A coisa certa que o torcedor não queria ouvir – Blog do Marlon
Vitória inédita e a volta do sonho
Final de semana para ser esquecido

Em meio à crise pela queda de rendimento do CRB na Série B e pela diminuição de chances de acesso, ouvi uma fala centrada e técnica do dirigente Alarcon Pacheco após as reuniões com a comissão técnica e com os jogadores.
Alarcon falou que não adiantaria o CRB ir para a Série A e dar este patrimônio (referindo-se ao CT) a Justiça. A fala é técnica, consciente e sem emoção, mas é uma fala que desagrada a maioria dos torcedores, isto porque, eles querem títulos, acessos, jogadores mais caros a todo custo, independente da consequência no futuro do clube.

Waldemar Correia foi um dos grandes presidentes da história do CRB, mas notabilizou-se justamente por isso, “o campeonato a qualquer preço”. As dívidas vieram mais a frente.

Ficou claro que o CRB não se planejou para subir. Na reta decisiva, o CRB não teve aporte financeiro para investir no time, em contratações que trouxessem um diferencial. O envolvimento político do presidente também desviou atenção justamente na reta decisiva.

O CRB ainda possui chances matemáticas, mas os sinais são claros que o clube já jogou a toalha. O planejamento das viagens mudou, o time tem ido um dia antes para as partidas, a explosão dos problemas até então internos, vieram a público e uma ‘ ressaca’ de revolta e insatisfação por parte do torcedor.

Em meio a tudo isso, a declaração do dirigente Alarcon traz uma luz de sensatez em meio a estas paixões exacerbadas

  • Marcus Henrique

    Muito bom seu texto Marlon, até mesmo pra abrir os olhos da maioria da torcida que não entende que o clube está crescendo ano após ano, mas ainda não chegou o momento da série A. Estamos cada vez mais fortes, avante regatas!!!

    • ALDO

      Concordo plenamente, Marcus, já falei isso, aqui mesmo nesse blog. A Diretoria do CRB tem trabalhado com os pés no chão. Veja onde está o Santa Cruz, de volta, veja a situação do São Paulo e outros grandes times. PARABÉNS AOS QUE FAZEM NOSSO GLORIOSO CRB.

    • PAULO SERGIO

      já são 20 anos na serie B, JÁ NÃO BASTA ? , EU GOSTARIA DE VER O CRB NA SERIE A JÁ . MESMO QUE DEPOIS CAIA . E A VIDA SEGUE, ESTAMOS FICANDO VELHOS , E NÃO PODEMOS ESPERAR MAIS. SÃO 20 ANOS .

  • Betinho

    A série A exige profissionalismo acima da média e o crb ainda é gerido como aporte de votos têm que sair dessa mesmice é time de série b e olhe lá.

  • Luciana Pacheco

    Marlon, Concordo que é preciso um planejamento eficaz e honesto a longo e médio prazo para se almejar subir a uma série mais alta, inclusive permanecer nela. E claramente isso não aconteceu no CRB!
    A questão com a torcida, como foi dito, é que ela se motiva pelas vitórias do seu time. E a torcida regateana vibrou com essas vitórias, com o seu time no G4 por tantas rodadas – você mesmo disse várias vezes, que o clube estava ali por mérito. Ela tem toda razão de estar chateada! Me incluo aí!
    Política não combina com futebol, Marlon! O foco e interesses devem ser outros, então deu nisso!
    Se a direção do CRB tivesse uma relação de transparência para com sua torcida, a declaração do dirigente Alarcon teria sido absorvida no início do campeonato! Agora é tarde para seu efeito técnico! De fato, política não combina com futebol!
    Avante, GALO! Sua torcida é seu maior patrimônio!

    • Q

      LONGO PRAZO JÁ FAZ 20 ANOS DE SERIE B, EU MESMO NÃO AGUENTO MAIS DE ESPERAR UM DIA QUE SUBA, TIVEMOS A OPORTUNIDADE AGORA , FALTAVAM 20 JOGOS O CRB PRECISAVA DE 9 VITÓRIAS,
      OS JOGOS FORAM SE PASSANDO E EM 12 JOGOS SÓ GANHOU 9 PONTOS.

