceiro consecutivo do time azulino, sendo o segundo em casa. Claro que empatar em casa não e bom, nas circunstâncias do jogo e por aquilo que o CSA deixou de fazer, pode se considerar que o time azulino até ficou no lucro.

Mas o que ficou claro foi que o CSA precisa reencontrar o caminho. O técnico Ney da Mata fez novas observações no time trazendo mudanças na característica do time jogar. A opção para o jogo tomada pelo treinador azulino foi deixar o CSA mais leve, mais solto , partindo para um começo com Michel Schmöller e Didira em detrimento de Marcos Antonio e Daniel Costa.

O objetivo não foi alcançado. Schmöller não conseguiu jogar, mostrou-se um jogador lento e o CSA perdeu a consistência defensiva, não conseguiu agredir o adversário, pois também não apresentou compactação ofensiva e viu Angulo sair da área, barra tentar dar a casquinha em chutões para a velocidade de Edinho. No primeiro tempo, os melhores momentos foram do Sampaio.

Da Mata voltou ao modelo original no segundo tempo. Ele trouxe Daniel Costa para ocupar o corredor central e criar, distribuir jogadas, optou por Gustavinho pelo lado direito, centralizou Michel Douglas e fez Didira jogar mais atrás como segundo volante. O time só conseguiu eficiência em uma cobrança de falta de Daniel Costa, abrindo o marcador para o CSA.

Depois disto, o Sampaio tomou conta do jogo. A mudança feita pelo técnico Francisco Dia fez o time maranhense ficar com três atacantes e dois meias, conseguindo desencaixar a marcação do CSA. O time sofreu o empate e poderia ter até mesmo amargado uma virada e uma derrota em pleno Rei Pelé.

É preciso  fazer com que, o volante Boquita retorne ou o CSA encontre o seu substituto. O time perdeu a consistência em campo e começou a dissolver a gordura que criou. Nos últimos nove pontos, o CSA somou três. Neste mesmo prazo, por exemplo, o Salgueiro disputou nove e ganhou todos. O alerta foi ligado. Ainda restam sete jogos e a classificação precisará ser garantida o mais breve possível para evitar uma gigantesca decepção.

O craque da partida foi Felipe Marques(11-Sampaio). Foi insinuante, enlouqueceu a defesa do CSA. Ressalto o bom jogo feito por Hiltinho (10-Sampaio).  A arbitragem de Daniel Nobre Bins (RS) considerei como boa.

  • Rei

    O CSA está um time desequilibrado sem conjunto sem harmonia em campo sem jogadas ensaiadas um time sem empolgação.

  • Alexandre

    marlon não consigo entender o csa contrata um jogador como o rosinei e não coloca pra jogar.

  • Luiz

    Eu não entendo é um treinador fazer experiência. Faça o feijão com arroz, não invente.

  • Henrique Moura

    Colocar o CSA pra jogar no contra-ataque dentro de casa contra o Sampaio Correia, é brincadeira de mau gosto. O técnico Ney da Matta escalou errado. Quantos times do Brasil padecem por não ter 01 meia armador de qualidade? Nós temos 3: Daniel Costa, Francisco Alex e Kaique. Ele coloca Marco Antonio, coloca Didira……só não coloca os caras pra jogar. Daniel ontem deu outra qualidade na saída de bola do time.
    Pior, pra não assumir o erro, queimou o Angulo. O cara passou todo primeiro tempo correndo atrás dos zagueiros, a bola não chegou uma vez em condição de finalizar, era só ligação direta, a bola não passava pelo meio, quando chegou ele conseguiu fazer o pivô.
    Pra mim a responsabilidade sobre o resultado foi do treinador.
    A campanha é boa, o time é bom, mas, essas invenções vem prejudicando o time que poderia está em situação muito mais confortável, a parte boa é que é um time seguro e com defesa muito firme, ruim de ser batido.
    Segue o líder, que venha o Botafogo-PB.
    Minha opinião!

  • Jorge Fernando

    Esse treinador tem uma filosofia de trabalho que não agrada a maioria porém da resultado. Ele tem algo interessante que jogador no time dele não joga com o nome e eu concordo, não adianta botar o Neymar pra jogar fora de forma, de ritimo, vivendo uma má fase. Poucos tem a atitude de deixar o cara de nome no banco e ele deixa. O CSA está bem é o líder é só não cair de produção já que os times daqui tem isso quando começa a primeira fase bem na segunda cai de produção e os concorrentes ultrapassam e quando começam na primeira fase mal que na segunda melhora não alcançam mais os concorrentes. Mais é necessário um time da grandeza do CSA está no mínimo na série B a gente ver time de série A que não tem esse patrimônio que o CSA têm, uma torcida fiel e apaixonada.

    • Eraldo

      O treinador não sabe escalar o time. cadê o vanger e o Caique os dois tem vaga nesse time

  • Pedro filho

    O cêssiá está bem onde está. Com sua estrutura, se estivesse disputando a série B, estaria ali, junto com o Náutico.