Quantas vezes já paramos para refletirmos sobre o que pensamos a nosso próprio respeito? Essa é uma reflexão importante e merece ser realizada, tendo em vista que muitas vezes nos importamos com a opinião dos outros e em sua grande maioria as acolhemos sem filtros, restrições ou senso crítico. Ter ciência sobre o que somos, fazemos e inspiramos é urgente e necessário, se acomode em sua cadeira e vamos juntos até o fim deste texto.

O autoconhecimento é libertador, por meio dele podemos entender os nossos motivos, nossos porquês, nossas razões e acima de tudo, o porquê das nossas escolhas. Nossa história, seja ela qual for, é repleta de conquistas, vitórias, superações e muito orgulho, caso não as enxergue, separe um tempo para olhar para traz e encontre a gratidão onde a esqueceu. Quando aprendemos a nos compreendermos tornamos os nossos dias mais fáceis e menos estressantes, afinal de contas, tudo aquilo que tira a nossa paz é caro demais, mas só chegamos a essa conclusão quando entendemos o que nos tranquiliza e acalma nosso coração.

Por vezes somos tão cruéis com a gente mesmo que nem percebemos, tente lembrar de todas as vezes que disse palavras duras para você mesmo: “sou burro”, “não vou conseguir”, “isso não é para mim”, “sabia que iria dar errado”, “bem que as pessoas falaram que eu não daria certo”. Esses discursos muitas vezes ecoam em nossa mente e podem ser torturadores, nos levando a termos uma imagem distorcida da gente mesmo, trazendo consigo uma dose de desvalorização, desamor e mal trato.

O que pensamos sobre nós mesmos pode fazer uma incrível diferença ao longo dos nossos dias, pois quando entendemos quem somos não permitimos com que ninguém fale algo contrário, tampouco não aceitamos tudo aquilo que seja contrário ao que nossa essência representa. Faça o exercício de olhar para você com carinho, compaixão, compreensão, paciência, esperança e tolerância, isso fará uma grande diferença na forma como se acolhe. Quem foi que disse que não temos o direito de nos tratarmos bem? De fato precisamos nos desfazer de todas as crenças e profecias que dizem que não merecemos ser felizes e ter uma vida tranquila.

Quando nos conhecemos tendemos a não aceitar nada menos do que merecemos, vale refletir sobre isso.

Atualmente não há comentários.