Como está diferente! Estamos lamentando um empate com sabor de derrota na Curuzu – Blog do Marlon
CSA é o destaque do final de semana e se aproxima da classificação
O que o CSA não se reinventou em dois meses precisará reinventar-se em duas semanas
CRB ematou com o Paysandu - Fernando Torres - Paysandu

CRB ematou com o Paysandu – Fernando Torres – Paysandu

As duas equipes começaram iguais no sistema com a utilização do 4-2-3-1, variando para um 4-1-4-1. O Papão segura o Capanema e liberava o Domingues. Já o CRB segura Olivio e projetava o Galdezani e isso era invertido, ora um , ora outro.

O CRB sempre faz os primeiros dez minutos com marcação baixa, estudando o adversário. Apesar do jogo ter sido mais truncado no 1º tempo, o CRB foi mais eficiente e fez o gol com o Olívio. No tempo final, o Paysandu fez pressão, teve uma defesa sensacional do Júlio César e teve uma bola na trave. O time voltou ao comando do jogo, fez o segundo gol em uma jogada perfeita, com troca de corredor de bola longa, com a troca de quatro passes.

O time do CRB sobrava e poderia ter matado o jogo. O pênalti trouxe o Paysandu para o jogo e o CRB foi castigado. Wellington Júnior foi displicente, pela falta de eficiência na hora de marcar. Assisinho mais uma vez não foi efetivo, foi pelo lado dele que o João Lucas fez o cruzamento, sem que ele fosse efetivo na marcação.

Estamos lamentando um empate na Curuzu, com sabor de derrota. Mazola manteve as suas mudanças de sempre e poderia ter posto o Somália pelo corredor, pois aquela altura do jogo, você não iria atacar.

Mazola teve uma leitura perfeita na volta do 1º tempo, ao inverter as posições de Roger e Luidy. Roger Gaaúcho veio pelo lado direito e Luidy foi para o lado esquerdo. Ratinho foi travado e logo de cara tomou um amarelo. Esta mudança colaborou para o segundo gol com Roger pelo lado direito. Falar também de como Neto Baiano entrou bem no jogo. Ele ajudou na marcação, deu a assistência que deixou Wellington Junior em condições de marcar, fez um gol e foi abraçar Zé Carlos após fazer o gol.

Valeu ver o time que sabe jogar fora de casa porque a equipe aprendeu a jogar fora.

Não deixaria de falar sobre o gol anulado do CRB. Quando o lance iniciou, Zé Carlos impediu o início da jogada. Mas depois desistiu da jogada, caminhava normalmente para fora da área e o goleiro tentou forçar um amarelo para Zé Carlos, chutando a bola nas costas do camisa 9 do Galo. Para seu azar, a bola entrou. Entendo que tenha sido gol, anulado por Sandro Meira Ricci.

  • Ronaldo

    Esse arbitro deveria ter saído do estádio direto para a delegacia e ficar presso, esse ladrão passou o jogo todo roubando o CRB, um gol legitimo onde o Zé Carlos estava caminhando de costas fora da área e o goleiro tinha a opção de sair para as laterais ou segurar a bola, chuta, pega no atacante e entra e esse ladrão invalida o gol, tem mais, no segundo gol do paysandu o jogador que faz o cruzamento ajeita a bola com a mão antes de cruzar.Alem das faltas invertidas no jogo todo.Vão fazer de tudo no segundo turno para roubar o CRB, mas não vão tirar o acesso a serie A, pois é o melhor time da serie B.

  • Sebastião Magalhães

    Grande Marlon, registro quatro coisas desse jogo: 1) O gol do Zé Carlos foi legítimo, sua opinião foi a mesma dos jornalistas que transmitiram pelo Premiere do SporTV, inclusive o lance foi comentado após o jogo pelo SporTV e todos disseram que foi um gol legal, muito mal anulado; 2) O maior responsável por esse empate com sabor de derrota, pra mim, foi o Wellington Junior: displicente, desligado, sem espírito de equipe, só entrou para prejudicar o Regatas. A jogada do primeiro gol do Paysandu começou com uma das várias displicências dele. A expulsão foi de menos porque ele estava prejudicando mais dentro de campo do que fora; 3) O pênalti do Galdezani foi infantil, não dá para aceitar a essa altura do campeonato; 4) Mais uma vez sofremos um gol no final, por falha clamorosa da defesa. O jogador do Paysandu ficou uma eternidade com a bola nos pés, parado, e três jogadores do CRB ficaram só olhando… Pelo amor de Deus, de novo? O Mazola é um excelente técnico, o melhor técnico do CRB depois de Martim Francisco, mas precisa corrigir isso. E a diretoria tem que ter uma conversa séria com o Wellington Junior. No mais, parabéns pelos seus competentes comentários.

