Reciprocidade Afetiva: aprenda a equilibrar seu nível de entrega – Vamos Falar da Gente

Quem nunca viveu um amor intensamente ainda haverá de ter essa experiência, durante nossa vida vamos tendo oportunidades de demonstrar nosso carinho, generosidade e amor por aqueles que estão ao nosso lado, mas até ai tudo bem, o perigo consiste no excesso! Se você acredita que se doa demais em suas relações e não recebe metade do que oferta, essa conversa é com você!

Aprendemos com o passar dos tempos que a balança precisa estar equilibrada para que não fique pesado para ninguém. Na eminência de prendermos as pessoas as nossas vidas, seja no âmbito profissional, pessoal ou afetivo, acabamos nos excedendo em cuidados e exagerando em nosso comportamento. Eu vou citar alguns exemplos para ficar mais claro: as esposas que compram as roupas do marido. As namoradas que sempre programam as viagens. Os maridos que sempre escolhem o lugar para jantar. As esposas que sempre lavam a louça e não dividem com seus companheiros. As mães que sempre acordam durante a madrugada para acalentar os filhos que estão chorando.

Os exemplos são infinitos e todos permeiam o mesmo comportamento, a centralização das responsabilidades. Às vezes fazemos tantas coisas pelo outro que não damos chance nem espaço para que ele ou ela consiga comparecer. Por vezes amamos por dois, nos doando 110% na relação e claro que como a conta sempre chega, entregamos a fatura para nosso par pagar, mas em algum momento esquecemos de perguntar se ele queria e melhor, se ele podia.

Aprenda a se for à medida do que recebe, a planta não cresce pelo som do trovão, mas pela qualidade da água. Isso nos inspira a refletir sobre nossas atitudes e o que temos feito com nossos sentimentos, carência e amor. Por nos doarmos demais e o outro não corresponder, acabamos encontrando a frustração, tristeza e muitas vezes a raiva. Esteja atento (a) ao que o outro pode doar nesta relação, compreender os limites é imprescindível para que não venhamos a nos entristecer.

Uma comunicação clara, assertiva e direta, além de não nos permitir perder tempo, nos impulsiona ao nosso objetivo tão desejado. Reflita sobre suas escolhas e refaça seus passos.

Atualmente não há comentários.