Aquele que nunca se frustrou diante de alguma situação não sabe o que é viver. Quantos planos fizemos, quantos projetos criamos, quantas expectativas foram investidas, quantos sonhos pensamos e quantas vezes tentamos fazer algo e no fim as coisas não saíram como esperado. Diante desta realidade acabamos nos desconectando do nosso propósito e saindo do nosso caminho, permitindo que em algum momento possamos nos sentir perdidos, cansados e sobrecarregados. Se você se sente assim, se acomode em sua cadeira e vamos comigo até o fim desta jornada.

Desde pequenos somos influenciados a vencer, a conquistar e a assumir o que de fato é nosso, até aqui não há nada demais, mas quantas vezes fomos treinados e preparados para perder e a encarar as frustrações de frente, peito aberto e coração tranquilo? Quando vamos crescendo entendemos que as coisas não acontecerão ao nosso tempo, que elas também não serão como imaginamos e elas simplesmente vão nos provar o quanto estávamos enganados sobre nossos projetos de futuro baseados no nosso achismo e ansiedade.

Existe uma outra perspectiva diante das frustrações e das negativas da vida que muitas vezes não percebemos. Talvez se tivéssemos tudo que desejamos não estaríamos onde estamos, seja isso bom ou ruim. A vida é repleta de surpresas e essa talvez possa ser uma delas disfarçada de livramento, já pensou por esse lado?

Se você é daqueles que desanima diante das impossibilidades eu gostaria de te pedir calma, fica em paz. O que é para ser nosso será, mais cedo ou mais tarde, o que nos ajuda neste momento é fortalecermos nossa esperança e entendermos que fizemos o melhor que pudemos com as ferramentas que tínhamos.

Se você não conseguiu o que queria encontre seu equilíbrio, está tudo bem também, você só precisa entender que as coisas não acontecerão no seu tempo e sim quando de fato for para acontecer.

Atualmente não há comentários.