      EU VOU AO ESTÁDIO DESDE MEUS 3 ANOS VER O CRB JOGAR, E HOJE ESTOU COM 48 , JÁ NÃO AGUENTO MAIS ESTA CONVERSA DE QUE O CRB NÃO É TIME DE SERIE A.
      EU JÁ VI TANTOS TIMES SUBIR

      AVAI
      AMÉRICA DE NATAL
      JOIVILE
      FORTALEZA
      CEARA
      CRICIUMA
      CHAPECOENSE
      SANTA CRUZ
      NAUTICO
      SPORT
      VITORIA
      ATÉ O IBIS ACREDITO QUE JÁ ESTEVE NA SERIE A

      EU CONVERSEI A 9 ANOS ATRÁS COM O PRESIDENTE DO CRB, ELE FALOU QUE O CRB NÃO É TIME DE SERIE A. NÃO TEM RECURSO . ENTÃO O QUE ESTAMOS FAZENDO NÓS TORCEDORES, DIGO SOFREDORES.

      EU ESTOU VENDO MAU VONTADE DOS JOGADORES . JOGAM QUANDO QUEREM , E BOM QUE NÃO SE VALORIZAM POIS SE O TIME SUBI-SE O O PASSE DELES ESTARIAM BEM VALORIZADOS.
      BAHIA

  • Max

    Não acredito que tenha sido tão técnico assim, quando se fala nas palavras do alarcon. CRB fez seu planejamento, presidente sempre falou em acesso, sempre disse que no final do campeonato estaria entre os 4 primeiros colocados. CRB quando pôde contratar contratou dois jogadores que não poderia atuar pelo elenco neste ano, o volante vindo do palmeira e o Maxsuel. Esses jogadores estão no clube sem custo? Acredito que não. CRB não teve pulso para segurar os “medalhões” do elenco. A série A convidou o CRB a todo momento para participar em 2017, e nosso clube foi totalmente incompetente em quase todos os sentidos. Agora, só esperar as próximas promessas de 2017.

  • Williams Nascimento

    é isso mesmo, tudo é uma questão de planejamento, com paciência, estamos crescendo muito em estrutura, mas infelizmente tem torcedores que não entendem, claro que seria bom ir pra serie A, mas poderia ser pior… estamos crescendo e logo, logo estaremos na serie A pra ficar, antigamente o CRB só lutava entre os últimos, ano passado fez uma boa campanha, e esse ano melhorou ficou 14 rodadas no G4, passo a passo estamos no caminho correto.

  • JLIMA.

    Bem, parece que finalmente enxergaram que a soberba cega. Onde estão já é mais que o merecido e contou com muita ajuda para isso. Antes tarde do que nunca não é?
    Temos que saber diferenciar “sonho” de realidade e essa, é bem mais difícil de aceitar e conviver.

  • Rafael correia

    A diretoria do crb tem sim culpa porque iludiu o torcedor dizendo q iria subir e o sr marcos Barbosa gravava vídeos e mais vídeos dizendo q o crb iria subir .. Agr vem a piloto falar q o crb n deve subir Agr por essas questões .. Então desde o início do campeonato era P ter falado q o objetivo era permanecer na B e trabalhar P subir um dia .. Fora MB !!!!!!!!!! Vc é político e está no crb por pura pretenção política nas eleições usando a imagem do galo ridiculo!

  • Amaro

    Rapaz, deixa o mb botar o CRB na A. Só a quota é de 25mi.fora patrocínios. 2018 é ano de reeleição.

  • Julio

    Outro aspecto são as críticas a torcida, que até agora tem a quarta média de público da série B. Como um time que tem o discurso de jogar um campeonato para se manter pode ficar exigindo presença máxima do torcedor? Além de todas as circunstâncias que desfavorece o ida da torcida a campo ainda é desmotivado pela ditetoria com esse discurso. Sei que se tiver brigando pra não cair ou subir o estádio lota nos últimos jogos. Vejo clubes pequenos, mas organizados fazendo bonito. A diretoria pensa pequeno até numa copa do nordeste. Tenho uma camisa do CRB que vem estampado na frente… SÉRIE B…era melhor não colocar nada.

  • José Oliveira

    Não concordo com essa fala do Alarcom Pacheco, nem com sua concordância com a fala dele,embora ja esperasse por isso,onde o CRB desandou? em casa, em partidas que o CRB simplesmente entregou para os adversário em falhas bizarras, difícil de se ver até em peladas,além do emocional provocando erros de passes, chutes, tempo de bola e numero de cartões, isso tem haver com estrutura? não, mas com correção que não foi feito no momento certo. E não tem nada haver aquela época do Waldemar Correia, com esse momento, naquele tempo os clubes Alagoanos principalmente,dependiam exclusivamente das rendas para se manter, agora as rendas é o menor percentual,copa do Nordeste, copa do Brasil e campeonato brasileiro são os mais lucrativos. Queremos que investa em jogadores caros? não, ninguém quer loucura para depois ficar individado,apenas que use a inteligência e bom senso.

