Derrota sofrida e pontos que farão falta – Blog do Marlon
O gigante cansou
Controle absoluto foi castigado por erro fatal
João Paulo encontrou liberdade para mesmo tendo 6 contra 4 o duelo ataque contra defesa do CRB,  o Santa levava vantagem

João Paulo encontrou liberdade para mesmo tendo 6 contra 4 o duelo ataque contra defesa do CRB, o Santa levava vantagem

O CRB perdeu para o Santa Cruz. Até ai nenhuma novidade, até porque, vencer o time pernambucano lá no Arruda nunca aconteceu. Mas nas circunstâncias em que aconteceram é que foi um estrago.

O CRB desenhou ter a vitória na mão e ao ser derrotado perdeu três importantes pontos. Em duas rodadas, foram cinco pontos perdidos em circunstâncias semelhantes, ou seja, quando o CRB estava com a vitória entre as mãos.

Estes pontos serão difíceis de serem recuperados e farão muita falta em algum momento na competição. Ou para o CRB se posicionar melhor, ou para se aproximar do G4 ou até mesmo para se afastar da zona de degola.

Aspectos que levanto desde a disputa do Alagoano, onde por exemplo, sempre achei o CRB com uma elevada média de idade, foram comentados pelo técnico quando na entrevista pós jogo procurou uma explicação para entender o que tinha acontecido.

O CRB precisa o mais rapidamente possível encontrar as respostas e tentar chegar o mais rápido possível no caminho do equilíbrio

O jogo tático

Se jogasse  em amplitude o CRB desgastaria mais o adversário  e teria maior controle, sem isso o time ficou penso pelo lado direito

Se jogasse em amplitude o CRB desgastaria mais o adversário e teria maior controle, sem isso o time ficou penso pelo lado direito

Mazola trouxe o CRB com três mudanças. A equipe tinha um desfalque certo o volante Olívio , ele substituiu pelo volante Josa. Trocou Paulo Sérgio por Daniel Marques , passando Audalio para atuar de lateral direito e trocou Clebinho por Pingo , colocando Saci para jogar centralizado.

Com isso ficava claro a opção do treinador em fazer igual ao adversário, que segura um lateral para auxiliar na marcação e solta o outro no apoio ao jogo ofensivo. O Santa Cruz entrou desconcentrado na partida e o CRB, abriu o placar com Zé Carlos, de cabeça, logo com 2 minutos de jogo.

O gol sofrido acordou o time tricolor que partiu todo para o ataque. O Santinha abusou de desperdiçar chances. Sem conseguir furar o bom jogo defensivo regateano na 1ª etapa, o Santa ainda perdeu Diego Sacoman expulso, ao matar um contra-ataque . As circunstâncias da partida se desenhavam favorável ao CRB, era voltar do intervalo e fazer valer a superioridade numérica , imaginava a saída do apagadíssimo Pingo , jogador pouco produtivo ofensivamente e inexistente defensivamente , incapaz de marcar e facilmente ultrapassado no 1 contra 1 , mas Mazola Jr insistiu com o atleta .

Esperava um CRB jogando em amplitude, utilizando todo o campo abrindo as linhas do adversário e circulando a bola, para desgastar ainda mais o adversário , mas o que se viu foi um Santa Cruz, que trocou Nathan por Nininho , passando Marlon para zaga , Bruninho para o lado esquerdo e fez 4-4-1, esse mais avançado era o meia João Paulo , ora era Anderson Aquino, e com muito mais força o tricolor atropelou o CRB, na condição física , e empatou com João Paulo e depois chegou a virada com Anderson Aquino , que achei um pouco afrente da linha da bola na jogada de linha de fundo.

