CRB se complica e troca tranquilidade por dramaticidade – Blog do Marlon
Um artilheiro diferente em situações repetidas no ASA
CSA começa 2015 no caminho certo
Gol do CRB: comemoração em um dos poucos momentos de alegria - Foto: Pei Fon - TNH1

Gol do CRB: comemoração em um dos poucos momentos de alegria – Foto: Pei Fon – TNH1

 

Assisti ao jogo do CRB com o Águia e posso afirmar que fui enganado. Com o começo da partida, o CRB parecia que iria vencer fácil e com folga.

 

Mas as aparências enganam e todos fomos enganados com o transcorrer da partida. O domínio territorial do CRB não se converteu em eficiência. Ao longo de todo o primeiro tempo, o time regatiano construiu pouca coisa e nos poucos lances de brilho, o goleiro do Águia mostrou eficiência. Já no final do tempo inicial, o CRB achou um gol com Diego Clementino.

 

Sistemas de jogo diferentes: 4-2-3-1 do CRB vs 3-5-2 do Águia - Ilustração: Marlon Araújo

Sistemas de jogo diferentes: 4-2-3-1 do CRB vs 3-5-2 do Águia – Ilustração: Marlon Araújo

 

No segundo tempo, o time caiu no marasmo e ai a coisa complicou. O time do Águia controlou a partida, chegou ao empate e jogou por uma bola para conseguir a virada.  Com o CRB todo no ataque e desordenado, o time continuou pressionando, mas sem dar a impressão que conseguiria a vitória. E acabou escapando de um resultado ainda mais trágico que seria ser derrotado em casa.

 

O jogo colocou em cheque dois sistemas diferentes: 0 4-2-3-1 do CRB contra o 3-5-2 do Águia. Com a posse de bola, o CRB se transformava num 4-3-3 para tirar a sobra dos zagueiros. João Galvão corrigiu isso colocando o volante Mael para ter a sobra. Foi neste momento que o volante Glaydson Almeida fez uma enorme falta. Tinha espaço para os volante saírem, mas sem qualidade no passe, Olívio não ajudava.Com muitos erros de passe e sem qualidade, entendo que Olívio é reserva para o que jogam – e se entendem – Johnnattan e Glaydson Almeida.

 

Choque de laterais foi uma das marcas do confronto entre CRB x Águia

Choque de laterais foi uma das marcas do confronto entre CRB x Águia

 

Sem alternativas, o CRB ainda foi prejudicado com a atitude de Éder, que após ter tomado muitas pancadas, esquentou a cabeça, chegou a tentar dar cotoveladas em um adversário e foi substituído pelos “próprios jogadores” que informaram ao técnico Ademir Fonseca, a necessidade de substituição para que o camisa 10 não fosse expulso.

 

Foi um péssimo resultado e muito frustrante para o CRB pois o time corre um sério risco de ter uma enorme pressão para o jogo final na última rodada. O CRB dificultou uma classificação que estava desenhada com uma certa tranquilidade.

  • Aldo

    Talvez eu esteja procurando chifre em cabeça de cavalo, mas nos dois últimos jogos vi o CRB tomar dois gols com muita “facilidade”. Esse time não joga com responsabilidade, não sou bobo, assisto jogos de futebol faz muito tempo.