A vitória do CRB veio na mudança feita por Condé – Blog do Marlon
Ponto na curva, ponto fora da curva
Foi bom mas teve coisa ruim

Neto Baiano comemora: vitória importante do CRB – Foto: Pei Fon – TNH1

 

Ter um treinador com qualidade e com a perfeita leitura tática faz a diferença em uma competição tão equilibrada.  Após um primeiro tempo onde Vinicius Eutrópio, técnico do Santa Cruz, travou o CRB, espelhando o jeito de jogar do Galo, Léo Condé trouxe Elvis para ser o meia de articulação da partida, além de inverter os corredores, trocando o posicionamento de Chico e Maílson.

O CRB passou a jogar, teve a participação direta de Diego, no lado esquerdo e de Marcos Martins, no lado direito. Também subiu a marcação e dificultou a saída de jogo do volante David, que criava as jogadas do Santa Cruz.

Longe do CRB ser um time que encanta, que joga fácil, joga bonito. O time alvirrubro é uma equipe equilibrada, que mostra momentos de muita eficiência e com jogadores que desequilibram em instantes da partida.

O Jogo

Como um jogo pode ser uma boa partida , quando a primeira finalização vem apenas aos 30 minutos de jogo? A beleza deste tipo de jogo esta na disputa tática, na paciência e na inteligência dos dois treinadores. Eutrópio estudou o CRB, espelhou o posicionamento e com um forte bloqueio defensivo e com coberturas eficientes, não permitiu que o CRB fizesse nada no jogo.

O contra-ataque de Léo Condé veio no 2º tempo. Time com a marcação mais alta, com um meia de articulação e com jogadores dos corredores com posições invertidas, mostraram a perfeita leitura e a inteligência do treinador do CRB.

Quando o CRB cresceu, Eutrópio voltou a usar uma situação diferente. Para tentar travar os laterais do CRB, ele abriu dois extremas, diminuindo a intensidade das ultrapassagens dos laterais do CRB.

 

Mas o CRB chegou ao gol e a correção feita pelo técnico do Santa Cruz foi anulada. Taticamente foi um grande jogo, com a estratégias, golpes e contra-golpes.

Indiquei Chico como o craque da partida, mesmo ressaltando as grandes atuações de Elvis, Yuri, Adriano e Gabriel, além da persistência de Neto Baiano. O árbitro da partida, Adriano Milczvski (PR-CBF), não fez uma boa partida e levou apenas 7. Ele se mostrou confuso e foi bem permissivo. Acertou ao não marcar uma penalidade para o Santa Cruz, mas precisou do árbitro assistente para poder marcar uma penalidade para o CRB.

  • Thiago

    Perfeito Marlon!

  • David Cavalcante Vasconcelos

    Grande análise do jogo, foi desse jeito.

  • dorgval.santos

    Valêu Galo 3 pontos positivo.

  • dorgival.santos

    Pernambucanos os tempos mudaram respeite mais os clube de Alagoas principalmente [CRB]o Galo mais querido do Nordeste,volte pra recife com o rabo entre as pernas.

  • Pablo Manoel Martins

    Marlon ouvi o jogo pela rádio Pajuçara 103,7, e fiquei surpreso com a mudança do CRB no segundo tempo, e você fez um comentário perfeito sobre o jogo, parabéns. Mas como Léo Condé cresceu do alagoano pra cá? Por que não conseguiu superar o csa, quando perdeu, ou o itabaiana, quando empatou? Obrigado.

  • ALBERTO MÁRCIO MARRÊTA GUILLOU

    Parabéns amigo Marlon … Perfeita leitura
    Só queria que o Mailson tivesse um pouquinho de inteligencia no jogo … Rápido, Habilidoso, mais se perde qdo esta com a bola no pé … 1 – 2 e o CRB ia encher o saco do santa cruz … Falta pouco p o encaixe do jogo … Elvis vai dar muito trabalho …

  • José Oliveira

    Parabéns Marlon por sua análise, realmente o primeiro tempo foi de estudo tático de ambas as equipes, mas mesmo assim, percebemos algumas falhas individuais no CRB, Edson Ratinho por exemplo bate muito mal na bola principalmente nos cruzamentos, mas a entrada do Elvis deu outra qualidade ao meio de Campo Regateano, isso já tinha acontecido contra o Luverdense, acho ele com características semelhantes a do Gerson Magrão, porém o Elvis um pouco melhor, mais refinado com mais visão aparecendo sempre para o jogo e sabe fazer lançamentos precisos, o Erick também é muito bom jogador, precisamos agora de um centroavante matador como um Zé Carlos ou Itamar ex Londrina. Lembrando, a punição do Olívio está se aproximando da reta final, já pensou Adriano e Olívio na parte defensiva até pensamento vai ter dificuldades de passar pelo meio de campo do CRB, esperamos que ele venha se preparando adequadamente.Também achei o Chico o craque da partida continue assim. Parabéns.