As substituições não surtiram efeito e entendo que o Maxsuel poderia ter sido utilizado. Merecidamente o Santinha venceu e ultrapassou o CRB um ponto na tábua de classificação. Vale ressaltar o que sempre venho falando , a média de idade do CRB uma das maiores da competição aproximadamente 28 anos , contra 24 anos do adversário de ontem,fez muita diferença e não adianta tentar dizer que não

Votei no Craque da partida o camisa 10 João Paulo (Santa Cruz) , mas ressaltei a importância do atleta 13 Nininho , sua entrada deu ofensividade e foi pelo lado direito o caminho que o Santa chegou sempre com perigo, No CRB destaquei 9 Zé Carlos mesmo jogando numa ilha de zagueiros já provou se for assistido ele marca. Arbitragem eu retirei muitos pontos por entender que o segundo gol o atleta 9 está um pouco à frente da linha da bola e assim em posição de fora de jogo, nota 5.

  • Thiago

    Lamentável o q aconteceu ontem!
    Deu vontade de entrar em campo pra mostrar como se faz!
    Se formos enumerar aqui os erros de ontem, não teremos espaço.
    Não me canso de falar que a zaga é horrível, parece que cada zagueiro tem um saco de cimento nas costas, além de só ficar naqueles passes um pro outro, quando o time não tinha nada ganho, duvido que seja Mazola q peça isso, pois sempre foram assim, e só sabem isso, se dão um passe de meio metro pra frente, erram e isso aconteceu ontem!
    Acreditei piamente na vitória ontem, mas apenas pelas circunstâncias do gol logo cedo e da expulsão justa do zagueiro!
    Me enganei, o Galo foi pressionado o tempo todo e parecia estar com 3 a menos, a Zaga e o Saci não jogaram, muito fraco esse trio.
    Achei que demorou a colocar fernando e clebinho, deveria começar o 2º tempo já com eles, pois o santa ficaria perdido, aliás, nem sei viu, pois só clebinho quando entrou fez uma gracinha depois sumiu!
    Enfim, esse tabu de ontem não foi quebrado, só que dessa vez por culpa de quem entrou em campo ontem, nem a enorme torcida acreditava ( menos de 9.900), só quem estava em campo, principalmente os regateanos que não foram para vencer!!!
    E amigo, o gol foi legal, por centímetros, ele estava atrás da bola!!!

  • claudio

    Esse time de Sao Miguel so tem velho em fim de carreira.

  • marcio

    O SISTEMA DEFENSIVO DO CRB FICOU SOBRECARREGADO, E A MARCAÇÃO QUE PODERIA TER SIDO FEITA PELOS MEIAS, NÃO ACONTECEU. O QUE VIMOS ONTEM, FOI UM SHOW DE RAÇA E DETERMINAÇÃO DO SANTA CRUZ. E PRA COMPLETAR O DESASTRE, AS MUDANÇAS FORAM FEITAS TARDIAMENTE E NA MINHA OPINIÃO, NAO ERA JOGO PRA ENTRAR COM FERNANDO. O AUXILIAR DEU DOIS IMPEDIMENTOS QUE NAO FORAM, FAVORECENDO O CRB. JÁ NO LANCE DO GOL, NÃO ENTENDO TER SIDO ILEGAL OU ATE MESMO UM ERRO GROTESCO DO AUXILIAR, POIS ELE PODERIA SIM INTERPRETAR AQUELE LANCE COMO QUE O ATACANTE ESTAVA NA MESMA LINHA DA BOLA.

  • marcos lewy

    bom dia poís é, faltava mais disposiçao dos jogadores pois quando fez seu primeiro gol com atacante ze carlos time começou bem pois faltava mais uma xegada forte da zaga e mais entrosamento entre eles pois vi crb tem ki jogar com xegada de velocidade e isso nao aconteceu ontem faltava mais disposiçao dos laterais para pressionar a zaga do santa cruz, nao acreditei nessa derrota, e era pro santa ser dominado com menos um vque time praiano ta precisando das xegadas dos laterais mais proximo dos atacante , espero que o argentino cañete faça papel de bom jogador pra ajudar o time caso haja sua estreia contra luverdense e a voltar de daniel cruz no ataque cara esforçado merece uma chançe e maxuel pra dar correria no time

Deixe uma resposta claudio
Cancelar reply