Quando a gente é criança sonhamos em ser muitas coisas, a ideia é sempre ajudar alguma pessoa ou animal, não nos preocupamos com horário de trabalho, salário, férias ou qualquer detalhe destes, o foco é vivermos o que nosso coração pede. A gente vai crescendo e nossas prioridades vão mudando, assim como os ambientes que frequentamos, as pessoas que convivemos e as situações as quais nos envolvemos. Diante deste cenário hoje te pergunto, o que te impede de ser o que um dia sonhou?

Quando somos pequenos desejamos ser grandes, dirigir, não precisar dar satisfações, ter um celular e viajar o mundo, essa realidade chega tão depressa que quando nos damos conta estamos cansados e por vezes desejamos voltar no tempo e aproveitar nossa infância. Essa eterna inconformidade com o momento presente se fortalece com o passar dos anos e quando nos damos conta estamos reclamando de tudo e todos, esquecendo de agradecer e viver o único momento que pode ser alterado, o hoje.

A depender do ambiente o qual crescemos, das pessoas que nos influenciam e das escolhas que fazemos, tendemos a realizar os nossos sonhos ou a deixa-los em uma gaveta. As prioridades vão surgindo, a gente vai se deixando para depois e de repente, estamos sendo tudo aquilo o que as pessoas esperam de nós e muito pouco o que nascemos pra ser. Se preocupar com a opinião dos outros é um verdadeiro perigo e isso pode comprometer a nossa missão na terra, até porque os outros também são insatisfeitos e com isso não poderemos atingir as expectativas deles, abrindo espaço para frustração e desanimo.

Para realizar os nossos sonhos precisamos de vontade, foco, força e fé, uma mistura explosiva que te ajuda a avançar. Faça uma lista de todas as coisas que você sonhou em ser e passe a realizar cada uma delas, lembre que só temos o direito de viver uma única vez e preciso lembra-lo que nosso tempo está acabando, se apresse.

 

 

 

 

Atualmente não há comentários.