  • Jr. Malafaia

    Marlon, nem vou mais te elogiar. Sempre que chegar um comentário meu aqui no Blog, saiba que ele vem com um elogio ao seu trabalho.
    Falando do jogo, estive ontem no Trapichão e tenho apenas três constatações:
    1. O Elvis não pode mais sair do time. Ele foi ontem o que nós esperamos do Gerson Magrão a Série B de 2016 toda. O cara deu dinâmica ao time. Acionou os laterais, acionou o Chico, acionou o NB…
    2. O Chico joga demais!
    3. O Mailson pode ser qualquer coisa, menos jogador profissional de futebol. No máximo um peladeiro. Lembra o Érico Jr. do ano passado: um verdadeiro estragador de jogadas. Um desperdiçador de oportunidades. Uma desgraça, pra ser mais preciso!

    • Regatiano

      Concordo plenamente com os comentários do Marlon e o seu Jr. com relação ao Maílson. Td menos jogador profissional de futebol, com uma soberba enorme e com uma individualidade que até os jogadores de fds não tem, esse cara não pode mais jogar no CRB. Já que no NB precisa de 10 chances para fazer um gol, o CRB precisa de jogadores ao lado dele que o municiem e não um enganador profissional de futebol.

      Abs.

  • sergio

    Marlon mais uma vez vc esta certo,no meu ponto de vista acho que o CRB precisa de um atacante,porque o NB perde muitos gols fáceis ,ele é um bom jogador mas despedaça muitas chances,nesse jogo mesmo ele teve duas oportunidades que não se pode perde

  • Fabricio Feitosa

    Marlon, sua análise tática foi perfeita, nos fazendo enxergar coisas que no calor e na emoção da arquibancada muitas vezes passam despercebidas! Léo Condé me surpreendeu duas vezes na noite de ontem: primeiro com a entrada do Elvis no retorno do intervalo (coisa que ele não é de fazer) e segundo pelo futebol apresentado pelo CRB no 2º tempo: gostei muito da inversão entre Chico e Mailson, as ultrapassagens de Diego e Marcos Martins; bem como das brilhantes atuações de Yuri e Adriano no setor de marcação, enfim, foi uma brilhante apresentação no 2º tempo, Neto Baiano poderia ter dado uma tranquilidade se tivesse feito o 2º gol naquela chance disperdiçada, mas valeu os 3 pontos e a postura da equipe. Forte Abraço!

  • Jane

    Falou tudo no comentário,agra o galo terá 10 dias de aprimoramento, para evoluir cada vzs, mais.Pra mim, o Elvis tem que entrar na vaga do Ratinho.

  • nego klevison

    Crb precisa de um lateral direito e um ponta esquerda….

    Entreguem os troféus

  • Marcelo Sampaio

    Marlon, parabéns pela sua narrativa. Retrata de maneira fidedigna o jogo. Agora imagine vc no comando do ataque, ontem seria uma lapada!
    Perde muito gol!!!!

  • RIDEX

    PARABÉNS MARLON, CONDÉ SÓ ERROU EM NÃO TIRAR LOGO O MAILSON

  • um ALAGOANO

    O Mailson precisa ser mais focado, mas pra jogos fora ele sempre consegue jogar bem então deixa ele pra esses jogos.

  • José oliveira

    Marlon, está sendo noticiado na mídia que o CRB está a procura de um zagueiro e um volante para contratar. CRB só tem o Neto Baiano como centroavante, no que pese seu esforço tem idade avançada e a competição é longa, o CRB não vai contratar um centroavante?

  • Gilberto

    Também achei a atuação do Chico a melhor da partida. O Neto Baiano me pareceu desesperado pra fazer gol mas sem mostrar muita competência -às vezes parecia estar numa pelada querendo impressionar a turma do churrasco. Aquele gol de pênalti não me convenceu, ainda acho que o CRB não tem equipe pra ir pra série A. Agora, vejo a galera do ano passado jogando por aí, Luidy, Matheus Galdezani, Jussani, Gerson Magrão e Bruno Nascimento e me dá uma saudade daquela rapaziada…

    • Luiz Júnior

      Acho que o atual elenco do CRB é melhor do que o do ano passado.
      Se voltarmos a 2016, o início da Série B, analisando os primeiros jogos, observaremos que o CRB vem melhorando a cada jogo, o que não aconteceu o ano passado. Agora é certo que precisa ter plantel, pois numa longa competição, quem não tem um bom banco de reservas, vai ser dar mal.
      Quanto ao Maílson, apesar das falhas, o acho importante taticamente, além de ter qualidades, como também o Neto Baiano, grande lutador.