  • Lucas Azevedo

    Uma coisa eu posso afirma… Não é feio para um time considerado “pequeno” no futebol nacional (por ex.: Vitória, chapecoense, Bahia, figueirense, entre tantos outros) cair no ano seguinte. Pois até os famosos “grandões” (como Corinthians,fluminense,grêmio) todos os anos caem um ou outro. Feio é isso que estão fazendo com o Galo. Os próprios diretores (Arlacon e demais) rebaixado a grandeza do time. Pois dessa forma que à atual diretoria esta pensando é totalmente ignóbia. Não represente o real Torcedor Regatiano. – NÃO VAMOS DESISTIR DA SÉRIA A * O GALO ES GRANDE.

  • Rodolpho Sarmento

    Eu particularmente nunca acreditei no acesso do CRB, é melhor se fortalecer ano após ano na série B, e subir quando estiver com o caixa cheio. Tudo tem sua hora.

    • José Oliveira

      CRB é o clube que mais participou da série B, junto com Ceará, sempre pra se manter, ja pensou se o CSA sobe pra série B ano que vêm, voces acham que vão querer ficar nessa ladainha de se manter? lógico que não, vão querer ir para série A, você sabe a cota da Globo para os clubes da série A mesmo os iniciantes? na casa dos milhões. Ainda tem opção de negociar com esporte Interativo, sem falar nos patrocínio ex. A CEF paga aproximadamente 1 milhão de reais para o CRB, para a Chapecoense que está na série A, a mesma Caixa paga 4 milhões, sendo que o CRB tem mais que o triplo da torcida da equipe de Chapecó.O que não pode é fazer loucura, contratar medalhões como quase contrataram Carlos Alberto medalhão fim de carreira,tem que valorizar esses que estão ai com alguns reforços pontuais.

  • Luciano Rios

    Marlon me tire uma dúvida, como o CRB prometeu um bicho de dois milhões de reais pro acesso à séria A não era melhor ter investido em jogadores?

  • Rubens Mário

    Não estou entendendo mais nada. O presidente até agora só falou em acesso. Ofereceu, inclusive um “bicho” de 2 milhões para os jogadores e comissão técnica, e um carro para os sócios. Por outro lado, o treinador sempre falou em ilusão. Agora vem o sr. Alarcon falar em até comprometer a estrutura em caso de acesso. Acredito que estou “variando”! Todos sabem que com o acesso a série A, a arrecadação de recursos será infinitamente maior. Já ficou provado que subir para a série A não é nenhum “bicho de sete cabeças”. Mesmo com esse time mediano o CRB passou a maior parte do campeonato no G4. A debacle só aconteceu devido aos problemas extra campo, e contratações mal feitas, sem explicações, à exemplo de Éder, do argentino, do Geandro, do Élton Lira, dos atacantes e outros que sequer ficam no banco. Vejam que mesmo com os erros grosseiros, principalmente da nossa defesa – a segunda mais vazada – ainda estamos à apenas 5 pontos do G4. É preciso que afinem os discursos. Se não querem subir, é bom deixar claro para o torcedor. Eu mesmo sou sócio adimplente há dois anos, e, já que não há mais riscos de cair, e não querem subir, vou ficar em casa, vendo pela tv. Gostaria de perguntar ao sr. Alarcon de onde iria sair os 2 milhões e o carro prometidos pelo acesso.

    • Luciana

      Promessas de político!
      Fica difícil acreditar!
      Também sou sócia adimplente desde que lançaram o programa do sócio torcedor e não vou deixar de ser porque acredito que a torcida é o maior patrimônio de um clube!

  • joão godofredo

    Ainda tem muita coisa errada dentro do clube. Futebol e política nunca casaram bem. O comentário da sra. Luciana me chamaou à atenção. Ela paga, provavelmente, R$60,00 – deve ser sócia ouro – mas, constantemente, antes das eleições, o presidente manadava franquear a entrada de mulheres, em outras vezes, determinava o pagamento de apenas R$10,00. É evidente que, com essas medidas,muitas mulheres deixaram de se associar, já que o maior benefício não existia mais. Por que, já que existe “barca”, segundo o próprio treinador, o clube, ao invés de conversa, não puniu, severamente, os cachaceiros irresponsáveis? Por que não faz um apelo aos torcedores para que filmem e mande para a direção, quando virem um jogador bebendo? Esses caras precisam entender que quem sustenta o clube é o torcedor, especialmente, o sócio.

