CRB não foi bem, mas atingiu objetivo e igualou-se ao CSA – Blog do Marlon
Está fazendo falta
O amigão não só da galera
CRB e Santa Rita empataram sem gols no Rei Pelé - Foto: Douglas Silva - ASCOM CRB

CRB e Santa Rita empataram sem gols no Rei Pelé – Foto: Douglas Silva – ASCOM CRB

Dizer o que sobre o empate sem gols entre CRB e Santa Rita? Um jogo de pouco envolvimento tático por parte do CRB que foi confuso ao longo de todo o primeiro tempo e de um Santa Rita disciplinado taticamente, mas limitado em termos de peças.

No entanto, o empate sem gols entre CRB e Santa Rita fez o CRB igualar-se ao CSA e agora os dois estão classificados para a semifinal. Nas duas rodadas finais, vão disputar 1º e 2º lugares, além de conhecerem seus adversários.

O jogo tático

Triangulo invertido

Em virtude de diversos desfalques, o CRB mudou seu posicionamento tático. O time passou a jogar com um volante centralizado (Olívio) e um volante pelo vértice direito (Somália) e outro pelo vértice esquerdo (Rivaldo). Mas além de pouca inspiração, o CRB apresentou confusão no posicionamento. O time não teve velocidade, lateralidade e faltou transição. Já o Santa Rita fez um forte e compacto sistema defensivo, com um linha de quatro e outra com cinco, isolando Fábio Lopes como o homem referência.

No segundo tempo, o CRB melhorou com as mudanças. Ele passou a ter uma linha de três bem definida com Luidy, Bruno Nascimento e Erico Jr, com Lúcio Maranhão como referência. Mesmo com a mudança, faltou a qualidade para definir. O Santa Rita seguiu seu planejamento tático e com o CRB aberto, quase consegue o gol.

O melhor jogador da partida foi o meia Manoel Chuva, mas ressaltei o excelente jogo do lateral Diego do CRB,bem como o meia Edjailson do Santa Rita. Já o árbitro Charles Hebert fez uma boa atuação e recebeu nota 8, cometeu os errros que os outros cometem: inversão de faltas, não aplicação de cartões, mas nada que comprometesse a partida.

Atualmente não há comentários.