A ausência de profissionalismo e a necessidade de respeito a Didira – Blog do Marlon
Enio Oliveira e sua maior vitória na carreira
Novamente objetivo frustrado em um jogo
Jogador Didira: centro de uma discussão onde a falta de respeito com o jogador e a ausência de profissionalismo dos dirigentes imperou - Foto: esportealagoano

Jogador Didira: centro de uma discussão onde a falta de respeito com o jogador e a ausência de profissionalismo dos dirigentes imperou – Foto: esportealagoano

Não cabe mais no futebol a ausência de profissionalismo nas ações dos dirigentes. Um caso vem se arrastando e mostrando que ainda falta muito para atingirmos o nível de profissionalismo que o futebol exige.

Me refiro ao caso Didira e a possibilidade dele trocar o ASA pelo CSA. Existe uma necessidade dos dirigentes falarem sobre o assunto, divulgarem a informação e com o trabalho de “formiguinha” a informação chega com uma velocidade impressionante seja nas redes sociais ou até mesmo na imprensa.

Além desta necessidade quase “narcisista” de divulgar a informação, o dirigente espera criar e gerar uma expectativa que nem sempre pode ser atendida.

Em relação a Didira estão colocando o rapaz em um verdadeiro “Imbé” Didira é um profissional e tem direto de assinar, jogar, ter pré-contrato com o CSA ou com qualquer outro clube no Brasil ou no exterior. Assim como se for o seu desejo, também tem direito de permanecer no ASA, clube onde ele surgiu, ama e dedicou sua vida profissional.

Não é hora nem de promover uma caça as bruxas, nem de crucificar o jogador. O mercado define as tendências, mas o profissionalismo nas ações e nas divulgações deve permear qualquer encaminhamento.

  • Carlos Alberto Barbosa

    Didira, o mais novo Pelé, poderá pintar no time do Mutange!

  • Geraldo Ferreira Barbosa Filho

    Didira é um excelente profissional. Ele já mostrou isso pelo longo tempo servindo ao ASA. Didira tem cara de ASA. Não há como fala em ASA sem falar em Didira e vice e versa. Porém o futebol nos proporciona isso, mudanças de clube às vezes é necessário. Observe o caso do Vica. Desejo sucesso a ele em sua carreira, pena que vai para o CSA. Gostaria de vê-lo no CRB.

  • joseluiz de oliveira e silva

    concordo plenamente com seu comentário,muita gente entre torcedores e uma parcela da imprensa esportiva do Estado,não pode e jamais deve esquecer o quando Didira foi importante para o ASA de Arapiraca durante esses últimos anos.Quantas alegrias ele proporcionou ao torcedor alvinegro.Didira,você tem todo o direito de escolher o melhor pra voçê.Siga em frente e susesso na sua carreira.
    De um torcedor alvinegro.

  • jose bernardino da silva filho

    leve mesmo essa lazera pra la pro falecido nao sei s ha.todo campeonato que o falecido ta o mais querido de alagoas galo da barra ja entra com 6 pontos todo ano la e so conversa e o resultado todo mundo sabe e o papai campeao lembre e ano politico.

  • Genaldo Santos Gyllys

    Na minha opinião; O Didira é um bom jogador, mas no ASA, como torcedor Azulino, acho que não será boa a contratação do referido pelo o CSA, mas, o rapaz precisa de respeito e consideração, pois ele é um profissional.

  • jagador piriquiti

    didira va jogar no interior de são paulo, tem mais aproveitamento do que jogar no csa ou outros clubes de alagoas. vc merece, e que DEUS esteja contigo em todos os teus momentos.

Deixe uma resposta Carlos Alberto Barbosa
Cancelar reply