Balanço é bem positivo – Blog do Marlon
No melhor desempenho, o pior resultado
Luidy será o primeiro fruto da nova estrutura do CRB?
ASA consegue grande vitória e está próximo de voltar a Série B - Foto: Valdeir Góis - ASCOM ASA

ASA consegue grande vitória e está próximo de voltar a Série B – Foto: Valdeir Góis – ASCOM ASA

Com as eleições municipais neste domingo, o futebol viveu um dia agitado no sábado. CRB, ASA e CSA estiveram em campo no sábado e considerado o balanço do futebol alagoano bem positivo no final de semana.

Sem dúvida nenhuma, o destaque maior ficou para o ASA. Jogando contra o Guarani, até então melhor time da Série C, o ASA foi realmente gigante. A vitória por 3 a 1 em Arapiraca deu ao ASA uma vantagem considerável para seguir sonhando com o acesso a Série B do Campeonato Brasileiro. Nada está resolvido, mas o passo dado foi importante. Cada gol que o ASA conseguir marcar em Campinas deixará o Guarani mais distante. Empate ou até mesmo uma derrota por um gol também deixará o ASA na Série B em 2017.

O CRB fez o que se esperava. Jogando contra o Bragantino, que está na zona de rebaixamento, somente a vitória daria ao Galo a condição de sequenciar a briga pelo G4. Mas se a vitória foi importante para seguir com chances reais, o futebol apresentado voltou a preocupar. Definitivamente, o CRB não tem mais o mesmo desempenho do período que ele assustou o Brasil com um futebol eficiente e producente. Uma equipe que deseja ou joga para subir de divisão – e, principalmente em uma Série B, não pode sofrer uma penalidade no primeiro minuto de jogo. Jogando contra uma equipe extremamente limitada, os números mostram isso, o Galo não pode ter em seu goleiro, o destaque da partida. É preciso urgentemente que o CRB volta a jogar de maneira convincente, pois ficará cada dia mais complicado permanecer na briga pelo acesso.

Já em relação ao CSA, o placar assustou. O Volta Redonda mostrou-se superior, mas a vantagem sobre o CSA não é a mesma apresentada no placar da partida. Claro que ficou a frustração de não conquistar o título, mas na Série B, disputada por pontos corridos, e a fase que garante o acesso na Série C e na D, existem quatro campeões, que são as equipes que sobem. Entendo que para o CSA que nos últimos anos sobreviveu sem perspectivas, jogando apenas três meses no ano e até correndo risco de novos rebaixamentos no Alagoano, ser a melhor equipe do estadual, mesmo sem o título, fazer uma Série D com 68 equipes e garantir acesso , além de assegurar calendário para o próximo ano, foi um ano extremamente vitorioso. Portanto agora é se programar para aproveitar o que virá em 2017.

  • José Oliveira

    Marlon bom dia, para você e os milhares dos seus eleitores, o CRB teve a sorte contra o Bragantinho, a mesma sorte que teve na primeira fase quando muitas vezes ganhou partidas não jogando bem, exemplo as vitória contra Vila Nova e contra o Atlético GO na casa do adversário, com mesmo placar, onde o adversário fez um gol e teve inúmeras outras chances para matar o jogo, não fez CRB foi lá e matou. Além da eficiência tem uma fator sorte ai, e um jogador que tem dado sorte é o Adalberto, não sei se vocês já notaram, além de dar tranquilidade ao sistema defensivo sempre que ele está jogando a equipe Regatiana dificilmente perde, tenho certeza que no jogo contra o Bahia onde o CRB perdia por 2 a 0, se ele não tivesse entrado o jogo era outro e o CRB tinha perdido aquela partida. Com a volta do Flavio Boaventura a zaga, Adalberto e Boa Ventura é o ideal, cabe ao treinador, mais acho que ele é suficientemente inteligente pra saber que o CRB da primeira fase com essa zaga, conquistou o G4 e o respeito dos adversários, quando teve que mudar e depois que perdeu o embalo a equipe caiu muito. Acho que não tem segredo, a equipe joga bem sempre depois que o resultado aparece, mesmo as vezes quando não tinha jogando bem.

    • José Oliveira

      Bom dia aos milhares de leitores do Blog do Marlon, estava ainda no clima da eleição.

  • Luiz R S Flho

    Fica, não resta dúvida, a frustração pela não conquista (ainda dessa vez) de um Título Nacional. Entretanto o CSA conseguiu em apenas um ano (2016), ter um calendário completo para o próximo ano (2017). Levando-se em conta o que vinha acontecendo no Clube há muitos anos, é um feito extraordinário. Parabenizo a Todos, o Presidente, Conselheiros, Diretores, (incluo também o João Feijó) que estiveram unidos (deixando de lado as vaidades) somando esforços e dando tranquilidade à Comissão Técnica e aos Atletas para que o objetivo primordial fosse alcançado. A essa imensa e inigualável TORCIDA AZULINA que ACREDITOU e apoiou o Tempo todo, mostrando sua FORÇA.
    Precisamos manter esse foco, essa pegada, fortalecendo o SÓCIO TORCEDOR, para que 2017 seja melhor.