CEAF vai sugerir audiência pública mas Felipe Feijó é que baterá o martelo – Blog do Marlon
Fique alerta! Estamos chegando.
Uma equipe dos sonhos: compacta, forte e que joga bonito

A comissão estadual de arbitragem (CEAF) entregará sua sugestão para escolha da arbitragem nos jogos do Campeonato Alagoano 2017. Existem duas opções a serem tomadas. Uma delas é a manutenção do atual modelo, onde são indicados árbitros para sorteio e uma segunda opção é a audiência pública, modelo no qual a CEAF indica o árbitro para cada partida a partir dos estudos e avaliações do árbitro que se encaixa em determinada partida.

O Blog recebeu a informação que a CEAF já tomou a decisão pelo modelo de audiência pública. No entanto a decisão caberá ao presidente da FAF, Felipe Feijó, que decidirá qual o modelo será adotado.

Normalmente, Feijó seguirá a indicação da CEAF, prestigiando sua comissão. Hércules Martins e os membros da CEAF optaram  por seguir o modelo que vem sendo adotado em diversos estados do pais.

Neste modelo, considerado ideal por muitos que abominam o sorteio, o poder das decisões é ainda mais concentrado na CEAF. A indicação do árbitro parte do estudo e dos critérios estabelecidos pela comissão. O clube terá ainda menos força ou poder de opinião.

Para exemplificar para o leitor, imagine o jogo CSA x CRB como parâmetro. No atual modelo, a CEAF indicaria dois ou três nomes para sorteio. Vamos exemplificar com Denis Serafim, José Reinaldo Figueiredo e Francisco Carlos. Neste modelo, o sorteado comandaria o jogo. Na audiência pública, a CEAF comunica que escolheu um dos três para comandar o jogo.

O assunto será decidido no começo da semana e os clubes serão comunicados da decisão. O que você acha que será decidido pelo presidente Felipe Feijó? Você prefere o modelo atual ou o novo modelo?. Opine.

  • Luiz R S Filho

    Os dois modelos (sorteio ou escolha por audiência publica) demonstram transparência à principio…
    O que precisa acontecer são duas coisas:
    1ª) haver critério técnico por parte da CEAF na indicação dos árbitros para uma determinada partida, que serão sorteados e/ou escolhidos/votados em audiência.
    2ª) Eles, os árbitros, deverão estar cônscios e imbuídos da responsabilidade de suas atuações nas partidas, aplicando corretamente as regras e atuando firmes no aspecto disciplinar, não olhando pra “camisas”.
    Feito isto não teremos maiores problemas.
    Minha opinião.