Quebrar sequencia de derrotas é um avanço – Blog do Marlon
Vitória do Galo sobre o Oeste serve para readquirir a confiança
Vitória de um time formado sobre time em formação
CRB fez bom jogo contra o Ceará e arrancou importante empate - Foto: Junior de Melo - ASCOM CRB

CRB fez bom jogo contra o Ceará e arrancou importante empate – Foto: Junior de Melo – ASCOM CRB

O empate do CRB em Fortaleza pode – e precisa – ser comemorado. O time do CRB não passou a ser um time dos sonhos ou uma equipe de encher os olhos, mas ao quebrar a sequencia de derrotas com duas goleadas, o CRB ganha folego para seguir na construção da equipe.

Maranhão deu uma ótima resposta na lateral, fazendo uma boa partida. O time não se assustou com o gol tomado e manteve um rendimento praticamente uniforme ao longo de toda a partida.

Júlio César recuperou-se dos erros nas últimas partidas e foi importante para evitar uma nova derrota. Após um péssimo jogo em Maceió, Leandro Brasília voltou a mostrar um futebol pelo menos, eficiente. Clebinho e Fernando seguem devendo.

Espero que o empate em Fortaleza não faça o torcedor achar que o CRB passa a sonhar com Série A. É muito diferente. O empa´te ajuda a equilibrar o aproveitamento da equipe na competição, alivia a pressão sobre Alexandre Barroso e sobre os jogadores e mostra que o time pode fazer jogos com mais equilíbrio, mesmo contra adversários mais qualificados e situações adversas.

O CRB não ganhou o jogo, mas ganhou tempo para mostrar que pode ser vitorioso ao longo da temporada.

Jogo tático

Ocupação de espaços da equipe no setor de meio campo; A aproximação e linhas de passe facilitava a manutenção da posse de bola - Ilustração: Marlon Araújo - Tatical Pad

Ocupação de espaços da equipe no setor de meio campo; A aproximação e linhas de passe facilitava a manutenção da posse de bola – Ilustração: Marlon Araújo – Tatical Pad

O CRB veio com mudanças, mas manteve o modelo , e mostrou novamente que uma coisa é posição , outra coisa é a função desempenhada no jogo. Para enfrentar o Ceará,o CRB optou por trocar um atacante por um volante de contenção, Glaydson Almeida , mas todos foram surpreendidos com a postura de propor o jogo ofensivo da equipe alagoana.

Mesmo atuando com apenas um atacante, Daniel Cruz, o CRB chegava com muita compactação ofensiva e povoava muito bem o setor de meio campo, onde agrupava seus jogadores e assim dominava a posse de bola e a ocupação dos espaços no setor. O castigo foi a eficiência do ataque Alvinegro. No primeiro lance ofensivo , Ricardinho cruzou com perfeição da direita e Willian testou vencendo Júlio Cesar, aos 13 minutos.

O CRB não sentiu o gol sofrido e empatou quatro minutos depois. Maranhão cobrou falta, o zagueiro Gabriel foi nela e Sandro desviou contra a rede. O árbitro registrou gol para o zagueiro do Galo. O Ceará veio ser perigoso apenas nos minutos finais do 1º tempo, tanto que Júlio Cesar fez grande defesa após cabeceio de Sandro, aos 27.

CRB mostrou eficência nos principios defensivos: compactação e estreitamento - Ilustração: Marlon Araújo - Tatical Pad

CRB mostrou eficência nos principios defensivos: compactação e estreitamento – Ilustração: Marlon Araújo – Tatical Pad

O CRB, por sua vez, conseguiu marcar de forma eficiente , fazendo perto da perfeição os princípios de jogo defensivo ,compactação e estreitamento, com muito pouco espaço entre as linhas . O time alagoano ainda cometeu os mesmos erros nos princípios de jogo ofensivo , como as infiltrações, apoios ao portador da bola , mobilidade e acima de tudo criar a desorganização do sistema defensivo adversário.

O segundo tempo foi marcado pelo péssimo jogo feito por ambas equipes . Próximo do final da partida, veio a polêmica. O zagueiro Sandro estava atrás do volante Olívio, que dava condição na jogada, e balançou a rede do CRB. O assistente se equivocou e anulou o gol legal. O impedimento mal marcado acabou prejudicando o Ceará. Apesar do futebol de Ricardinho encher os olhos, escolhi Gabriel, zagueiro regateano como destaque , mas ressaltei o grande jogo que fez Maranhão e Julio César.

Arbitragem por influenciar no resultado da partida recebeu nota 5

  • Felipe Acioli

    Grande Marlon, venho posta minha indignação q estão fazendo com os horários dos jogos do galo, as proximas 5 rodadas sendo 3 em casa, todos serão as 21:00 de sábado, isso é um absurdo!! PRESIDENTE MARCOS BARBOSA, faça algo pra tentar mudar esses horários, ou o estadio vai continuar vazio com esse horário péssimo!!!