  • GIVALDO

    Marlon: Parabéns pelo excelente comentário. Gosto de suas opiniões é ver o jogo de perto.

  • Marcus

    Acho que teve todos esses erros comentados, mas o erro crucial foi entregar a bola o jogo inteiro pro Paysandu, msm o CRB sendo o time superior, com essa qualidade que temos, deveríamos ter frieza e inteligencia pra cadenciar o jogo e apenas buscar um provável 3° gol como foi exatamente o que aconteceu aqui contra o tupi. Mas bola pra frente e buscar uma vitória contra o difícil Brasil de Pelotas!!!

  • Dr João França

    Jogo muito bom, apesar do empate com sabor de derrota, temos um elenco coeso.
    Muitos reclamam dos jogadores que vacilaram neste jogo, porém, Mateus e Wellington Jr nos ajudaram e foram essenciais para vitórias anteriores! (Vila nova e náutico que o digam!)
    Obrigado elenco regatiano, continuem nessa pegada que o sucesso virá com certeza. Moro em SP e contribuo com o sócio!
    Vamo subir GALO!!

  • Rubens Mário

    Marlon, parabéns belas suas colocaçõés. Você foi perfeito nas suas colocações.

  • CARLOS FRANCISCO DE FARIAS

    Pois bem,concordo que este empate teve um sabor amargo,não de derrota.O importante é somar principalmente jogando fora de casa.Se o galo terminar essa primeira fase entre os quatro não importando a colocação já valeu a luta.

  • flavio lopes

    concordo com todos os comentários,pois o juiz prejudicou demais o time do galo,anulando o gol e achei demais,4min de prorrogação, na minha opinião para o CRB ter acesso a seria A, só tá faltando administrar o jogo quando estiver na frente do placar,temos que parar de tomar gols nos finais das partidas pelo AMOR DE DEUS! Mas tô acreditando que esse Ano chegaremos entre os quatro.

  • José Oliveira

    O CRB precisa corrigir essa ansiedade dos minutos finais quando está vencendo, são sempre os mesmo erros e tem levado sempre os mesmo gols, quem tem que ficar nervoso é o adversário que geralmente estão perdendo e não os nossos jogadores, esses tem que respirar fundo, cadenciar o jogo e ver a melhor alternativa do contra taque rápido ou não, principalmente não deixar brecha para o chute nos momentos de pressão. E nos contra ataque procurar matar a partida como foi feito contra o Joinville e Náutico. É muito importante manter os pezinho no chão, não querer esnobar, jogar coletivamente, respeitar sempre os companheiros dentro e fora de campo, conversar entre si nos momentos de erros e acertos.

  • Victor

    O empate está sendo lamentado por conta das circunstâncias do jogo. Antes do jogo se perguntasse se o torcedo do crb acharia o empate um bom resultado, grande maioria diria que sim

  • FERNANDO JOSE NASCIMENTO DE SOUZA

    MARLON O CRB ESTÁ JOGANDO CONTRA O TIME E CONTRA O JUIZ, POIS O GOL FOI LEGAL SEGUNDO A IMPRENSA NACIONAL. O QUE FALTA NO CRB É CALMA NO FIM DO JOGO QUANDO ESTIVER GANHANDO.PARA O ANO ESTAMOS NA SERIE A E NÃO FAZER ISSO.PARABENS GALO EMPATE FORA DE QUALQUER MANEIRA E SABOR DE VITORIA.

  • RONALDO

    LENDO TODOS ESSES COMENTÁRIO CONCORDO COM TODOS, MAIS O QUE VEM ACONTECENDO COM TUDO ISSO NO TIME DO CRB TOMANDO GOL NO FINAL DO JOGO, NÃO SABE SEGURARA O JOGO É O TREINADOR QUE SABE ENXERGAR O JOGO MEXE NO TIME ERRADO, VCS PODE OLHAR TODOS OS JOGOS É A MESMA SUBSTITUIÇÃO, SAI LUYD ENTRA Wellington Jr QUE BELO AMOR DE DEUS ESSE JOGADOR NÃO NEM PRA ENTRA! ISSO É JOGADOR PRA ESTÁ NO CRB DISPUTANDO A SERIE B,AI SAI ZE CARLOS ENTRA NETO BAIANO,SAI LUYD ENTRA ASSISINHO, SE TIME ESTA GANHADO FORA DE CASA TIRA UM ATACANTE METE UM ZAGUEIRO,DEPOIS TIRA O OUTRO ATACANTE METE UM VOLANTE, GANHANDO DE 2X0 AOS 38 MINUTO DO SEGUNDO TROCA DOIS ATANCANTE POR OUTROS DOIS PO PERA AI ISSO É BURICI

Deixe uma resposta CARLOS FRANCISCO DE FARIAS
Cancelar reply