Está fazendo falta – Blog do Marlon
CRB tem noite lamentável e necessita que respostas sejam encontradas
CRB não foi bem, mas atingiu objetivo e igualou-se ao CSA

Restando duas rodadas para o fim do hexagonal pode parecer incrível dizer, mas o ASA inicia um novo processo dentro do Alagoano. Betinho, o novo técnico alvinegro, tentará reconduzir a equipe aos caminhos da vitória.

Mas no meu entendimento o ASA vem sentindo falta de uma peça, que o alvinegro, sempre trouxe como o seu diferencial: o camisa 9.

É histórica a presença de uma camisa 9 diferente no alvinegro. Nos melhores momentos do ASA nos últimos anos, sempre existia ou foi revelado um grande camisa 9. Começou com Boiadeiro, passou por Júnior Viçosa, Nena, Lúcio Maranhão, Léo Gamalho, entre outros. Até mesmo, um ‘9 improvisado’, como Alex Henrique, serviu para o ASA.

Mas este ano, o ASA não conseguiu encontrar esta peça. Danilo Galvão não emplacou. Maycon teve um alto e muitos baixos. Já o jovem Jean Carlos é o que melhor desempenhou esta função, mas ficou muito tempo no departamento médico.

Júnior Viçosa foi um dos mais marcantes camisa 9 do ASA nos últimos anos - Foto: Clyton Houly

Júnior Viçosa foi um dos mais marcantes camisa 9 do ASA nos últimos anos – Foto: Clyton Houly


Caberá a Betinho, pensando na Série C e a própria direção do ASA, encontrar este camisa 9 que trouxesse novamente a tradição de um forte 9 para o alvinegro.

  • Josué silva

    Gostei muito mrlon,do seu comentários,esculto diariamente o pfc sou fã desse programa é de todas proglamaçao da pajulçara fim.

Deixe uma resposta Josué silva
Cancelar reply