Faltou competência ao CRB para somar três pontos – Blog do Marlon
Vitória importante com atuação destacada de Mazola
O maior desafio já enfrentado
Mazola Jr apresentou o mesmo Modelo no 4- 5 - 1 , sendo que com dobras de laterais , neutralizando a jogada forte do adversário, o apoio dos laterais e extremas

Mazola Jr apresentou o mesmo Modelo no 4- 5 – 1 , sendo que com dobras de laterais , neutralizando a jogada forte do adversário, o apoio dos laterais e extremas

Hoje é aniversário do CRB. Parabéns ao Galo que chega aos 103 anos. O torcedor estaria comemorando com ainda mais intensidade, se o CRB tivesse vencido o limitadíssimo Macaé, ontem à noite, no interior do Rio De Janeiro.

O time teve uma ótima estratégia, uma bela proposta de jogo e até mesmo uma execução de tudo que foi traçado satisfatória. Mas faltou a competência para fazer o gol, para finalizar da forma perfeita e conseguir um resultado que ampliasse sua vantagem para as equipes que ocupam a zona de rebaixamento.

Mazola já fala em retornar com Zé Carlos para o jogo contra o Mogi. Isso poderá ser a solução para uma equipe que cria, domina, anula ações do adversário, mas que não consegue matar o jogo.

Algumas mudanças feitas na formação da equipe do CRB surpreenderam a muitos quando a escalação do CRB foi divulgada. O time optou por dificultar as ações do Macaé povoando as laterais da equipe. Mazola fez dobras tanto no lado direito, quanto no lado esquerdo.

O modelo de jogo foi mudado para o 4-5-1 evitando que o Macaé chegasse pelos lados e conseguindo manter a “casinha”fechada por dentro. Com o adversário inofensivo, o CRB precisava de apenas a precisão de uma bola para poder vencer o jogo. Nem os jogadores conseguem finalizar com eficiência, nem Daniel Cruz foi o jogador pelo menos para botar a bola para dentro e quando Saci fez tudo certo, o goleiro Rafael cuidou de evitar o gol.

Com uma partida muito próxima da perfeição, Diego Jussani foi o craque da partida. A arbitragem de Marcos Mateus Pereira (MS) recebeu nota 7. No lance final do jogo, um lance no mínimo duvidoso entre Gedeil e Audálio poderia ter sido marcada uma penalidade para o CRB.

Atualmente não há comentários.