  • Paulo

    O maior problema do futebol alagoano, bem como da política brasileira, é o perfil dos políticos que nós temos. É visível que o CRB tem time para disputar uma série A, mas pra mim é muito claro também que os dirigentes, querendo ou não, sabotam seu time. Sou alagoano, torço pelo galo mas, antes de tudo, quero ver todos os times alagoanos em projeção nacional. Mas fica difícil torcer, quando vemos claramente que os jogadores que suam no campo são desrespeitados, financeira e economicamente, pelas decisões políticas do seu clube. Minhas considerações aos jogadores que honram a camisa que vestem!

  • Marcus Henrique Feitosa Correia

    Isso mesmo Luciana, se a torcida pensasse assim como você, com certeza estaríamos em um patamar ainda melhor, mas a maioria torce apenas por resultado e não pelo clube, ou seja, a torcida é minoria, a maioria são “comemoradores”. Eu sou um dos poucos que vou continuar sendo sócio em qualquer situação, mas quero ver quantos serão em dezembro…

    • Luciana

      Mas é preciso mais transparência da direção do CRB para que a torcida compre a idéia e não se sinta enganada!

  • CRB ATÉ O FIM

    Amigos regatianos, o CRB hoje é time de serie B ? SIM. Se eu gostaria de ver meu clube do coração na serie A? SIM. O problema que eu vejo é a falta de transparecia nas contas do clube, todos falam em milhões, porque não se divulga quanto custa cada jogador, de onde vem o dinheiro para pagar a folha, será que ainda é originaria da venda do velho CT. Pois bem o que eu vejo com um certo receio é a falta de oposição, não para mudar por mudar, mas para fiscalizar e claro cobrar da atual direção. O que vejo com desconfiança no GALO é que tudo é feito as escondidas, tudo é segredo, tudo depende da palavra final do mandatário maior e creio que não é para ser assim, quero o CRB forte todos os anos, porem vimos no passado que políticas individualistas de gestão deu no que deu.

    • Luciana

      Exatamente isso, torcedor até o fim! Sou sócia “diamante” e fiz questão de votar nos conselheiros com a esperança dessa atitude deles: fiscalização. Parece que minha idéia não deu certo! Infelizmente!
      Como comentei acima se houvesse clareza nas declarações e transparência nas ações a torcida compraria a idéia do sócio-torcedor e estaríamos muito mais fortes!

  • AUGUSTO DE MELO

    O CRB TEM TIME PARA FAZER A MELHOR CAMPANHA DE SUA HISTORIA;entretanto algumas coisas precisam mudar;planejamento e uma delas;motivaçao;foco na missao e sobretudo, se portar como um time grande.tem torcida,um bom centro de treinamento que precisa melhorar mais.tb precisa investir na base e manter boa parte do elenco atual.

  • Rubens Mário

    Continuo sendo sócio adimplente, mesmo sabendo que ainda tem muita coisa errada. A falta de transparência é uma delas. Por exemplo, nunca falaram quanto a TV paga para retirar, cerca de 5 mil torcedores por jogo, além de sócios! Outro grave erro é a proibição da entrada dos sócios nos treinos. Isso afasta o torcedor da vida do clube, afinal, não temos mais como nos encontrar como nos tempos da Pajuçara, onde fiz muitos amigos que, infelizmente, não vejo mais. Tudo isso também inibe a campanha de sócios. Ademais, não vejo nenhum interesse da empresa em angariar novos sócios. Ontem mesmo fui no casarão em Jaraguá pegar o último boleto do 2º ano para pagar, e comuniquei à atendente que queria um novo carnê para pagar mais um ano, quando esse interesse deveria ser deles, e o pior, a moça pediu que eu viesse pegar o novo no próximo mês. Colocaram também, sem pedir a minha opinião, a entrada dos sócios para a última catraca do estádio, fazendo a maioria dos torcedores percorrer todo o estádio para entrar no mesmo, e, depois, para chegar às grandes arquibancadas. Não sei se é interesse do clube, mas, deveriam dar um espaço para reunião de sócios, e, depois, a direção escutar as conclusões.

  • Marcos Paes

    O Alarcon é um dos melhores dirigentes que existem no Brasil. Fato é que este comentário sobre a subida do CRB para ma série A mostrou a coerência deste dirigente. Vejam o exemplo de Santa Cruz e América Mineiro. Clubes sem a estrutura financeira para bancar uma série A. está certo o Alarcon. O momento é de pensarmos em fazer um campeonato melhor do que o do ano passado e aguardar, um dia talvez, pelo CSA subir para a série B, quem sabe daqui a uns 10 anos, e saborear muitas vitória que já poderemos sentir na copa do Nordeste que está por vir.