CSA larga com vitória em jogo complicado – Blog do Marlon
A mesmice e a igualdade
Vai começar. Até que enfim!

Estrear vencendo sempre será importante. O CSA fez uma grande atuação? Respondo que não. Como um time em formação, oscila muito dentro do próprio jogo, mas era fundamental largar com vitória em casa, até porque, o time vai para dois jogos sequenciais fora de casa.

Ainda serão necessárias mais peças, mas aos poucos, Ronaldo Bagé vai mostrando qualidade no trabalho. Quando Thuram, Carlinhos, Reinaldo, Marcos Antônio, Paulinho e Pierre estiverem à disposição, o CSA terá mais opções para mudar as características do time. Ontem o banco era todo de garotos.

Ressaltar que o Santa Rita vai dar trabalho no campeonato. Mostrou alguns jogadores qualificados, joga baseado na transição em velocidade e o time apresenta um ótimo condicionamento físico.

Outro destaque tem que ir para torcida do CSA. Foram quase oito mil torcedores na estreia do Alagoano contra o Santa Rita. A massa azulina mostrou mais uma vez que pode ser o diferencial para empurrar o time para que a equipe possa atingir seus objetivos.

Olho tático

Desenho tático do CSA no começo do jogo - Ilustração: Marlon Araujo-Tactical Pad

Desenho tático do CSA no começo do jogo – Ilustração: Marlon Araujo-Tactical Pad

O técnico Ronaldo Bagé colocou o CSA em campo no 3-4-2-1. Fixou os três zagueiros. A linha de quatro tinha os dois volantes, Thiago Conceiçao e Fabiano, com Afonso na ala esquerda e Zé Paulo na ala direita. Elyeser armava o jogo pelo lado direito e Rafael Granja armava pelo lado esquerdo. Na frente, o veloz Damiao estava fixado no ataque. Destaque para as trocas de posições entre Granja e Elyeser deixando-os perto do gol.

O Santa Rita surpreendeu. Muito bem no aspecto físico, a equipe optou por marcar forte e sair rápido no contra-ataque, com muita velocidade na transição. Inicio o jogo no 4-5-1, quando não tinha posse de bola e com a bola, usava um 4-4-2.

Sonolento, o CSA só acordou após ter tomado o gol. Neste momento, as trocas de posições entre Rafael e Elyeser funcionaram. Damião passou a arrastar o zagueiro para os lados , Zé Paulo fazia diagonal e chegava como surpresa. Assim o CSA chegou ao empate.. Depois, novamente em uma bola parada, Romário teve impulsão e tempo de bola, virando o jogo. Aos poucos o jovem jogador vai se firmando.

Terceiro gol do CSA marcado por Rafael  Granja -  Ilustração: Marlon Araujo-Tactical Pad

Terceiro gol do CSA marcado por Rafael Granja – Ilustração: Marlon Araujo-Tactical Pad

Na volta do intervalo , o Santa Rita comentou o erro de encaixe na marcação , e Rafael recebeu só nas costas dos volantes e acertou um belo chute, ampliando para o CSA. Com 3 a 1 parecia que o CSA poderia ate encaixar uma goleada.

Hoje mais uma vez ficou evidenciado: o CSA ainda não é um time pronto, oscila muito dentro da partida.Tem pouca posse de bola , mas muita determinação e poder de reação. Sem duvida, Rafael Granja foi o diferenciado no time azulino. Participou dos 3 gols , fez dois e deu uma assistência, mas precisa ser mais participativo. Quando some do jogo o CSA fica um time comum.

Os alas Zé Paulo e Afonso cumprem a função tática ,mas estão longe de serem alas. Zé Paulo quando se aproxima da área sempre leva perigo. Já Afonso se preocupa mais com a função tática e quando arrisca a diagonal sempre desarruma o sistema defensivo adversário . Elyser muito individualista, sendo mais coletivo e precisa entender que nesse modelo seu papel é armador ,construir situações de finalização , e não só finalizar de média distância. . Thiago conceição preenche o espaço mas possui muita dificuldade de sair jogando. Nas oportunidades que tentou passar longo sempre errava e armava o contra ataque.

Gostei do menino Damião. Quando foi acionado – no seu forte que é o jogo em velocidade e por baixo – mostrou ser uma boa opção de velocidade. Finalizou duas vezes e carimbou o poste.

  • thiago camelo

    Marlon, na nua opinião, com os jogadores que o csa tem qual seria o melhor esquema tático? Acho que 4-4-2 (losango no meio) ou o 4-2-3-1 seriam os melhores, de acordo com as características de seus jogadores. E pra vc qual seria o esquema? 3 zagueiros não dá!

  • amauri garcia

    esse lateral direito leo carioca do santa rita e diferenciado,jogador de muita força velocidade bom na marcaçao e no apoio