Reação tímida contra uma onda que deveria ter posicionamentos fortes dos clubes – Blog do Marlon
CRB vence e chega a vice-liderança. Ainda há o que conquistar?
CRB bem, CSA líder com apagão, ASA esperado e Murici complicando-se

A onda de problemas envolvendo integrantes de torcidas organizadas tem crescido a cada final de semana. Em dois jogos envolvendo o CSA, nas cidades de Caruaru e em Juazeiro (CE), incidentes foram registrados. Até se fala que a referida torcida não gerou os problemas. Em Caruaru houve troca de pedradas entre as torcidas dos dois times e depois a polícia usou uma força desproporcional contra a torcida do CSA como um todo. Já em Juazeiro registra-se que a torcida azulina foi agredida inicialmente, mas depois cenas de selvageria foram vistas, com nove supostos integrantes da Mancha Azul agredindo um torcedor. As imagens inclusive flagram um membro da Mancha, agredindo o rapaz já caído, roubando um cordão e colocando no bolso. O CSA corre o risco de receber punição de perda de mando de campo.

Torcedores do ASA também não ficam atrás. Junto com torcedores do Treze envolveram-se em uma grande briga com torcedores do Botafogo(PB) e fecharam uma rodovia paraibana. Também há risco do ASA perder mandos de campo e cerca de 200 torcedores foram detidos em uma cena que rodou o Brasil. Não existe relatos de problemas em Recife no jogo entre Náutico x CRB, isso porque, as torcidas das duas equipes não possuem rivalidade. Se o jogo envolvesse Sport ou Santa Cruz, teríamos problemas. Lembrar que na Copa do Nordeste houve inclusive tiros na saída da Ilha do Retiro.

Não vi – e, me perdoem se houve – nenhuma manifestação por parte dos clubes. Eles continuam dizendo apenas que punições não são justas, que os clubes não tem nada a ver com isso e que a culpa invariavelmente é da Polícia. Nossos dirigentes continuam com ligações promiscuas com as torcidas organizadas, seja por necessidade de apoio, seja por se sentirem intimidados ou ainda por troca de apoio. Nunca observei uma sinalização de ruptura com as organizadas.

Há alguns anos, integrantes da Comando foram presos em Goianinha e até armas foram encontradas nos ônibus. Também houve a briga generalizada na partida entre CRB x Santa Cruz, com Comando , Mancha e a torcida do Santa Cruz envolvidas. O CRB foi prejudicado, perdeu mandos de campos e não houve uma reação forte por parte dos dirigentes.
Com atitudes claras, CRB e CSA fortalecem estes grupos que causam problemas. Em diversas oportunidades, o presidente Marcos Barbosa solicitou ao então presidente da FAF, Gustavo Feijó, para liberar a entrada da Comando, sob justifica de que o time “precisava de apoio”. No CSA, o técnico Oliveira Canindé treina todo dia com o boné da torcida, o próprio presidente Rafael Tenório inocenta a torcida.

Dentro desta cobrança, preciso ser justo e em uma reação em entrevista ao repórter Orlando Batista, o presidente da FAF, Felipe Feijó mostrou-se indignado, informou o envio das imagens das confusões em Caruaru e Juazeiro ao TJD, falou que os atores envolvidos precisam se posicionar ainda sobre o ocorrido na final do Alagoano e que atitudes duras precisam ser tomadas.

Os clubes precisavam reagir. Precisam desligar-se das organizadas. cobrar responsabilidades, ajudar no cerco para sufocar as organizadas, mas não fazem ou ainda não fizeram isso. Enquanto isso, eles continuarão criando problemas, trazendo prejuízos aos clubes e deixando marcas de vandalismo, violência e confusões por onde passam.

  • Marcos Vieira

    Quando forem falar das organizadas aproveita e fala das atrocidades que a pm faz com os torcedores.

  • Paulo Moralis

    Sou sócio torcedor do CSA, mas decidi que vou deixar de ser sócio torcedor enquanto o CSA mantiver essa ou qualquer outra torcida organizada, que já virou sinônimo de gangue. Quem mantém o clube não é essa torcida (leia-se bando) organizada, mas os torcedores que são sócios e que pagam suas mensalidades em dia. O CSA tem que ter vergonha e fazer como o Cruzeiro, que baniu esse tipo de torcida.

  • Lima

    Perfeito!!

  • Armando Leite

    Parabéns, Marlon!
    Se faz necessário medidas duras, a curto prazo, contra essas organizadas, cujas, afastam as famílias dos estádios de futebol, incentivam a violência e ameaçam a ordem pública e a paz social.
    Deve-se, ainda, investigar, criteriosamente, a relação entre os cartolas e essas torcidas.
    No passado glorioso do futebol brasileiro não existiam essas torcidas e os estádios recebiam o dobro de público.
    Atualmente, um clássico alagoano (CSA x CRB) mobiliza até o judiciário e o MP para o planejamento das ações de segurança. “Isso é uma vergonha!”

  • ANTONIO MARTINS

    Concordo com tudo que você disse, mas é preciso salientar que as nossas polícias militares são totalmente despreparadas quando se trata de segurança pública.

  • Marcus Henrique Feitosa Correia

    A atitude da polícia tem muita culpa das organizadas, pois arrumam confusão, fogem e deixam o torcedor de bem pra pagar a conta. Mas sobre polícia é outro assunto, a questão é as torcidas organizadas com camisa ou não, estão acabando com o futebol e não podemos mais tolerar isso, o CRB tem que tomar uma atitude como foi a do Sport, proibir qualquer menção à TJS em jogos do Sport dentro ou fora de casa. Em Recife a Comando foi liberada, por que?

  • Thiago

    E por acaso o assunto aqui é a PM?

    Daqui a pouco vão falar do homem na lua, de Carandiru…

    Tenha paciência!!!

    Tem que acabaras organizadas, com uniforme de organizadas, só permitir em estádios camisas do clube!!!
    Entrem no estádio e prestem atenção nas organizadas!
    90% deles, nem prestam atenção no jogo em si, não respeitam o hino, não respeitam a democracia da torcida escolher torcer por outro time!
    Só vão ao jogo para dar o dedo aos rivais e chamar os juizes de fdp, etc.

    São gorilas e primatas que não raciocinam o que é viver em harmonia com a sociedade e nos privam de ir e vir com nossos familiares.

    Parou nossa cervejinha nos estádios com os amigos, por causa de um bando de maloqueiros que não estudam nem trabalham, vivem da anarquia e agredir, arrumar confusão, etc.!

    PM, lapada neles SIM, SIM e SIM!!!

  • CARLOS FRANCISCO DE FARIAS

    Sempre gostei de assistir jogos de futebol no estádio.Hoje,tenho medo de ir ao campo.Principalmente,quando o jogo envolve os dois maiores do estado.

  • Josué

    Thiago disse tudo, não preciso dizer mais nada.

Deixe uma resposta CARLOS FRANCISCO DE FARIAS
Cancelar reply